conecte-se conosco


Polícia

PRF e Ibama fiscalizam transporte de produtos perigosos e emissão de poluentes na BR-163

Publicado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em ação conjunta com Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), realizou, de 14 a 16 de maio, um comando de fiscalização com foco no transporte rodoviário de produtos perigosos e emissões veiculares.

Os trabalhos se concentraram na BR-163, nos municípios de Sorriso e Nova Santa Helena. Nos três dias de fiscalizações, os agentes inspecionaram mais de 30 veículos de carga e flagraram diversas infrações no transporte de produtos perigosos e também relativas à Lei dos Crimes Ambientais.

Veículos foram flagrados utilizando como combustível o Diesel S500, quando a previsão legal para os veículos pesados fabricados a partir de 2012 prevê que somente devem utilizar o Diesel S10, com 50 vezes menos teor de Enxofre, logo menos poluente.

Outros motoristas foram autuados por fraude no sistema anti-poluição (SCR – Sistema de Redução Catalítica Seletiva), que elimina a emissão de Óxidos de Nitrogênio na atmosfera.

Os veículos que apresentaram fraude no SCR foram removidos e foram confeccionados Termos Circunstanciados de Ocorrência, encaminhados ao Poder Judiciário Estadual, bem como ao Ministério Público para apuração de Crime Ambiental.

Fonte: PRF MT
Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil cumpre mandados de busca e apreensão e prende suspeito de homicídio em Cáceres
publicidade

Polícia

Polícia Civil prende estelionatária e criminoso com várias passagens em Rondonópolis

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Uma mulher acusada de estelionato e um homem foragido da Justiça foram presos pela Polícia Judiciária Civil, durante duas ações distintas, deflagradas pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao Sul).

A primeira prisão ocorreu na terça-feira (17.09), ocasião que J.S.A. de 33 anos, foi autuada em flagrante pelo crime de estelionato. A ação policial impediu que o valor de R$ 24 mil, proveniente do golpe, fosse sacado, consumando o prejuízo financeiro para a vítima, que é do Estado de São Paulo.

Conforme apurado, o morador da cidade de Osasco (SP), se interessou por um veículo anunciado para venda através de um site da Internet, e fez uma transferência bancária no valor de R$ 24 mil, para a conta de J.S.A., residente em Rondonópolis.

Logo após o depósito, a vítima desconfiou da negociação e descobriu que havia caído em um golpe. Assim que a agência bancária do município de Rondonópolis foi comunicada sobre os fatos, acionou os policiais civis da Derf que imediatamento iniciaram as diligências.

Leia mais:  Mato Grosso reduz índices de homicídio em 7%, 13% de roubo e 9% dos furtos em 2018

Durante monitoramento, os investigadores da Derf Rondonópolis flagraram a suspeita que foi abordada já dentro da agência da Caixa Econômica Federal. Em seguida, J.S.A. foi encaminhada para prestar esclarecimentos.

Interrogada, ela assumiu as acusações, alegando ter cometido o crime junto com um comparsa. Diante dos fatos, a conduzida foi presa em flagrante por estelionato. As investigações continuam com objetivo de identificar outros envolvidos no crime.

Cumprimento de mandado

Um criminoso com diversas passagens, condenação e ainda com um mandado de prisão em aberto, foi preso pelos policiais da Derf Rondonópolis, em ação realizada na quarta-feira (18.09).

Gabriel Vieira da Costa, 22, estava com a ordem judicial de prisão preventiva expedida pela Comarca local, pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de arma de fogo.

Durante diligências, os policiais civis descobriram que o jovem estava escondido em um endereço, no bairro Vila Clarion. De posse das informações, foi realizado monitoramento nas proximidades, e na manhã de quarta-feira (18), Gabriel foi abordado, sendo dado efetivo cumprimento ao mandado judicial.

Leia mais:  Ação de fiscalização apura exercício ilegal da profissão de odontologia

Segundo levantamentos, além do mandado de prisão em aberto, o jovem possui condenação por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, e é investigado pela Derf Rondonópolis em inquérito que apura uma ocorrência de roubo majorado.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana