conecte-se conosco


Mato Grosso

Professora percorre 53 quilômetros todos os dias para trabalhar em escola do campo

Publicado

Há 12 anos na rede estadual de ensino, a professora Jurema de Oliveira saiu do conforto de trabalhar na cidade e aceitou o desafio de lecionar na zona rural do município de Rondonópolis (a 202 quilômetros ao sul da Capital). Desde 2015, essa mulher, dedicada à profissão, trabalha nas salas anexas da Escola Estadual José Rodrigues dos Santos, localizada na região Canguçu.

O trajeto diário da casa da professora até a escola é encarado com muita disposição: são 53 quilômetros de distância, sendo o maior trajeto feito pela BR-163, e muitos deles embaixo de chuva e poeira.

A professora lembra que a região aguardava por profissionais qualificados para implantar a educação de jovens e adultos (EJA) na escola. “Eu participei desde o início dos trabalhos e me orgulho muito disso. Hoje temos em nosso quadro de servidores, profissionais que concluíram o ensino médio aqui na escola. Podemos ver que a educação está cumprindo seu papel de fato”, se emociona.

Conforme a professora, os seus alunos têm muito interesse em aprender. São pessoas que não tiveram a oportunidade de estudar na idade certa e agora procuram recuperar o tempo perdido.

Leia mais:  Corpo de Bombeiros comemora 55 anos com inauguração de Memorial Histórico

“São trabalhadores rurais, mas são assíduos e comprometidos, vencem o cansaço das horas e dificuldades do trajeto até a escola e o retorno ao lar, feito quase exclusivamente pelo transporte escolar.  Mesmo com tudo isso, é muito gratificante lecionar para esses alunos todos os dias ”, diz a professora, acrescentando que a “cada formatura é uma sensação do dever cumprido”.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

PM prende quatro suspeitos de roubo e cárcere privado de família em Cáceres

Publicado

por

Policiais do 6º Batalhão de Cáceres (225 km de Cuiabá) prenderam em flagrante quatro suspeitos do roubo e cárcere privado de uma família, na manhã deste sábado (14.09). A prisão de A.C.L., 24, M.A.L., 18, I.A.S.C., 22, e J.H.C.C.M., 22, seguida da confissão do envolvimento nesse e outros roubos, pode levar à descoberta de uma organização criminosa autora de vários assaltos em cidades da região.

Os suspeitos invadiram a casa, anunciaram o assalto e mantiveram cinco pessoas sob a mira de arma de fogo, inclusive um idoso de 80 anos. Também deixaram uma das vítimas amarrada e trancada em um banheiro.

Os dois primeiros suspeitos presos haviam contratado serviço de moto-táxi para fugir. Eles foram localizados no bairro DNER, próximo a uma praça, e já estavam embarcados nas motocicletas, quando foram interceptados pelos policiais militares. Logo depois, em outro endereço do mesmo bairro foram presos mais dois.

Com um deles, o mais jovem do bando, foi apreendida a arma usada no roubo, um revólver calibre 38. Além de confessar o crime, revelou outros, que agora estão sendo apurados.

Leia mais:  Unemat participa do 64º Fórum Nacional de Reitores da Abruem

Com a prisão deles foram recuperados o notebook, as joias, celulares, óculos e pouco mais de R$ 80, que levaram da família.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana