conecte-se conosco


Mato Grosso

Programa social promove feira cultural e entrega medalhas a crianças e adolescentes

Publicado

Crianças e adolescentes do programa social Rede Cidadã, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), participaram na noite desta sexta-feira (07.12), de uma feira cultural, na quadra poliesportiva do bairro Planalto, em Cuiabá. A programação contou com a presença dos pais, amigos e parceiros do programa. No evento, foram apresentadas atividades de esporte e arte: takewondo e judô, canto, violão e pinturas em telas.

De acordo com a coordenadora de Ações Preventivas da Sesp e coordenadora interina do projeto Rede Cidadã, coronel PM Zózima Dias dos Santos, a realização da feira marca os trabalhos desenvolvidos ao longo do ano de 2018 com os alunos que fazem parte do programa.

“Este evento é a consagração de todas as ações educativas que promovemos. Foi um ano de muito trabalho. Esta é a oportunidade dos pais e da sociedade local participar e assim incentivar nossas crianças e adolescentes a serem pessoas de bem. O projeto demonstra que as forças de segurança pública têm investido em ações preventivas”, destacou.

Além das apresentações, os alunos do takewondo ganharam uma medalha que celebra o 1º Festival Gustavo Garcia, uma homenagem aos esforços do secretário de segurança pública em promover avanços no programa.

“Estou feliz e honrado com essa homenagem. Sou um admirador desta atividade e dos profissionais que aqui atuam. É nítida a dedicação e o empenho desta equipe. Tenho orgulho de fazer parte desta história”, ressaltou.

Leia mais:  Sema seleciona analista de tecnologia da informação

Os atletas do judô também receberam a medalha capitão PM Marcos Freitas, uma homenagem ao comandante da Base Comunitária do bairro Beira Rio.

Há três anos participando do programa, Leandro Soares Pereira, 14 anos, estudante do 9º ano, disse que mais que uma prática esportiva, o judô despertou nele sonhos e desejos de um futuro promissor. “Gosto bastante de participar do Rede Cidadã. Aqui não aprendi apenas dar golpes certeiros, mas também acreditar que posso ser o que quiser. Meu sonho é ser militar”.

Já Thomaz Maciel da Silva, 13 anos, estudante do 7º ano, disse que o takewondo transformou sua vida. “Antes eu não tinha foco. Passava o dia em casa e não tinha vontade de fazer nada. Há três anos comecei a praticar esportes dentro do programa e hoje sou mais feliz”.

Da arquibancada, de um lugar com visão privilegiada, Benedita Soares Pereira, mãe do aluno de judô Leandro Pereira, 14 anos, era só alegria e admiração ao desempenho do filho. “Sempre que tem estes eventos eu venho participar. É um projeto muito bom para o desenvolvimento das crianças. Meu filho melhorou muito o comportamento na escola e em casa. Tudo isso aqui faz muito bem a ele”, reconheceu.

Leia mais:  Dois Comandos Regionais da PM no interior terão novos comandantes

O programa

O Rede Cidadã oferece atividades esportivas como futsal, taekewondo, basquete, capoeira, vôlei, futebol, xadrez e handebol a crianças e adolescentes de 10 a 17 anos da rede pública de ensino.  Há também opções de atividades artísticas, como violão, teatro e pintura em tela.

Além da Capital, o programa é desenvolvido nos municípios de Várzea Grande, Nova Olímpia, Cáceres e Rondonópolis. Ao todo, 1.800 estudantes fazem parte do programa.

A realização do programa é resultado de uma soma de parcerias de órgãos do Estado, entre eles a Sesp, Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros, Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), Conselho Comunitário de Segurança Pública (Conseg), Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc-MT), Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT) e demais parceiros.

O Rede Cidadã é formado por nove núcleos: administrativo, capacitação, comunitário, cultural, escolar, esportivo, psicossocial, pedagógico e social. A sede do programa está localizada na Avenida Dante Martins de Oliveira (antiga Avenida dos Trabalhadores), bairro Planalto, na Capital.

As atividades do Rede Cidadã seguem até o dia 20 de dezembro. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (65) 3653-3348 ou (65) 3653-8476. O horário de atendimento é das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira.

 

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Servidor é preso por roubar pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras

Publicado

Foram desviados pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

Um servidor público suspeito de desviar pneus de veículos da prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, prestou esclarecimentos na delegacia do município. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de peculato.

As investigações começaram no dia 22 de março, quando o prefeito Adilson Gonçalves de Macedo registrou um boletim de ocorrência denunciando o suposto desvio.

O delegado Wilyney Santana Borges disse que várias buscas foram realizadas, até que o suspeito acabou confessando o crime. Em depoimento, ele contou que os pneus foram repassados para um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um carro dele de luxo.

Os pneus desviados eram de veículos da Secretaria Municipal de Urbanismo.

De acordo com a polícia, nas investigações, foi apurado que pneus adquiridos para serem utilizados nas automóveis da secretaria foram desviados nos meses de novembro e dezembro de 2020, por um servidor  que exercia funções no setor de frotas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Leia mais:  Gestão da Jucemat recebe destaque nacional após modernizar e desburocratizar serviços

Segundo o delegado, os indícios apontados no inquérito indicam que foi possível constatar o desvio de pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

A Polícia Civil informou que o investigado pela venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, vez que na época dos desvios, exercia o cargo de funcionário público. Já o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A delegacia de Barra do Garças continua as investigações para saber se havia a conivência ou participação de outros servidores municipais, envolvidos no caso dos pneus desviados.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana