conecte-se conosco


Polícia

PRF participa de operação conjunta de combate à fraude veicular em Cuiabá

Publicado

O trabalho é uma iniciativa da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva), que lançou também a cartilha  “Compra Segura”

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) participou, na manha desta quinta (06), de uma operação  conjunta para combater fraudes e crimes relacionados à venda e compra de veículos. O trabalho integrado foi uma iniciativa da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva), que, além do apoio da PRF, contou também com a participação da Polícia Militar, Semob, Detran e Politec.

As ações de fiscalização foram realizadas em Cuiabá, na região do Porto, local onde se concentra a comercialização de veículos automotores. Segundo a Especializada, a operação visa combater a venda de motocicletas e carros denominados “Finan” (golpe que consiste a venda de veículos financiados, sem que haja qualquer intenção de efetuar o pagamento das prestações do veículo adquirido). Os veículos são  comercializados por preços bem abaixo do mercado, e as pessoas que compram os bens jamais quitam os débitos existentes.

Levantamento dos setores de inteligência dos órgãos policiais estaduais e federais que atuam em Mato Grosso, carros e motocicletas objetos dos crimes de furto e/ou roubo ocorridos no Estado e outras unidades da federação estariam sendo comercializados em locais de vendas de automóveis usados, na região metropolitana, com placas e documentos falsificados.

Leia mais:  Polícia Civil recebe senadora para traçar ações de enfrentamento ao crime organizado

Conforme o delegado Arnon Osny, as  investigações apontam que veículos furtados ou roubados são comercializados como se fossem carros “Finan”. Os golpistas trocam as placas dos veículos enganando os compradores que não se preocupam em checar os demais dados de identificação e acabam comprando os veículos com restrições de furto ou roubo.

Quando abordados pela fiscalização são presos em flagrante por receptação. “Em ambos os casos, ocorre o cometimento de crimes. Tanto a pessoa que vende, como aquela que compra ou revende o carro ou motocicleta “Finan”, estão incidindo na prática de crimes estelionato, receptação ou outros a depender de investigação”, alertou Arnon Osny.

CARTILHA – a operação conjunta de fiscalização se deu em razão do lançamento da cartilha “Compra Segura”, que traz  dicas e informações importantes para as pessoas interessadas em comprar ou vender veículos. Com o material, que pode ser acessado no site http://www.policiacivil.mt.gov.br/noticia.php?id=20109, a Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), busca criar uma rede de proteção ao cidadão.

Leia mais:  Polícia Civil prende suspeito de compartilhar fotos nuas de mulheres após ameaçá-las em redes sociais

PRF 191 – Por meio do seu telefone de emergência, o 191, a PRF pode ser avisada de roubo e furto de veículos, assim como receber denúncia anônima de estabelecimentos que compram ou vendem veículos adulterados.

Texto: com Assessoria | PJC-MT

Fotos: PRF

Fonte: PRF MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

COMUNICADO: Central de Ocorrências, DHPP, Decon e Derf Cuiabá estão sem internet

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Devido a rompimento de cabo de fibra ótica da empresa de telefonia OI, as seguintes unidades da Polícia Judiciária Civil, Central de Ocorrências, Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), Delegacia Especializada do Consumidor (Decon) e Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá estão sem acesso à internet.

O rompimento ocorreu no início da noite de terça-feira (18) e sem internet, as unidades ficam impossibilitadas de confeccionar boletins de ocorrências e realizar consultas nos sistemas de Segurança. Técnicos da concessionária de telefonia já estão trabalhando para restauração da fibra, para o retorno mais breve dos serviços prestados pelas unidades prejudicadas.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil indicia nove de bando armado que comandavam invasões de terras em Jauru
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana