conecte-se conosco


Cidades

Prefeitura promove reformas, adequações de acessibilidade e implantação de bibliotecas em unidades educacionais

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Educação, e a Promotoria de Justiça assinaram esta semana na 1ª Vara Especializada da Infância e da Juventude, dois Termos de Transação visando a reforma, adequação de acessibilidade e implantação de bibliotecas em unidades educacionais da rede municipal de Ensino.

As ações serão realizadas em etapas, até 2021. A medida, que já vem sendo cumprida pela Prefeitura de Cuiabá, se refere a ações propostas a partir de 2010.

As obras estão sendo realizadas em 62 unidades de Ensino da rede municipal de Cuiabá e compreendem reparos nos telhados, forro e parte elétrica, e execução de projetos de acessibilidade e de combate a incêndios. Os Projetos Contra Incêndio e Pânico serão certificados pelo Corpo de Bombeiros Militar.

Em relação a implantação das bibliotecas, o acordo prevê adequações físicas que também já estão sendo feitas, além de móveis e acessibilidade à faixa etária e às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. No acordo está previsto ainda a realização de Concurso Público para o cargo de Biblioteconomista.

Leia mais:  Um novo tempo para a saúde dos cuiabanos

Do total de 164 unidades, 68, entre Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e Escolas Municipais de Educação Básica (EMEBs) já possuem bibliotecas implantadas e implementadas. A meta é até 2020 implantar mais 30 bibliotecas em escolas municipais urbanas e do campo e até 2021 construir mais cinco.  

O secretário de Educação do Município, Alex Vieira Passos disse a gestão Emanuel Pinheiro já está cumprindo o acordo e fará a previsão orçamentária suficiente para o seu cumprimento ao longo do exercício financeiro de 2020. “Para atender ao acordo a gestão Emanuel Pinheiro criou programas como o Climatizar é Humanizar e o kit telhado, em fase de licitação, e vem realizando manutenções, reformas e reconstruindo unidades educacionais e bibliotecas. Algumas das escolas já possuem projetos de acessibilidade prontos. É uma meta ousada, mas a gestão Emanuel Pinheiro está focada em transformar a Educação no município, melhorando a infraestrutura da rede, para atender a população, com qualidade”, disse Alex Vieira Passos. Os termos dos acordos atendem a ações civis públicas propostas perante o Juízo da 1ª Vara Especializada da Infância e Juventude, pelo promotor de Justiça Miguel Slhessarenko, a partir de 2010.

Leia mais:  Calçada danificada no Centro Político Administrativo é reconstruída

A juíza de direito Gleide Bispo dos Santos, titular da 1ª Vara Especializada da Infância e Juventude disse que todos, Ministério Público, Justiça e o executivo municipal, estão comprometidos em atender a demanda da coletividade, em especial das crianças e jovens, e que irá monitorar a execução dos termos de transação. “Negociações e acordos como estes trazem outro momento, outro olhar para a Educação em Cuiabá, que vem fazendo um trabalho correto. É importante porque estamos usando a expertise de todos os atores envolvidos. Todos fazemos parte de um grupo que tem os mesmos interesses, melhorando a prestação e qualidade dos serviços para a população, trazendo uma maior efetividade ao processo, dentro da capacidade de execução do Município”, salientou Gleide Bispo dos Santos.

 

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

UFMT aponta bairros que apresentam casos de Covid-19 em Cuiabá

Publicado

por

O levantamento mostra que a região do Condomínio Florais é que apresenta maior incidência, com três casos, seguido pelos bairros Jardim Vitória e Jardim Itália, com dois casos cada um.

Um estudo realizado pelo departamento de geografia da Universidade Federal de Mato Grosso traz o levantamento dos casos confirmados de coronavírus na capital e aponta os bairros de incidência. O levantamento mostra que a região do Condomínio Florais é que apresenta maior incidência, com três casos, seguido pelos bairros Jardim Vitória e Jardim Itália, com dois casos cada um.

Os outros bairros que estão no mapa e apresentam casos são: Paiaguás, Morada da Serra, Morada do Ouro, Bela Vista, Santa Cruz, Jardim Imperial, Boa Esperança, Santa Cruz, Jardim Leblon, Bandeirantes, Quilombo, Duque de Caxias, Santa Rosa e Centro-sul.

De acordo com o levantamento, a distribuição espacial da Covid-19 em Cuiabá repete o padrão de difusão vistos em outras grandes cidades do país: o vírus chega pelas pessoas que estiveram em viagem a outros países ou a outros estados brasileiros, e é transmitido aos familiares e amigos que convivem com os infectados.

Leia mais:  Calçada danificada no Centro Político Administrativo é reconstruída

Segundo o estudo, que é em parceria com Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá, no município, como em outras localidades, a doença ainda tem atingido populações de áreas com renda média ou alta.

Há a preocupação de que o vírus passe a circular entre as pessoas de áreas socialmente desfavorecidas, onde muitas vezes o convívio, mesmo em período de isolamento social, é muito mais próximo devido a alta densidade demográfica destas localidades.

Segundo o estudo, em bairros de classe média, normalmente as casas são mais afastadas, com cômodos que permitem o isolamento da pessoa doente. Em muitas residências de áreas pobres não há cômodos que permitam o isolamento completo, o que facilita o contágio por parte daquelas pessoas residentes no mesmo local.

O levantamento mostra que na capital do estado há um crescimento médio diário de 25% do número de casos. O número passou de 5 para 25 casos em apenas 10 dias.No dia 31 de março eram 16 bairros com casos na cidade, e a maior parte das pessoas doentes não sabiam informar o contato de origem, ou seja, onde foi infectado. Esses casos são caracterizados como transmissão comunitária.

Leia mais:  Criança é internada na UTI após médico dizer que falta de ar e tosse era virose

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana