conecte-se conosco


Polícia

PRF prende idoso acusado de estuprar menina de 4 anos

Publicado

Crime ocorreu em uma área rural nas proximidades da Unidade Operacional de Diamantino/MT

Um homem de 63 anos foi preso na tarde de ontem (10) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Diamantino/MT. Uma mulher acusa o idoso de estuprar a filha dela, de 4 anos de idade.

A equipe da Unidade Operacional (UOP) de Diamantino recebeu o telefonema da mãe por volta das 17h30, falando que a filha havia sido abusada pelo vizinho. Ela buscou ajuda em uma creche, que fica na BR-364, nas proximidades da unidade, e a PRF foi acionada.

A mulher relatou que havia deixado a menina brincando no quintal nos fundos de casa, mas depois de um tempo foi vê-la e flagrou a criança na casa do vizinho. Segundo ela, a filha estava com a bermuda abaixada e o homem tocando as partes íntimas dela.

Os policiais saíram em busca do suspeito, que havia fugido, e o encontraram em um matagal.  J.N.M. estava embriagado e acabou admitindo o crime aos agentes.

Os envolvidos foram encaminhados à Polícia Civil de Diamantino.

Leia mais:  Programa de Atenção a Saúde Mental é apresentado a Polícia Civil

Texto: Neocleciana Gonçalves / NUCOM PRF MT

Imagens: PRF

Confira os vídeos da prisão:

Fonte: PRF MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Equipe Especial interroga esposa de cabo em investigações das interceptações ilegais

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Civil, por meio da Equipe Especial, designada exclusivamente para conclusão dos inquéritos sobre as interceptações ilegais, ouviu em interrogatório, na tarde desta quarta-feira (18), a esposa do Cabo Gerson Correa, para esclarecimentos sobre questões apuradas nas investigações.

A delegada Ana Cristina Feldner informou que a mulher (E.M.O) aparece em algumas situações, como assinatura de fiadora no contrato de locação da sala usada para fazer as escutas ilegais, além da conta de internet usada no escritório clandestino estar em seu nome. Também por ter levado um aparelho celular ao cabo quando ele estava preso na Rotam. E ainda sobre a origem de um valor de R$ 35 mil, emprestado pelo cabo a um amigo.

Conforme a delegada, todas as informações serão analisadas, inclusive se  a mulher  tinha conhecimento e envolvimento com a organização criminosa investigada. Ela  alegou que acredita na inocência de seu marido.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil apreende 26 tabletes em mala dentro de ônibus
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana