conecte-se conosco


Polícia

PRF intercepta 12 cargas de madeira ilegal em MT

Publicado

Entre os produtos, estão a castanheira, que tem corte e comercialização proibidos, pois está em extinção

Nos primeiros nove dias de setembro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Mato Grosso já apreendeu 319 m³ de madeira irregular, distribuídas em 12 cargas. No acumulado do ano, já são 3.057 m³.

As ações foram realizadas em diversas regiões do Estado em parceria com Instituto de Defesa Agropecuária do Estado do Mato Grosso (Indea/MT), Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) e 2ª Companhia da Polícia Militar de Proteção Ambiental.

Em Barra do Garças, na BR-158, divisa com Goiás, na segunda-feira (09), os agentes apreenderam três carretas e um caminhão, totalizando 110 m³ de madeira irregular. Um bitrem estava carregado com 46m³ de castanheira, cujo corte e comercialização são proibidos por lei, pois a espécie corre risco de extinção. Ainda foram recolhidos uma carreta-baú com 25,51 m³ de produtos irregulares, outra carreta com mais 25,80 m³ e em um caminhão com 13 m³. As cargas saíram de Rondônia e iriam para Goiás e Distrito Federal.

Leia mais:  Traficante do Novo Paraíso que conseguiu fugir em ação anterior é preso pela Polícia Civil

Na BR-070, em Primavera do Leste, a 242 quilômetros de Cuiabá, três caminhões foram flagrados no transporte ilegal de 54,22 m³ de diversas espécies de madeira, entre elas, cedro amazonense, garapeira e castanheira. Um veículo iria de Rondônia para o Espírito Santo e os demais de Aripuanã/MT para Primavera do Leste.

Já região Sudeste de Mato Grosso, na BR-364 em Rondonópolis, foram parados dois caminhões. Um deles transportava 27,15 m3 de castanheira de Rondônia para o Paraná. O outro levava 13,04 m3 de madeira irregular de Aripuanã para Rondonópolis.

Em Várzea Grande, região metropolitana, foram retidas duas carretas com 50 m³ de madeira irregular, que saíram do Pará para Goiás.

O transporte irregular de madeira é crime ambiental. Não apenas quem transporta o produto é identificado nas ocorrências, mas também as madeireiras que comercializam. Todos poderão responder pelo crime.

Neocleciana Gonçalves – NUCOM PRF MT

Fonte: PRF MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Polícia Civil apreende carga com defensivos agrícolas

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Denúncia sobre um carregamento de drogas, apurada pela Polícia Civil,  por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE),  levou a apreensão, nesta quinta-feira (19.09), de uma grande quantidade de defensivos agrícolas, contrabandeados do Paraguai. Os produtos estavam distriruídos entre sacos e galões. 

Dois homens um de 41 anos e outro de 26 anos foram presos em flagrante pelos crimes de sonegação fiscal, crime ambiental e pelo transporte ou comércio de produtos agrotóxicos em descumprimento da legislação.

Equipes da Delegacia passaram a fazer diligências na região do Distrito Industrial, e encontraram a carreta estacionada no pátio de um posto de combustível. Durante buscas, ao invés de entorpecentes foram encontrados defensivos contrabandeados do Paraguai.

“Estavam transportando esse defensivo para distribuir possivelmente para interior do Estado. Vamos autuar pelo crime ambiental, crime de sonegação fiscal, contrabando e artigo 15 da Lei de Agrotóxico”, disse o delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira.

Os dois foram encaminhados a audiência de custódia. O procedimento, por envolver delito de contrabando vindo de outro País, será encaminhado a Polícia Federal. A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) também foi informada sobre a ocorrência.

Leia mais:  Polícia Civil deflagra operação e prende suspeitos de matar empresário na Capital

O caminhão semireboque, a carga de defensivos e mais de R$ 10 mil foram apreendidos. Os produtos serão contabilizados por uma empresa com equipamentos de segurança para sua contagem, em razão de tratar-se de mercadoria nociva à saúde.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana