conecte-se conosco


Política

Presidente Janaina Riva percorre municípios da região Noroeste para discutir melhorias

Publicado

Presidente da ALMT, Janaina Riva, em audiência pública com moradores da região Noroeste

Foto: Marcos Lopes

A presidente da Assembleia Legislativa, deputada Janaina Riva (MDB), cumpre agenda na região Noroeste de Mato Grosso. Objetivo é debater com as lideranças locais as prioridades para o desenvolvimento da região. Na quinta-feira (9), em Juara, a parlamentar reuniu centenas de moradores para discutir alternativas que promovam a regularização fundiária.

Já nesta sexta-feira (10), visitou a população de Castanheira e seguiu para Juína, onde falou com a imprensa local sobre a importância da aproximação da ALMT com os municípios. Janaina defende que a discussão de pautas que promovam o desenvolvimento é fundamental à consolidação das ações. Também ressalta a necessidade de o estado deixar de ser burocrático, atuando de forma orientativa às questões que melhorem a vida dos cidadãos.

“Aproveitamos para discutir as pautas macro da região. Temos objetivo de fazermos um estado orientativo, com muito respeito à população. Eu não poderia deixar de passar aqui em Juina, ouvir também o setor madeireiro, que tem um dos sindicatos mais organizado de Mato Grosso. E, nesse momento, é muito importante porque várias pautas estão na Assembleia Legislativa, e o setor tem certa urgência. Agora na presidência quero, junto com meu colega Dilmar [Dal Bosco], dar celeridade a isso”, afirmou.

Leia mais:  Juiz da Comarca de Nobres contrata assessores de gabinete

Ela garante que as etapas devem ser cumpridas passo a passo, mas sempre com o foco de melhorar a qualidade de vida da população.

“O governador tem hábito de dizer que o estado tem que deixar de atrapalhar. E, eu concordo porque são muitos impostos, muitas taxas, ou seja, muita cobrança do povo e pouco retorno. O objetivo é retornar mais e cobrar menos”, disse, ao destacar a programação alusiva ao aniversário de Juína que fomenta a economia local.

Comentários Facebook
publicidade

Política

TSE lança tira-dúvidas no WhatsApp

Publicado

Para ajudar a tirar dúvidas dos eleitores, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou um assistente virtual que funciona pelo aplicativo do WhatsApp. Chamado de “Tira-Dúvidas Eleitoral no WhatsApp”, o recurso foi lançado com o objetivo de facilitar o acesso do eleitor a informações relevantes sobre as eleições municipais de 2020 e reforçar o combate à desinformação durante o período eleitoral.

O tira-dúvidas funciona por meio de um chatbot ou bot (assistente virtual), como também é chamado, que traz informações sobre diferentes temas de interesse do eleitor, desde cuidados com a saúde para votar, informações sobre dia, horário e local de votação até dicas para mesários e informações sobre candidatura, entre outros temas.

Para interagir com o assistente virtual, basta acessar a câmera do seu celular e apontá-la para o QR Code, ou adicionar o telefone +55 61 9637-1078 à sua lista de contatos, ou por meio do link wa.me/556196371078.

A cada tema apresentado, o chatbot  oferece uma série de tópicos para o eleitor escolher. Após digitar o número do tópico escolhido, o assistente virtual apresenta as informações solicitadas.

Leia mais:  Dr. Xavier: “Fechamos o ano ainda sem poder dizer que a Saúde de Cuiabá (SUS) vai bem”

Segundo o TSE, o assistente virtual oferece ainda um serviço voltado exclusivamente ao esclarecimento de notícias falsas, as chamadas fake news, envolvendo o processo eleitoral brasileiro. O tópico, chamado de “Fato ou Boato?” disponibiliza ao usuário alguns conteúdos desmentidos por agências de checagem de fatos.

Por meio dele é possível desmistificar “os principais boatos sobre a urna eletrônica ou assistir a vídeos do biólogo e divulgador científico Átila Iamarino, com dicas de como identificar conteúdos enganosos disseminados por meio da internet durante a pandemia de covid-19, informou o TSE.

Além disso, o TSE firmou acordo com representante do setor de telecomunicações no Brasil, para garantir que usuários possam acessar conteúdos do site da Justiça Eleitoral sem gastar seu pacote de dados entre setembro e novembro, no período que vai desde a campanha eleitoral até o fim do segundo turno.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana