conecte-se conosco


Polícia

Primeira-dama abre celebrações da páscoa e entrega 1,2 mil ovos de chocolate

Publicado

A ação atendeu crianças e adolescentes assistidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV)

As celebrações da Páscoa foram iniciadas na quinta-feira (11) pela Prefeitura de Cuiabá. Em uma ação solidária, denominada ‘Páscoa Criança Feliz’, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano em parceria com a primeira-dama Márcia Pinheiro, distribuíram 1,2 mil ovos de chocolates, para crianças e adolescentes assistidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV), das unidades assistenciais do Município.

“Uma festa simbólica, que vai além do chocolate. Representa o amor de Cristo por todos nós. É esse o significado maior dessa celebração: a paz, o amor, a gratidão, solidariedade com o próximo, que é tão importante neste mundo em que estamos vivendo hoje”, disse Márcia.

A primeira-dama também expressou sua gratidão aos servidores das unidades assistenciais. “É notório a relevância desses dedicados profissionais, que atuam nas unidades, doando seu melhor para os assistidos. Sempre pensando em proporcionar qualidade de vida, por meio das ações, preparadas com tanto amor e carinho. Sem eles, não conseguiríamos abranger a todos e, realmente, realizar um resgate, uma transformação na caminhada de cada um,” acrescentou.

Leia mais:  De Bem Com a Vida promove palestra de prevenção a violência contra professores em Alto Boa Vista

Representando a equipe da Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, a adjunta da Pasta, Hellen Ferreira, agradeceu pela união de todos e explicou que os chocolates serão distribuídos pelas unidades. “Hoje estamos fazendo a abertura, com essa singela ação, que só foi possível mediante a união de toda a equipe, focando na felicidade dessas crianças e adolescentes. Aqui começamos a entrega e ela continua pelas unidades assistenciais que assistem essa faixa etária”, reforçou Hellen.

Os assistidos do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do CPA, fizeram uma apresentação da Paixão de Cristo. A pré-adolescente Milena Micaeli, de 12 anos, contou da sua experiência na ação. “A gente sente um alegria quando está falando sobre Jesus. É muito bom. Ele ensina que temos que respeitar e amar nosso semelhante, fazer o bem sempre”, expressou.

Ao todo, a rede de assistência possui 14 Centros de Referencias de Assistência Social (Cras), distribuídos pelas quatro regiões da Capital. Neles, são atendidos mais de 1.200 crianças e adolescentes, por meio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV).  Nos Centros são oferecidos atividades culturais, de educação, acompanhamento psicológico, agregando à família, para se trabalhar o fortalecimento de laços. Também são realizados eventos festivos que envolvem temas educativos, somando-se ao conteúdo didático escolar.

Leia mais:  Adolescente autor de roubos em Várzea Grande é apreendido pela Polícia Civil

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Polícia Civil prende suspeito de esfaquear vítima e largar ao lado de Pronto Socorro de Várzea Grande

Publicado

por

Assessoria |PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil esclareceu a autoria de um homicídio ocorrido no dia 31 de março de 2019, em Várzea Grande. A vítima Otaniel Monteiro dos Santos, 38 anos, foi deixada com perfurações de arma branca, em uma lanchonete ao lado do Pronto Socorro do município, local onde foi à óbito na noite do mesmo dia.

O suspeito foi identificado pelo nome de Willian dos Santos, 37 anos, Ele teve a prisão temporária (30 dias) representada nas investigações da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) e cumprida na quinta-feira (18), na zona rural do município de Poconé, onde também responde por outro homicídio, em que uma pessoa morreu enforcada.

Testemunhas ouvidas no inquérito policial contaram que a vítima foi largada por desconhecidos na porta do estabelecimento, com muito sangramento. Quatro populares carregaram a vítima em um carrinho de mão, emprestado de uma obra vizinha, até o PSM-VG.

Na investigação, os policiais apuraram que a vítima foi deixada no local (lanchonete) por uma motocicleta, que após largá-la sangrando na calçada tomou rumo ignorado. Outras testemunhas também viram a vítima sendo largada no local e informaram que ela estava na garupa da motocicleta, muito debilitada e sem capacete, que logo saiu em alta velocidade, impossibilitando anotar a placa.

Leia mais:  Polícia Civil ministra palestra sobre acidentes de trânsito em Pontes e Lacerda

Foi apurado que o suspeito, Willian, residia com a vítima em uma das quitinetes no bairro Jardim Icaraí, em Várzea Grande.

Conforme o delegado Caio Fernando Álvares de Albuquerque, o homicídio foi praticado por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa da vítima. “Demonstra haver indícios suficiente de autoria em face do suspeito. Era pessoa conhecida por todos que se encontravam no local”, disse.

O delegado acrescentou que a prisão temporária será representada pela conversão em prisão preventiva, por o suspeito ser réu confesso e reconhecido por testemunhas como autor das facadas.

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana