conecte-se conosco


Mato Grosso

Primeiro sorteio do ano da Nota MT será quinta-feira (09.01) na Sefaz

Publicado

A Secretaria de Fazenda (Sefaz) realiza nesta quinta-feira (09.01), o primeiro sorteio mensal do Programa Nota MT em 2020. Nele, estarão concorrendo os bilhetes gerados com base nas notas fiscais de 1º a 31 de dezembro de 2019. Ao todo foram gerados 2.187.981 bilhetes, com mais de 200 mil consumidores participantes. Serão premiados cinco consumidores com R$ 10 mil e mais mil com prêmios de 500 reais. O sorteio acontecerá a partir das 14h30min, na Secretaria de Fazenda, em Cuiabá.

Os sorteios mensais, de acordo com o calendário divulgado pela Sefaz, ocorrerão sempre na segunda quinta-feira de cada mês, com base nos números sorteados pela Loteria Federal no dia anterior. Durante o ano de 2020 ocorrerão também quatro concursos especiais, que acontecem em datas comemorativas. O primeiro é o de Carnaval, no dia 19 de março e o último, de Natal, no dia 17 de dezembro. Os sorteios especiais distribuem 5 prêmios de R$ 50 mil em cada um.

Dos prêmios já distribuídos pelo Nota MT, cerca de 50% foram para moradores de Cuiabá e Várzea Grande. Como forma de interiorizar ainda mais o programa, a intenção da Sefaz este ano é realizar de 5 a 6 sorteios nas cidades polos, sempre nos meses pares.

Leia mais:  Mauro critica estudo da UFMT: 'Mãe Dináh está acertando mais'

Em princípio os sorteios serão realizados em Cáceres (fevereiro), Tangará da Serra (abril), Rondonópolis (junho) e Barra do Garças (agosto). Nos meses ímpares os sorteios serão realizados em Cuiabá e Várzea Grande.

Durante os seus primeiros seis meses de existência, o Programa Nota MT distribuiu 5.035 prêmios, em um valor total de R$ 3.250.000,00. No último concurso, realizado no dia 19 de dezembro, cinco pessoas foram contempladas com valores de R$ 50 mil, cada. Ao todo, 4.883 consumidores e mais de 150 entidades sociais foram beneficiados com o Programa. No dia 02 de janeiro passado, o Programa Nota MT atingiu a marca de 250 mil consumidores cadastrados.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Governo de MT não aumentou imposto do gás de cozinha; deputado espalha fake News

Publicado


O Governo de Mato Grosso tem o índice de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o gás de cozinha mais baixo do país. A tributação do Estado é de 12%, sem qualquer aumento da alíquota nos últimos anos.

No entanto, o deputado estadual Faissal Calil espalha fake News em suas redes sociais ao dizer que o governo aumentou a alíquota do imposto. O que é mentira!

A composição do preço do gás de cozinha no Estado é de 12% do ICMS; 38,7% é o índice da revenda e lucro pelas distribuidoras; e 49,3% é o valor cobrado pela Petrobrás.

A margem de lucro bruta praticada pelas empresas em Mato Grosso é de R$ 38, enquanto a média nacional é de R$ 20.

Além de Mato Grosso, também mantêm alíquota de 12% do ICMS, os Estados do Amapá, Bahia, Goiás, Rondônia, Rio Grande do Sul, Sergipe, Tocantins e o Distrito Federal.

Os Estados com o ICMS mais caro são Alagoas, Amazonas, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte, com 18%.

Leia mais:  Mauro critica estudo da UFMT: 'Mãe Dináh está acertando mais'
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana