conecte-se conosco


Polícia

PRF Mato Grosso lança a 16ª edição do Fetran

Publicado

Inscrições estão abertas até o dia 25 deste mês e apresentações iniciam em junho, em Campo Verde

Foi lançada nesta terça-feira (14), na sede da PRF (Polícia Rodoviária Federal) em Mato Grosso, a 16ª edição do Fetran (Festival Estudantil Temático Teatro para o Trânsito). O evento está com inscrições abertas até o dia 25 deste mês e as apresentações iniciam em junho, em Campo Verde.

Participaram do lançamento representantes da Seduc (Secretaria de Educação Estadual), do Detran MT (Departamento de Trânsito), da Rota do Oeste, da Prefeitura de Várzea Grande, da Rota do Oeste e do SINPRF MT (Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais).

O superintendente da PRF MT, Francisco Élcio de Lima Lucena, destacou que o Fetran tem como objetivo maior construir um trânsito melhor por meio da educação para o trânsito. “Podemos notar que a transformação acontece nos estudantes que participam. Eles passam a cobrar atitudes corretas dos adultos e com certeza serão motoristas conscientes. Com a ajuda do efetivo e dos parceiros vamos fazer um trânsito mais respeitoso e assim ajudar a salvar vidas”, frisou.

Leia mais:  Casal tenta fugir, mas é preso pela PRF por tráfico de drogas

No ano passado, foram 87 peças teatrais inscritas e este ano a expectativa é que sejam cerca de 100. Podem participar escolas públicas e privadas do ensino fundamental e médio, educação especial e profissionalizante. As inscrições são realizadas pela internet no endereço www.mt.fetran.com.br, onde também está disponível o regulamento do festival.

O Fetran Teatro nasceu em Mato Grosso há 16 anos e serviu como base para o Fetran Pedagógico – ações desenvolvidas pela PRF nas escolas em todos os estados. O evento é organizado pelo Grupo de Educação para o Trânsito (Getran) da PRF. O objetivo é estimular a produção cultural no ambiente escolar e sensibilizar as pessoas quanto à responsabilidade de cada um para um trânsito seguro.

PARCEIROS
Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (SEDUC/MT), Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (DETRAN/MT), Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (SECEL), Rota do Oeste, Prefeituras Municipais de Campo Verde, Primavera do Leste, Querência, Campos de Júlio, Sorriso e Várzea Grande.

ETAPAS
03 a 07/06/2019 – Etapa Aricá Mirim – Campo Verde
17 a 21/06/2019 – Etapa Araguaia – Primavera do Leste
01 a 05/07/2019 – Etapa Xingu – Querência
12 a 16/08/2019 – Etapa Guaporé – Campos de Júlio
26 a 30/08/2019 – Etapa Teles Pires – Sorriso
09 a 13/09/2019 – Etapa Cuiabá – Várzea Grande
23 a 27/09/2019 – Etapa Mato Grosso – Cuiabá

Leia mais:  Polícia Civil prende suspeitos de grupo criminoso que atua em roubos a propriedades ruais

Texto e fotos: Neocleciana Gonçalves/NUCOM PRF MT

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Jovem morre durante protesto por homem negro morto por policial branco nos EUA

Publicado

por

Na madrugada deste sábado (30), a polícia de Detroit (EUA) confirmou a morte de um jovem de 19 anos, baleado durante protestos pelo assassinato de George Floyd, um homem negro de 46 anos que foi asfixiado até a morte por um policial branco de Minneapolis.

Os tiros foram disparados por um suspeito desconhecido, que dirigia um Dodge Durango cinza. A vítima chegou a ser encaminhada para um hospital da região, mas acabou morrendo. A polícia de Detroit não confirmou se o jovem participava dos protestos, mas disse que estava em meio a um tiroteio que aconteceu no centro da cidade, onde as manifestações seguem ocorrendo.

Mais cedo, o chefe da polícia de Detroit, James Craig, disse que uma pessoa havia sido presa depois de tentar atropelar um policial. “Não vou ficar parado e deixar que uma pequena minoria de criminosos entre aqui e ataque nossos policiais. Não vamos tolerar isso ”, disse Craig.

Protestos pelos EUA

Na madrugada de sábado (30), as manifestações se espalhavam por 17 estados americanos, atingindo cidades como Nova York, Los Angeles, Washington e São Francisco.

Leia mais:  MPMT e DEMA divulgam informações atualizadas sobre Operação Polygonum

O governador de Minnesota, Tim Walz, afirmou que a situação no estado continua “incrivelmente perigosa” durante uma entrevista coletiva nesta madrugada. A capital Minneapolis, onde cerca de 50 pessoas foram presas durante a madrugada, ainda é considerada o epicentro dos protestos mesmo após decretado um toque de recolher.

No início da noite de sexta-feira (29), a polícia de Washington precisou formar um cerco de proteção à Casa Branca.

Em Atlanta, manifestantes arremessaram bombas, tijolos e estilhaços de vidro na sede da CNN. A fachada do edifício também foi pichada e uma bandeira dos Estados Unidos foi queimada em frente ao prédio. Os manifestantes exibiram placas com a mensagem #BlackLivesMatter (“vidas negras importam”, em português).

Durante uma transmissão ao vivo dos protestos na cidade de Minneapolis, Omar Jimenez, um repórter da CNN, negro e latino, foi detido pela polícia, mesmo após se identificar como jornalista. O produtor Bill Kirkos e o fotógrafo Leonel Mendez, membros da equipe de Jimenez, também foram presos. O jornalista Josh Campbell, que é branco e estava no local, chegou a ser abordado, mas, diferente de Jimenez, não foi levado para a delegacia. Cerca de meia hora depois, todos foram soltos.

Leia mais:  Homem é preso por receptação de produtos furtados

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana