conecte-se conosco


Cidades

Prefeitura já atendeu mais de 6 mil alunos no programa que busca qualidade de vida

Publicado

Alunos da creche Maria de Figueiredo Nunes, no bairro Novo Colorado recebem mais uma etapa do Programa Saúde na Escola nesta terça-feira (23). O projeto é uma iniciativa conjunta das Secretarias de Educação e de Saúde de Cuiabá e já atendeu 6.674 alunos este ano. No total, 14 unidades educacionais, entre creches, escolas e Centros Municipais de Educação Infantil da rede pública de ensino da capital foram alcançados.

A previsão da Secretaria de Educação é de que ainda neste semestre a ação se estenda aos alunos das EMEB’s Aristotelino Alves Praeiro, Dejani Ribeiro Campos e Deputado Ulisses Silveira Guimarães além do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Névio Lotufo. Nesta terça-feira, o atendimento aos 77 matriculados na instituição terá inicio às 08 horas.

Lá os profissionais da saúde darão orientações em relação à saúde e nutrição e irão verificar a situação vacinal das crianças. Também serão realizadas palestras de orientação em relação à prevenção da dengue. A ação na unidade terá o apoio do PSF Novo Colorado I.

Leia mais:  Vagas para PCD, benefícios e comissões: veja oportunidades de emprego oferecidas pelo Sine

O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos, explicou que o programa é mais uma iniciativa da gestão Emanuel Pinheiro, visando atender à parcela da população cuiabana que mais necessita do serviço público, com qualidade e de forma cada vez mais humanizada.

“Com esse programa buscamos promover o bem-estar dos alunos levando orientações e atendimento na área da Saúde. As unidades escolares atendidas até o momento são aquelas consideradas prioritárias, por estarem localizadas em bairros com grande número de famílias atendidas por programas sociais. Com o apoio das equipes do Programa Saúde da Família estamos promovendo a prevenção e levando informações importantes sobre saúde e qualidade de vida”, destacou Passos.

SERVIÇO

O que: Programa Saúde na Escola

Quando: terça-feira (23), a partir das 08 horas

Onde: Unidade de creche municipal Profª. Maria Figueiredo Nunes, na Rua  Frei Quirino, 225, bairro Novo Colorado

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Lotação das UTIs de hospitais particulares chega a 86% em MT

Publicado

Os hospitais particulares de Mato Grosso também estão próximos de não terem mais vagas de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para os pacientes com covid-19. A taxa de ocupação chegou a 86,5%, bem maior dos que os 70% de ocupação das UTIs públicas.

 

Em nota, o Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso (Sindessmat) afirmou que o número de pacientes internados em hospitais particulares por causa do novo coronavírus tem aumentado.

Em 8 de janeiro 80% dos leitos de UTI exclusivos para covid-19 estavam ocupados. Uma semana depois, em 15 de janeiro, essa taxa já era e 86,5%. Já a ocupação geral de leitos para covid-19 (enfermaria e UTI) está em 73%.

 

A situação é de alerta no estado, não só nos hospitais particulares como no Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, apesar das UTIs públicas estarem com 70% de ocupação, o momento é de preocupação, pois na primeira onda da pandemia em 15 dias a taxa de ocupação saiu de 70% para 100%.

Leia mais:  Servidores da Saúde são capacitados para ampliar os conhecimentos em intercorrências cardiológicas

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana