conecte-se conosco


Polícia

PRF apreende 20kg de pasta base e prende 3 pessoas

Publicado

Integração entre os órgãos de segurança pública proporcionou a apreensão do entorpecente e mais prejuízo ao narcotráfico

Às 22:30 de 13/08/2020, quando uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) retornava do atendimento de um acidente nas proximidades de Alto Garças, BR-364, percebeu a manobra abrupta de uma caminhonete S-10 cinza, que seguia sentido Alto Araguaia/MT, e que realizou manobra de retorno no sentido contrário, para Alto Garças.

De pronto a equipe PRF, estranhando a atitude do condutor da S-10, retornou na procura do veículo, não o encontrando na rodovia. Em ato contínuo, a Polícia Militar foi comunicada, encontrando o veículo no perímetro urbano e solicitando ao condutor o acompanhamento à unidade operacional (UOP) da PRF.

Ao chegar na UOP, o condutor de 29 anos, apresentou bastante nervosismo e informações desconexas. Em busca minuciosa, no interior do veículo, foram encontrados 19 tabletes de substância análoga a pasta base de cocaína, pesando aproximadamente 20,41 kg. A droga estava escondida sob o banco de passageiros, em compartimento adaptado e foi carregada na região de Mirassol do Oeste, tendo como destino a cidade de São Paulo/SP.

Leia mais:  Autor de homicídio em Ipiranga do Norte é preso no Maranhão

Após a droga ser encontrada, o envolvido comunicou à equipe que viajava acompanhado de um outro veículo (Nissan/Frontier), ocupada por sua irmã, de 25 anos e pelo cunhado, de 31, que conduzia o veículo.

O casal também ficou bastante nervoso com a abordagem, dizendo que viajam sem um destino programado. Questionados sobre o envolvimento do casal, na mesma cidade do ocorrido fato de tráfico de drogas, responderam ser mera coincidência.

Diante dos fatos a PRF conduziu veículos, drogas e pessoas à Polícia Civil Judiciária em Alto Garças/MT para as providências cabíveis.

Em menos de uma semana, essa foi a quarta apreensão de cocaína e derivados realizada pela PRF. O prejuízo dessa apreensão fica na casa dos 2 milhões de reais.

SECOM PRF MT

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Delegados de Mato Grosso ganham o maior salário do Brasil

Publicado

Um levantamento realizado pelo Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp) mostrou que os delegados de Mato Grosso são os que ganham o maior salário da categoria no país. O salário mensal de um delegado da Polícia Civil no estado é de R$ 24,5 mil.

Enquanto o salário dos delegados de Mato Grosso é o maior do país, o vencimento de escrivães e investigadores – as outras carreiras da Polícia Civil-, está bem longe do primeiro lugar.

Para os escrivães, profissionais responsáveis pelo registro de ocorrências e pela documentação das investigações, o salário é de R$ 5,5 mil, o 11º no ranking brasileiro.

Já para os investigadores, policiais que coletam provas sobre os crimes, localizam e interrogam suspeitos e mantém a segurança dos locais de investigação, o vencimento inicial é de R$ 5,5 mil, o 9º maior na comparação com o mesmo cargo em outros estados.

Dados da Polícia Civil mostram que no quarto trimestre de 2020 havia 400 cargos para delegados, porém, 158 estavam vagos. Já para escrivão de polícia, são 1,2 mil vagas, mas só 2.056 ocupados. E para investigador são 4 mil vagas, com 1.944 cargos vagos.

Leia mais:  Associação de policiais civis de Confresa é inaugurada

Por ser uma carreira típica de Estado, ou seja, que não podem ser substituída por profissional contratado, os cargos da Polícia Civil só podem ser ocupados através de concurso público. No entanto, para conseguir benefícios com o governo federal durante a crise, o Estado se comprometeu a não criar novos gastos até 2022, o que incluem os concursos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana