conecte-se conosco


Cidades

Prefeitura publica aviso de abertura de licitação para construção de viadutos

Publicado

 

 

 

A Prefeitura de Cuiabá publicou no Diário Oficial de Contas desta sexta-feira (30) o aviso de abertura de licitação para a construção de dois viadutos na Capital. As estruturas serão levantadas nas avenidas Manoel José de Arruda, conhecida como Avenida Beira Rio, e Edna Maria Abuquerque Affi, a popular Avenida das Torres.

A concorrência pública, do tipo menor preço, estabelece um valor estimado a ser investido de R$ 34.859.540,49. Desses, R$ 16.424.453,98 serão destinados para o Lote 1 e R$ 18.435.086,51 para o Lote 2. A sessão pública de abertura está marcada para o próximo dia 27 de dezembro.

A empresa vencedora do certame terá o prazo de 360 dias para o levantamento de cada um dos empreendimentos, contados a partir da emissão da ordem de serviço, que deve ser efetuada em cinco dias úteis, após a publicação do resultado final. A execução dos trabalhos deve estar de acordo com as especificações da Prefeitura e das normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Os critérios do Executivo determinam que ambos os viadutos tenham 200 metros de trecho em concreto, largura de 18 metros quadrados, 150 metros de muro em escama de concreto, totalizando uma área de 7.200 metros quadrados.

Leia mais:  Shopping Popular traz espetáculo de histórias de terror e arte do teatro animado

O aumento de habitantes, aliado ao crescimento estrutural desordenado nas últimas décadas, tem feito a Prefeitura de Cuiabá trabalhar em alternativas que ajudem a melhorar a mobilidade urbana da cidade. De acordo com o levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado neste ano, Cuiabá possui, atualmente, uma população estimada de 607.153 pessoas. Diante dos fatores, o Município se empenha para garantir a criação de um modelo viário mais seguro e inclusivo.

“São duas grandes obras que vão causar impactos extremamente positivos na mobilidade da nossa cidade. Os viadutos vão garantir o avanço na circulação viária nas duas regiões definidas e melhorar a qualidade de vida do cidadão. Firmei o compromisso com a população de fazer com que a gestão dos 300 anos promova o desenvolvimento de Cuiabá e essa publicação demonstra o empenho que estamos tendo para fazer isso se tornar realidade”, destaca o prefeito Emanuel Pinheiro.

Estudos

Os estudos de viabilidade realizados para a implantação dos viadutos apontam que em ambas as localidades, o fluxo de veículos tem sido cada vez mais crescente, o que resulta em quilômetros de congestionamentos com a espera de mais de 30 minutos, durante o horário de pico. De acordo com a sondagem, a execução da intervenção pontual na Beira Rio deve duplicar a capacidade do cruzamento, atendendo de forma direta 9 mil pessoas por hora/pico e, indiretamente, 145 mil habitantes do entorno. Na Avenida das Torres o número chega a 10 mil de forma direta e 90 mil pessoas indiretamente.

Leia mais:  Secretaria de Obras inicia processo de implantação da A3P

Com as edificações, a Prefeitura pretende alcançar resultados como a redução do tempo de locomoção e aumento das condições de segurança de usuários das vias; melhoria de acesso aos serviços sociais, instalados em polos centrais e bairros mais distantes; melhoria das condições de escoamento dos produtos locais e impactos positivos no incremento da competitividade regional; crescimento das atividades econômicas nos bairros da área de influência do empreendimento; o meio socioeconômico da área de influência da obra será alterado, tendo reflexos diretos na economia regional e na qualidade de vida da população.

 

 

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Mato Grosso registra 43 mortes em 24h; UTIs continuam lotadas

Publicado

Taxa de ocupação está em 97% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (10.04), 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 8.530 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Foram 43 mortes apenas nas últimas 24 horas.

Foram notificadas 1.356 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 328.805 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.804 estão em isolamento domiciliar e 305.369 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 518 internações em UTIs públicas e 513 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 97,92% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (70.086), Rondonópolis (24.674), Várzea Grande (21.290), Sinop (16.565), Sorriso (12.044), Tangará da Serra (11.179), Lucas do Rio Verde (10.796), Primavera do Leste (9.553), Cáceres (7.114) e Alta Floresta (6.392).

Leia mais:  Prefeito determina que secretário faça devolução de pagamento

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 293.671 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.515 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (09), o Governo Federal confirmou o total de 13.373.174 casos da Covid-19 no Brasil e 348.718 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 13.279.857 casos da Covid-19 no Brasil e 345.025 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (10).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia mais:  Confira as principais atrações e eventos para o final de semana na Capital

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana