conecte-se conosco


Mato Grosso

Professores aprovam paralisação de 24 horas e podem entrar em greve a qualquer momento

Publicado

Os trabalhadores e as trabalhadoras da Educação estadual de Mato Grosso decidiram, por unanimidade, aprovar as deliberações do Conselho de Representantes do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT). Em Assembleia Geral realizada hoje, segunda-feira (04.02), decretaram o Estado de Greve, com Assembleia Permanente, paralisação estadual unificada, em 12 de fevereiro, e realização de novo Conselho em março.

“O estado de alerta é um indicativo para o governo reavaliar a postura e buscar uma negociação”, esclarece o presidente do Sintep/MT, Valdeir Pereira. Ao mesmo tempo, destacou que, há necessidade da construção do movimento paredista, que não ocorre de forma imediata.

Uma mobilização unificada está marcada para o dia 12 de fevereiro. A coordenadora do Fórum Sindical, presente na Assembleia do Sintep/MT, Edna Sampaio, representantes da Associação dos Docentes da Universidade de Mato Grosso (Adunemat) ressaltou a importância da participação do Sintep na mobilização. “Será a primeira grande paralisação de alerta contra as medidas do governo Mauro Mendes e a participação dessa categoria é fundamental”, disse.

Leia mais:  Deletran instaura mais de 2 mil procedimentos para crimes de trânsito em Cuiabá e Várzea Grande

Desmonte

Foi unânime nas diversa explanações realizadas pelos profissionais da educação, assim como pelos representantes da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), do Fórum Sindical, e da Central Única dos Trabalhadores, em Mato Grosso (CUT-MT), a inviabilidade dos direitos da classe trabalhadora, com as políticas implementadas pelos governos federal e estadual.

“Em Mato Grosso o pacote de Mauro Mendes já congelou os salários dos servidores com o calote da RGA de 2018, e a suspensão da revisão pelos próximos dois anos”, disse dirigente e secretário de redes municipais, Henrique Lopes. Lopes lembrou que o ataque a educação se estende a política da Dobra do Poder de Compra, quando não paga a RGA, e também via decreto de calamidade financeira, que impede o cumprimento das leis de carreira.

A avaliação apontou que as medidas não atacam apenas os servidores da ativa, compromete também os aposentados, devido a paridade. “Se aprovada a lei da Reforma da Previdência do governo Bolsonaro, as perdas serão ainda maiores, pois colocará fim na paridade salarial e ampliará o percentual de desconto previdenciário, para aqueles que recebem acima do teto”, alerta o presidente Valdeir.

Leia mais:  Estado abre 4 vagas para Residência Médica em 2019; inscrições vão até 18 deste mês

Moções

Durante a Assembleia foram encaminhadas para votação duas moções. A primeira contra a Reforma da Previdência do governo Bolsonaro, e a segunda, em apoio a mobilização unificada dos servidores da cidade de São Paulo. Segundo ressaltaram as falas dos militantes toda a atenção é necessária, pois os ataques  atingirão todos os direitos da classe trabalhadora.

Confira as fotos no facebook do Sintep/MT

Assessoria/Sintep-MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Soldados são homenageados por interação com crianças

Publicado

por

Os soldados Deividy Jhansenn Neto Alves, Marlon da Silva Habeck e Jeberson Silva do Nascimento receberam nesta quarta-feira (20.02) do comandante geral da PM, Jonildo José Assis, um elogio pela atitude de integração com crianças.

O vídeo em que os policiais aparecendo brincando de bets com crianças, enquanto faziam patrulhamento em um bairro carente de Juína (a 735 km de Cuiabá), viralizou na internet e foi replicado em sites de notícias de todo o país.

O coronel Assis destacou a atitude dos soldados. Para ele a redução dos índices de violência não será alcançada apenas com ações reativas, mas com a integração entre a PM e a comunidade.

“Este caso reforça para a população que cada policial militar exerce uma liderança em sua comunidade. O gesto reflete na formação daquelas crianças, que futuramente podem influenciar outras”, destacou o coronel Assis. O comandante frisou que a atitude pode estimular outros policiais.
 
Para o soldado Jeberson, a interação é importante para incentivar as crianças a seguirem pelo caminho correto na vida. Ele agradeceu a homenagem e espera que a interação entre policiais e comunidade continue.  “Temos que manter a proximidade com a população, principalmente com as crianças, adolescentes e jovens, pois não podemos perdê-los para o mundo do crime”, afirma.

Leia mais:  Vice-presidente vem a Mato Grosso encerrar colheita de soja

A entrega do elogio aconteceu durante troca de comando do 8º Comando Regional, realizada na Câmara de Dirigentes Lojista, em Juína, com a presença de oficiais e sociedade civil organizada.

Tc Candido, tc Wendel, Cel Pinheiro, sd Jhansen, Cel Asssis, Sd Jeberson, Sd Habeck, Cel Fortes, Cel Wilker e Cel Cruz esquerda pra direita Foto: PMMT

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana