conecte-se conosco


Cidades

Programa de revitalização dará novo visual a viaduto da Avenida Miguel Sutil

Publicado

Edificado sobre a Avenida Historiador Rubens de Mendonça (Av. do CPA), o viaduto da Avenida Miguel Sutil começou a receber uma série de atividades que garantirão um novo visual para a estrutura. Desde o início desta semana, funcionários da Prefeitura de Cuiabá atuam no processo de revitalização do local, que está sendo atendido pelo programa “Cidade Viva”. A ideia é promover uma verdadeira transformação do elevado, por meio de uma alternativa simples, eficiente e que colabore para potencialização de elementos da cultura regional.

Com previsão para ser concluído em um prazo de 90 dias, o trabalho é coordenado pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e, após esse período, assegurará uma aparência totalmente renovada à estrutura por onde milhares de cuiabanos passam diariamente. O processo de embelezamento contemplará o viaduto com melhoria na iluminação, jardinagem, reconstrução das calçadas e instalação de bancos e lixeiras. Além disso, contando com a parceria de artistas regionais, a edificação ganhará pinturas de belas obras de arte.

“Cuiabá é uma cidade alegre e isso deve estar estampado em cada ponto por onde um cuiabano ou turista passar. No caso do viaduto da Miguel Sutil, trata-se de uma estrutura que abrange, estrategicamente, duas das avenidas mais movimentadas da cidade. Ainda assim, hoje quem passa, ou até mesmo espera sua condução ali, convive com uma área de aparência totalmente desagradável e sem vida. É essa realidade que queremos mudar. A revitalização irá garantir um ambiente mais confortável e com um visual muito melhor de se apreciar”, explica o prefeito Emanuel Pinheiro.

Leia mais:  Parque tecnológico do Hospital Municipal de Cuiabá deve colocá-lo entre os melhores do país

O programa

Iniciada em 2017, a iniciativa de substituir o cinza do concreto armado em estruturas coloridas tem criado, ao longo da cidade, verdadeiros museus a céu aberto. O trabalho permite a disponibilização de espaços públicos, situados nas vias de grande fluxo da Capital, para que artistas da cidade implantem nesses locais, por meio da pintura, aspectos da rica história cuiabana. Já foram atendidos pelo “Cidade Viva” os viadutos Eng.º Domingo Iglesias Valério (Despraiado), Jornalista Clóvis Roberto de Queiroz (UFMT) e Jamil Boutros Nadaf (Av. do CPA).

“O prefeito Emanuel Pinheiro nos deu uma importante missão de transformar a Cuiabá dos 300 anos em uma cidade cada vez mais bela. É uma forma resgatar a autoestima do cuiabano e fazer com que ele se sinta orgulhoso da cidade que vive. Com o ‘Cidade Viva’ estamos conseguindo proporcionar isso. Hoje é comum, por exemplo, ver as pessoas admirando essas pinturas, tirando fotos e publicando nas redes sociais. Antes desse trabalho isso não era possível. Os viadutos eram vistos apenas como estruturas de mobilidade urbana. Agora, a cada atuação da Prefeitura, tornam-se cartões postais da cidade”, comenta o secretário José Roberto Stopa.

Leia mais:  Temos que falar sobre a Santa Casa

Manutenção

Para garantir que, após a entrega da revitalização, os locais permaneçam bem cuidados, a Prefeitura de Cuiabá disponibiliza uma equipe específica para a execução da manutenção. O Eng.º Domingo Iglesias Valério (Despraiado), por exemplo, foi o primeiro a receber as ações do programa “Cidade Viva” e, há cerca de 10 dias, conta com um grupo de operários trabalhando na estrutura. Além dos serviços básicos de limpeza e jardinagem, a atuação conta com o retoque em toda a pintura e manutenção no piso. A previsão é de que, até o início da próxima semana, o processo seja finalizado.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Mulheres vítimas de violência ganham dia de Beleza

Publicado

por

Vicente Aquino

Resgatar a autoestima e devolver a autoconfiança. Esse foi o objetivo do dia de beleza realizado essa semana às mulheres vítimas de violência que são assistidas pela Casa de Amparo, em Cuiabá. A ação foi realizada em um salão de beleza que já mantém parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (Smasdh).

Amparada pela Casa há pouco mais de quinze dias, S.A.S, 37 anos foi uma das beneficiadas com os cuidados no visual. Além de fazer as unhas, recebeu tratamento de hidratação e corte de cabelo, pois segundo ela queria mudar de forma radical. “Há tempos não me via tão bonita como hoje. Nem lembrava como eu era de tanto sofrimento. Estou muito feliz e realizada. Com muito mais forças para prosseguir nessa longa caminhada que tenho pela frente”, disse ela. Além dela, os seus filhos que também estão na Casa também receberam atenção e cuidados especiais.

Para a proprietária do estabelecimento que fica no CPA III, Solange Milhomen, fazer o bem ajuda a torna-la mais humana. “Fazer o bem e ver o resultado que é imediato é maravilhoso. Ver o sorriso no rosto dessas mulheres tão fragilizadas é maravilhoso. Me faz voltar a sentir a verdadeira essência do que é o amor”, declarou.

Leia mais:  Frio chega nesta sexta-feira e Cuiabá deve registrar 10º no fim de semana

Prova disso foi o caso da Dona E.P.D, 67 anos. O semblante triste ao chegar no salão perdeu espaço para a alegria pelo acolhimento recebido. “Estou me sentindo renovada. Me fez perceber que eu ainda tenho valor, apesar de estar passando por esse momento turbulento, mas que com toda certeza vai passar. O meu muito obrigado”, frisou.

De acordo com a coordenadora da Casa de Amparo, Fabiana Soares, esse tipo de serviço ofertado tem como proposta elevar a autoconfiança dessas mulheres que estão com o coração recheado de mágoas e muito sofrimento. “A proposta é oferecer um afago a essas mulheres que estão em fase de resgate do projeto de vida. A maioria delas que atendemos na Casa de Amparo chegam com baixa estima, muitas são dependentes financeiramente dos agressores e se encontram perdidas. Nossa intenção foi levar um pouco de alegria, de amor e mostrar para elas que é possível superar o medo, a violência e acima de tudo, a se amarem”, ponderou.

Dentre os colaboradores esteve Rafael, dono de uma barbearia próxima que ajudou com os cortes feitos nos meninos. “Isso é muito bom para nós enquanto profissional e como ser humano. Isso demonstra que temos muito mais a agradecer do que reclamar quando deparamos com histórias tão difíceis e tristes iguais a essas. Estarei sempre à disposição para colaborar”, comentou Rafael.

Leia mais:  SUGESTÃO DE PAUTA – Selo Escola Transparente será entregue para as unidades educacionais de Cuiabá nesta sexta (16)

CASA DE AMPARO – A Casa de Amparo é considerada referência por prestar um importante auxílio de reabilitação e resgate da integridade física e psicológica de pessoas que sofreram agressões dos seus parceiros. Nesse primeiro semestre de 2019, foram realizados 81 atendimentos, sendo de 31 mulheres e 50 crianças.

No total, a casa disponibiliza 20 vagas para acolhimento, incluindo mulheres e crianças. No momento, duas mulheres acompanhadas dos filhos estão amparados na Casa.

O trabalho realizado pela Prefeitura é por meio de uma parceria com o Poder Judiciário, Defensoria Pública, Promotorias e Delegacias Especializadas no combate aos crimes contra Mulheres.

Além das casas de amparo, os Cras fazem o atendimento inicial às mulheres dando orientações.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana