conecte-se conosco


Polícia

PRF apreende carga de carvão, com reaproveitamento de Guia Florestal e Nota Fiscal, em Sorriso/MT

Publicado

Na madrugada de quarta-feira (21), por volta das 00 hora e 27 minutos, a equipe PRF realizava fiscalização do transporte rodoviário de cargas no km 733.0 da br 163, no município de sorriso, quando abordou o veículo M.BENZ/l 1620, cor azul, que transportava carvão vegetal com nota fiscal e guia florestal GF3/MT declarando 50,0m³ de carvão, com origem em Cláudia/MT com destino a Várzea Grande/MT, ambas emitidas em 15/10/2020, com vencimento em 21/10/2020.

Pela pequena distância entre o município de origem e o destinatário, houve a suspeita de reaproveitamento da Guia Florestal (e concomitantemente da NFe), uma vez que a carga era transportada no último dia de validade em transporte, o que permite mais de uma viagem com a carga.

A equipe questionou o condutor, de 33 anos, acerca da quantidade de viagens executadas, nisso o condutor afirmou que era a terceira viagem com essa documentação.

Consultado o Sisflora/MT, verificou-se que a guia encontra-se com status de “Ativa”, o que mostra que a empresa destinatária, que recebeu a 1ª e 2ª viagens da carga e deveria ter efetuado o recebimento no sistema, conforme normatizado, não o fez, dessa forma concorrendo para que houvesse o “reaproveitamento”, contrariando o disposto no § 2º do Art. 35 da IN 21/2014 Ibama, incorrendo no crime previsto no Art. 46 da Lei 9605/98, Lei dos Crimes Ambientais.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre prisão de dupla envolvida em roubos na região metropolitana

Qualifica-se ainda o emitente da carga pelo cometimento, em tese, do mesmo crime.

 

Ao condutor foi dada ciência da confecção do Termo Circunstanciado, não se opondo à assinatura no Termo de Compromisso de Comparecimento.

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Polícia deflagra operação e cumpre 35 mandados contra o Comando Vermelho

Publicado

Polícia Civil de Água Boa (730 km ao Leste de Cuiabá) deflagrou na manhã desta quinta-feira (3), a Operação Constantine, com objetivo de reprimir os crimes pelo Comando Vermelho, que atua no tráfico, associação criminosa, tortura e homicídio na região. Estão sendo cumpridas 35 ordens judiciais.

 

De acordo com as informações da assessoria de imprensa, a ação é fruto de uma investigação do Núcleo de Inteligência da Regional de Água Boa. Os trabalhos visam ainda coletar provas para enriquecer os inquéritos já instaurados.

Ao todo, são 21 ordens de prisões preventivas e 14 de busca e apreensão nos endereços dos investigados, todos autorizados pela 7º Vara Criminal de Combate ao Crime Organizado de Cuiabá. Além disso, foi determinado o bloqueio de contas bancárias utilizadas pelos investigados, pela suspeita de lavagem de dinheiro.

 

Crimes ordenados da prisão

A facção começou a ser investigada em 2019, após a polícia descobrir que detentos de várias penitenciárias de Mato Grosso, entre elas, a Major Zuzi, em Água boa, estavam comandando o tráfico de drogas na região. Em seguida, foram identificadas pessoas que estão em liberdade e que se aproveitavam do ‘poder’ e ‘influência’ da facção para cometer os crimes.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre prisão de dupla envolvida em roubos na região metropolitana

 

Como toda organização criminosa, a que está sendo investigada também é composta por cargos e divisões de tarefas. Líderes já foram identificados, bem como os gerentes e os disciplinas – responsáveis pelos salves aplicados em integrantes que desrespeitam as regras do Comando.

 

Sabe-se que o grupo controlava o tráfico de drogas em Água Boa, realizando tabelamento de preços de maconha e cocaína, por exemplo. Além disso, tinham o controle de boa parte das ‘bocas de fumo’ da cidade.

 

Para o delegado Valmon Pereira da Silva, a operação é importante para inibir a expansão dos crimes nas cidades da região. “Em três meses, a Polícia Civil de Água Boa, contando com a Operação Vespeiro, já identificou e prendeu aproximadamente 40 integrantes de organização criminosa que atuava na região”, destacou o delegado Gutemberg de Lucena.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana