conecte-se conosco


Polícia

PRF recupera veículo em Barra do Garças/MT

Publicado

Além de adulteração de elemento identificador do veículo, foi apresentado documento falso

Na quarta-feira (30), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu dois homens que estavam com um veículo roubado e documento falso, na BR-070, em Barra do Garças.

Por volta das 18h, a equipe abordou o veículo Honda/Civic EXS, que ostentava placas de Ipatinga/MG. O veículo era ocupado por 3 pessoas, o condutor, de 28 anos, um passageiro, de 21 e uma mulher que estava no assento traseiro, de 30 anos.

Solicitada a documentação pelos PRFs, o homem que estava no banco do passageiro entregou o CRLV, que apresentava sinais de inautenticidade, motivando os policiais a realizarem uma fiscalização minuciosa no veículo.

Após verificação aprofundada, os PRFs encontraram diversos sinais de adulteração nos elementos identificadores e constataram que o veículo original possuí placas de Santa Luzia/MG e tem uma ocorrência de roubo registrada.

O passageiro disse que o carro foi adquirido há cerca de 3 meses por um valor simplório. No interior do veículo, ainda foram encontradas 10 máquinas de cartão de crédito, as quais o condutor e passageiro assumiram ser de sua propriedade.

Leia mais:  Adolescente de 16 anos é apreendido pela PRF com carro roubado

A moça, que estava no assento traseiro do veículo, disse que viajou com sua prima para Cuiabá/MT, em 27 de setembro para se encontrar com o namorado (passageiro do veículo) e retornaria com ele para Goiânia/GO.

Diante da situação, a ocorrência foi encaminhada para Polícia Federal, em Barra do Garças.

SECOM PRF MT

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Delegados de Mato Grosso ganham o maior salário do Brasil

Publicado

Um levantamento realizado pelo Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp) mostrou que os delegados de Mato Grosso são os que ganham o maior salário da categoria no país. O salário mensal de um delegado da Polícia Civil no estado é de R$ 24,5 mil.

Enquanto o salário dos delegados de Mato Grosso é o maior do país, o vencimento de escrivães e investigadores – as outras carreiras da Polícia Civil-, está bem longe do primeiro lugar.

Para os escrivães, profissionais responsáveis pelo registro de ocorrências e pela documentação das investigações, o salário é de R$ 5,5 mil, o 11º no ranking brasileiro.

Já para os investigadores, policiais que coletam provas sobre os crimes, localizam e interrogam suspeitos e mantém a segurança dos locais de investigação, o vencimento inicial é de R$ 5,5 mil, o 9º maior na comparação com o mesmo cargo em outros estados.

Dados da Polícia Civil mostram que no quarto trimestre de 2020 havia 400 cargos para delegados, porém, 158 estavam vagos. Já para escrivão de polícia, são 1,2 mil vagas, mas só 2.056 ocupados. E para investigador são 4 mil vagas, com 1.944 cargos vagos.

Leia mais:  Mais de 235 mil maços de cigarros são apreendidos pela PRF em MT

Por ser uma carreira típica de Estado, ou seja, que não podem ser substituída por profissional contratado, os cargos da Polícia Civil só podem ser ocupados através de concurso público. No entanto, para conseguir benefícios com o governo federal durante a crise, o Estado se comprometeu a não criar novos gastos até 2022, o que incluem os concursos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana