conecte-se conosco


Mato Grosso

Primos são presos por roubo de supermercado em Cáceres

Publicado

Policiais militares do 6º Batalhão de Cáceres, prenderam dois suspeitos do roubo ao supermercado Fazio, ocorrido às 16h desta quarta-feria (05.12) no bairro Jardim Cidade Nova. Armados e utilizando de ameaças, eles roubaram o caixa do estabelecimento e celulares de clientes que estavam em compras. Na sequência, fugiram em uma motocicleta vermelha.

Com a ajuda da população, que denunciou a localização dos assaltantes em uma casa no bairro Santo Antônio. Os policiais cercaram a casa e a esposa de um dos suspeitos se apresentou. Ela disse que a moto estava no quintal e que seu marido, Gabriel Pereira de Carvalho, 19, estava no fundo da residência, ao lado de um do primo Bruno de Paula Cavalcante, 28.

Os policiais flagraram os dois em um cômodo, contabilizando o dinheiro. Segundo o próprio Gabriel, a quantia havia sido levada do supermercado e sua esposa não tinha envolvimento com o crime.

Sobre a arma de fogo usada na ação, a mulher indicou que estava no forro da casa. Era um revólver calibre 38, cromado, com marca e numeração inelegível, seis munições intactas e uma deflagrada. A vítima reconheceu a arma do crime. Também foi encontrada uma espingarda de pressão.

Leia mais:  Força Tática prende cinco e encontra adolescentes consumindo bebida e droga em Confresa

Também foram apreendidas no endereço celulares, jóias, capacetes, R$ 593,00 e a moto Yamaha. Os materiais foram encaminhados juntamente com os suspeitos, incluindo a mulher, para a autoridade policial da 1ª Delegacia de Policia Judiciária Civil.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Servidor é preso por roubar pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras

Publicado

Foram desviados pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

Um servidor público suspeito de desviar pneus de veículos da prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, prestou esclarecimentos na delegacia do município. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de peculato.

As investigações começaram no dia 22 de março, quando o prefeito Adilson Gonçalves de Macedo registrou um boletim de ocorrência denunciando o suposto desvio.

O delegado Wilyney Santana Borges disse que várias buscas foram realizadas, até que o suspeito acabou confessando o crime. Em depoimento, ele contou que os pneus foram repassados para um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um carro dele de luxo.

Os pneus desviados eram de veículos da Secretaria Municipal de Urbanismo.

De acordo com a polícia, nas investigações, foi apurado que pneus adquiridos para serem utilizados nas automóveis da secretaria foram desviados nos meses de novembro e dezembro de 2020, por um servidor  que exercia funções no setor de frotas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Leia mais:  Família membro de organização criminosa é presa com arsenal de armas e munições

Segundo o delegado, os indícios apontados no inquérito indicam que foi possível constatar o desvio de pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

A Polícia Civil informou que o investigado pela venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, vez que na época dos desvios, exercia o cargo de funcionário público. Já o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A delegacia de Barra do Garças continua as investigações para saber se havia a conivência ou participação de outros servidores municipais, envolvidos no caso dos pneus desviados.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana