conecte-se conosco


Polícia

PRF prende em Poconé/MT dois suspeitos de matar policial civil

Publicado

Veículo da vítima também foi recuperado com a dupla, que fugiu por 30 quilômetros na rodovia até ser parada

Dois suspeitos de participação no latrocínio de um policial civil aposentado foram presos na madrugada de segunda-feira (11) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Poconé-MT. O carro roubado da vítima também foi recuperado.

O crime ocorreu em um sítio na zona rural de Nossa Senhora do Livramento na manhã de domingo (10). Um policial civil aposentado de 75 anos foi assassinado após os assaltantes descobrirem, por meio da identificação funcional, que ele era agente de segurança. Após matarem o policial, os criminosos fugiram levando um Honda Fit da vítima.

O veículo foi visto transitando na BR 070 quando os agentes PRF realizavam fiscalização em frente à Unidade Operacional de Poconé. Os suspeitos fugiram da abordagem e, após cerca de 30 quilômetros de acompanhamento tático, foram parados pelos federais.

O automóvel era conduzido por L. H. S., 24 anos, e tinha como passageiro J. L. C., 23 anos. Os envolvidos alegam que apenas levavam o veículo para Cáceres, porém, há suspeita que tenham participado do latrocínio.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre prisão de autor de bárbaro feminicídio em Primavera do Leste

Eles foram conduzidos à Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos da Polícia Civil, em Várzea Grande.

Neocleciana Gonçalves (Agência PRF)
(Reprodução mediante citação: Agência PRF)

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

PRF apreende mais de 800 m³ de madeira ilegal em Mato Grosso

Publicado

por

Além do combate ao transporte irregular de produto florestal, equipes realizaram fiscalização de emissão de poluentes

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deflagrou, entre os dias 2 e 8 de julho, a terceira etapa da Operação Caapora. Em mais uma ação de combate aos crimes ambientais com foco na fiscalização de produto florestal a PRF apreendeu 842 m³ de madeira e carvão vegetal. Foram também registradas 14 ocorrências envolvendo cometimento de crime de poluição.

As fiscalizações ocorreram na BR-174, em Comodoro/MT e contaram com uma equipe de aproximadamente 16 PRFs. O INDEA (Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso) também participou das fiscalizações com 2 servidores, além de militares do Exército Brasileiro.

As cargas de madeira necessitam ser acompanhadas de nota fiscal e documento de origem florestal ou guia florestal. Qualquer irregularidade entre os documentos ou entre eles e a carga, tornam os documentos inválidos e a carga ilegal.

Com relação aos crimes de poluição, as ocorrências foram por irregularidades com ARLA 32, que é o Agente Redutor Líquido de Óxido de Nitrogênio Automotivo. Trata-se de um reagente utilizado juntamente com o Sistema de Redução Catalítica (SRC) para reduzir a emissão de óxido de nitrogênio nos gases de escape de veículos à diesel.

Leia mais:  PRF Mato Grosso lança a 16ª edição do Fetran

Confira os resultados da Operação em Mato Grosso:

Veículos fiscalizados 629
Veículos apreendidos 39
Ocorrências 41
Madeira apreendida 842 m³
Pessoas detidas e encaminhadas 41

No ano de 2019, Mato Grosso foi o estado que mais apreendeu madeira no país, totalizando 7.000 m³. Em 2020 (de 01 de janeiro à 08 de julho), os números já somam 5.840 m³, mais que o dobro em relação ao mesmo período em 2019 (2.340 m³).

Mesmo em tempos de pandemia, a PRF vem atuando fortemente no combate aos crimes ambientais afim de garantir um meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum e direito de todos, previsto constitucionalmente.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana