conecte-se conosco


TCE MT

Programa da Biblioteca de Juína é novamente selecionado para prêmio nacional

Publicado

  LITERATURA
  Biblioteca Pública Municipal de Juína (a 730 km de Cuiabá), que leva o nome da Professora Maria Santana do Nascimento

O Programa ‘Arte, Leitura e Cultura, uma Bela Mistura’ executado pela Prefeitura de Juína, por meio da Biblioteca Municipal, está entre os 30 pré-finalistas do Prêmio MuniCiência – Municípios Inovadores, ciclo 2019-2020, realizado em parceria entre a Confederação Nacional de Municípios (CNM) e a União Europeia. No dia 5 de agosto, o programa foi apresentado em São Paulo como uma das 15 melhores práticas de Bibliotecas Públicas da América Latina.

A divulgação da lista dos pré-finalistas do Prêmio MuniCiência – Municípios Inovadores, que inclui outro participante mato-grossense, de Cáceres, denominado Técnicas Construtivas para restauro e Patrimônio Histórico para Reeducandos/Oficinas ocorreu na sexta-feira (9/08).

As propostas classificadas foram escolhidas após análise criteriosa da Comissão Técnica Avaliadora e do Conselho Político da CNM. No total, esta edição recebeu 235 inscrições homologadas – prefeituras e consórcios municipais concorrem ao prêmio. Agora, os selecionados têm de 12 de agosto a 2 de setembro para complementar informações e evidências, além de enviar um depoimento do prefeito em um vídeo de até dois minutos.

Leia mais:  Transferência da gestão do Pronto Socorro à Empresa Cuiabana continua suspensa

Em etapa futura, a comissão vai selecionar 10 iniciativas para a reta final do MuniCiência. Cada uma delas receberá a visita técnica da CNM para elaboração do Guia de Reaplicação, que terá versões impressa e online. As 10 finalistas seguirão ainda para votação popular, pela internet, no período de 7 de outubro a 31 de março, que definirá as cinco vencedoras. Os gestores das primeiras colocadas participarão de um seminário internacional para troca de experiências. O resultado final será anunciado na XXIII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.

Planejamento

Representantes da Secel e TCE-MT prestigiam apresentação da Biblioteca Municipal de Juína no Seminário Internacional Biblioteca Viva

O sucesso da Biblioteca Municipal de Juína é resultado de planejamento e participação popular, na avaliação dosecretário adjunto do município Adriano Souza. E esse planejamento começou com a adesão do município de Juína ao Programa de Desenvolvimento Integrado (PDI), do Tribunal de Contas de Mato Grosso. Ao aderir ao programa, o município estabeleceu uma série de metas e ações para diversas áreas, entre elas o Programa ‘Arte, Leitura e Cultura, uma Bela Mistura’, na área cultural.

Acesse a página da biblioteca no Facebook e conheça o projeto

A Biblioteca de Juína se filiou ao Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de Mato Grosso (SEBPMT) e, com esse suporte, realizou a sua primeira revitalização, que deu início a uma grande transformação, apesar do curto espaço de tempo. Basta lembrar que, em janeiro de 2017, a Biblioteca Municipal de Juína estava com as portas praticamente fechadas, com apenas 700 usuários cadastrados. Em seis meses já havia quase 5 mil usuários inscritos e hoje já são mais de 7 mil.

Leia mais:  Conselheira determina suspensão de licitação para iluminação pública em Barra do Garças

Além da transformação física, a Biblioteca Municipal de Juína também passou a acolher os movimentos sociais e a levar o programa de arte e leitura a todos os eventos do município, tanto na zona urbana quanto na zona rural. E mais: também chegou aos rios e à floresta, atendendo populações ribeirinhas e comunidades indígenas.
Por desenvolver um trabalho cultural e ao mesmo tempo social, a Biblioteca de Juína vem conquistando espaço no cenário nacional e internacional. Ficou em segundo lugar em uma premiação por atender a Agenda 2030 da ONU, um plano de ação para as pessoas, para o planeta e para a prosperidade, que também busca fortalecer a paz universal com mais liberdade.

Fonte: TCE MT
Comentários Facebook
publicidade

TCE MT

TCE-MT avança em tecnologia e lança mais 11 módulos do Sistema Radar

Publicado

por

Informações sobre a arrecadação, indicadores sociais e cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal agora estão disponíveis em um único espaço, o Radar Cidadão. Trata-se de um dos 11 novos módulos do Radar de Controle Externo do Tribunal de Contas de Mato Grosso, lançados nesta sexta-feira (5/12) no auditório da Escola Superior de Contas. O lançamento teve a presença do conselheiro Guilherme Antonio Maluf, que saudou os presentes junto ao vice-presidente do TCE, conselheiro interino Luiz Henrique Lima. “O radar não é do TCE, é do cidadão de Mato Grosso e tem o objetivo de promover a melhoria da gestão pública, com a atuação conjunta dos controles interno, externo e social”, destacou Lima durante a abertura do evento, que contou com 438 participantes, sendo 61 representantes de conselhos de políticas públicas de 61 municípios.

Conselheiro Guilherme Antonio Maluf Conselheiro interino Luiz Henrique Lima

A importância dos avanços tecnológicos para o desenvolvimento da cidadania e do controle externo foi abordada pelo conselheiro Guilherme Antonio Maluf. “Atualmente, podemos observar duas situações inevitáveis: o controle externo não vai ser possível sem o controle social e a tecnologia não pode estar dissociada do controle externo. Assim, sabemos que estamos dando mais um passo para que o TCE esteja com as ferramentas necessárias para executar seus trabalhos”, afirmou Maluf.

Leia mais:  Conselheira determina suspensão de licitação para iluminação pública em Barra do Garças

O secretário-geral de Controle Externo, Volmar Bucco Júnior, apresentou as funcionalidades do Radar Cidadão, que oferece um panorama da situação da gestão de cada município e permite ao interessado acompanhar o cumprimento das determinações do TCE. O Módulo Cidadão sintetiza as informações de áreas como saúde, educação, previdência, obras, pessoal, receita, despesa, contratos, licitação e prestação de contas. Tais áreas contemplam os demais módulos que foram lançados e se somam ao já em funcionamento Módulo Compras Públicas.

O Módulo Cidadão é uma síntese dos demais e possibilita que o interessado possa olhar mais atentamente uma questão específica. Se, por exemplo, ao verificar um município, busca-se uma informação sobre a situação da educação e, diante disso, o cidadão quer saber sobre aplicação dos recursos do Fundeb, ele vai sendo direcionado para o Módulo Educação. “Tais informações por vezes ficavam restritas a alguns processos e agora estão organizadas e sistematizadas para a sociedade, Poderes Legislativos, para a imprensa, e é possível acompanhar a evolução ao longo de um período, dos resultados de uma gestão”, afirmou Luiz Henrique Lima, que ainda cumprimentou o trabalho árduo dos colegas, bem como do conselheiro presidente Gonçalo Domingos de Campos Neto, “que ofereceu todo o respaldo para que a Segecex realizasse inúmeros avanços como esse”.

Leia mais:  TCE continua observando atualizações nos Portais Transparências das Prefeituras

Além da apresentação do Módulo Cidadão, pelo secretário Volmar Bucco, também foram apresentados os Módulos Receita, Despesa, Licitações, Contratos e Prestação de Contas pela secretária de Gerenciamento de Sistemas Técnicos, Lisandra Ishizuka Barros; o Módulo Pessoal, pelo secretário de controle externo de Atos de Pessoal, Osiel Mendes de Oliveira; o Módulo Previdência, pelo secretário de controle externo de Previdência, Eduardo Benjoíno; o Módulo Obras, pelo supervisor da Secex Obras, Emerson Augusto de Campos; e o Radar Saúde, apresentado pelo secretário substituto da Secex Saúde e Meio Ambiente, Bruno de Paula Santos Bezerra e pela secretária de Articulação Institucional Cassyra Vuolo, e o Módulo Educação, apresentado pela secretária da Secex de Educação e Segurança Patricia, Leite Lozich.

Fonte: TCE MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana