conecte-se conosco


Educação

Programa de Financiamento Estudantil UNIVAG MAIS oferece mensalidades com preços acessíveis

Publicado

Seu sonho é fazer uma graduação numa Instituição de Ensino de qualidade? Para você que valoriza o seu Futuro, o UNIVAG tem os cursos e condições financeiras certas. O novo Programa de Parcelamento Estudantil UNIVAG MAIS oferece mensalidades com preços mais acessíveis e a mesma qualidade Univag.

O programa disponibiliza um prazo maior de pagamento, com mensalidades mais atrativas, que cabem no bolso do aluno. O UNIVAG MAIS amplia o prazo de pagamento em dois anos além do tempo de duração do curso, sem juros, e apenas com a correção monetária anual pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). Em apenas dois anos depois de formado, o aluno quita o seu débito, o que é uma grande vantagem em relação a outros programas que geram um endividamento de prazo bem maior. Não é necessário nota de ENEM para conseguir o benefício.

O vice-reitor, professor Flávio Foguel, reforça que o Univag recebia muitas demandas de interessados que afirmavam ter o sonho de estudar na instituição e que se sujeitavam a estudar em outras faculdades por impossibilidade financeira. “Sabemos da importância de se estudar numa instituição de ensino de qualidade. Fazer uma faculdade de qualidade duvidosa pode frustrar seu sonho e te manter numa situação de subemprego, com um diploma de curso superior e uma ocupação de nível fundamental e médio. Mantendo o mesmo compromisso de alta qualidade, estruturamos um programa de parcelamento que permite mensalidades mais acessíveis. Trabalhamos muito para oferecer aos nossos futuros alunos a possibilidade de fazer seu curso superior no Univag”, afirmou o vice-reitor.

Professor Flávio Foguel cita ainda as vantagens do novo programa: “A qualidade Univag viabilizada agora por mensalidades que cabem no bolso. O aluno consegue saber quais serão os valores base a serem pagos ao longo do curso, sobre os quais haverá apenas a correção monetária anual pelo IPCA, sem juros (o FIES, por exemplo, tem juros e correção monetária), o que permite um bom planejamento de sua vida financeira. Sua admissão no UNIVAG MAIS não depende de nota do ENEM. Em apenas dois anos depois de formado, o aluno quitou o seu curso, diferente de outros programas que geram uma dívida de prazo muito longo. O UNIVAG MAIS não exige fiador, como um benefício pela adimplência (se você cumprir os pagamentos e prazos combinados não precisará de fiador)”, disse. Ele ressalta também que o programa de bolsas Nossa Bolsa Brasil também continua sendo uma opção aos candidatos.

Como faço para contratar o UNIVAG MAIS – Parcelamento Estudantil?

Este é um programa de parcelamento estudantil cuja estrutura pode variar de acordo com o curso. Os valores sofrem correção anual de acordo com o IPCA. Não incluso Medicina.

Leia mais:  No STF, marcha de Bolsonaro e empresários à Corte foi vista como jogada de marketing que falhou

Confira os passos até a contratação:

1- Inscreva-se no Vestibular UNIVAG.

2-Após a aprovação na prova do Vestibular UNIVAG, você poderá efetuar sua matrícula no campus de sua escolha. O parcelamento estudantil é para ingressantes do período 2019/2. A contratação é fácil e rápida e será realizada na CAE – Central de Atendimento ao Estudante do UNIVAG, localizada no Bloco A, em Várzea Grande ou no campus Cuiabá, no CPA/Morada do Ouro.

3- No momento da sua matrícula, você poderá aderir ao UNIVAG MAIS Parcelamento Estudantil. O programa oferece maiores prazos de pagamento, não precisa de Enem, não possui juros e em apenas dois anos depois de formado você já quitou o seu curso. A documentação necessária é a mesma da matrícula.

Seu sonho de estudar na melhor agora cabe no seu bolso! Mais informações pelo telefone: 3688-6006.

Comentários Facebook
publicidade

Educação

Governador manda chamar professores interinos a partir do dia 14

Publicado

por

Prestes ao retorno das aulas na modalidade a distância, o governador Mauro Mendes (DEM) determinou que a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) proceda o chamamento dos professores interior a partir do dia 14 de julho. Os professores passarão por um processo de qualificação e os estudantes iniciam às aulas on-line no dia 3 de agosto.

 

Os professores interinos do Estado já fizeram o processo de contagem de pontos, mas a contratação de cerca de 1,4 mil profissionais foi interrompida por conta da pandemia do novo coronavírus, causador da covid-19.

 

As escolas que não ficaram em greve em 2019 já haviam iniciado o ano letivo de 2020, essas tiveram os interinos recontratados. Mas, as que ficaram em greve não começaram o ano letivo de 2020 e os profissionais não foram contratados. O governo passou a oferecer estudo com base em apostilas, e aula por televisão, somente uma vez por semana e com foco voltado ao Enem.

 

Em mensagem aos professores, o governador disse que um plano está sendo finalizado pela Seduc para retorno das atividades, mas só será colocado em prática depois de ouvir a Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) e os interessados no tema. Na Assembleia Legislativa uma comissão debate o assunto.

Leia mais:  Lei destina produtos apreendidos às instituições filantrópicas

 

“O planejamento da Seduc neste momento é reiniciar às aulas, apenas on-line, no dia 3 de agosto. Porque elas poderão ser contabilizadas no calendário escolar deste ano e nós vamos começar a contratar no dia 14 deste mês os professores contratados que poderão compor a grade curricular e a grade necessária para os alunos”, disse.

 

Mauro reforçou que os profissionais irão passar por um processo de qualificação e também os professores efetivos antes do retorno das atividades.

 

O governo ainda não detalhou o plano de retorno das atividades. Aulas on-line já são realidade no setor privado, mas no Brasil todo as escolas públicas ainda estão com dificuldade.

 

A situação em Mato Grosso se agrava já que o estado registra um dos maiores crescimento dos casos de infecção pelo novo coronavírus no Brasil, outro limitador é quanto a internet. O serviço não é ofertado com qualidade na maioria dos municípios do estado.

Por: gazetadigital

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana