conecte-se conosco


Educação

Prefeitura de Cuiabá oferece 2.254 vagas com salários de até R$ 3,3 mil

Publicado

As vagas são para cargos de níveis médio e superior, para o ano de 2019.

A Prefeitura de Cuiabá divulgou, nesta terça-feira (30), o edital do novo processo seletivo para contratação temporária da Secretaria Municipal de Educação (SME) – Edital 006/2018.

São 2.254 vagas para contratação imediata e formação de cadastro reserva, em cargos de níveis médio e superior, para o ano letivo de 2019. Os salários variam de R$ 1.115,48 a R$ 3.319,20. A novidade deste certame será as provas.

O último processo seletivo simplificado da SME (Edital 03/2018), suspenso pelo Tribunal de Contas do Estado, foi revogado pela Prefeitura de Cuiabá. A revogação foi publicada no Diário Oficial nº 1466, página 34, do dia 22/10.

O novo processo seletivo traz vagas para Cuidador de Aluno com Deficiência (CAD), Intérprete ou Instrutor de Libras, Técnico em Desenvolvimento Infantil (TDI), Técnico em Manutenção e Infraestrutura (TMIE), nas funções de Auxiliar de Serviços Gerais e Condutor de Veículos, Técnico em Nutrição Escolar (TNE); Professor (Ciências, Educação Artística, Educação Física, Geografia, História, Espanhol, Inglês, Português, Pedagogo e Matemática), Professor com Especialização em Atendimento Educacional Especializado e/ou Educação Especial, Professor Licenciado na ocupação de Instrutor ou Intérprete de Libras e Técnico de Nível Superior (Administrador, Arquiteto, Bacharel em Direito, Contador, Engenheiro Ambiental e Sanitarista, Engenheiro Civil, Engenheiro Eletricista, Estatístico, Fonoaudiólogo, Nutricionista e Psicólogo).

As funções disponibilizadas e nível de ensino exigido para seus exercícios além do calendário completo do certame e demais informações estão relacionados no edital 006/2018, publicado no Diário Oficial do Tribunal de Contas do Estado, nº 1471, de terça-feira, nas páginas 173 a 185.

Leia mais:  Dois milhões de candidatos do Enem 2018 já acessaram local de provas no cartão de confirmação

As inscrições poderão ser feitas a partir do dia 1º até 29 de novembro, no site do Instituto Selecon.

A taxa de inscrição é de R$ 60 para as funções de nível médio e R$ 70 para as de nível superior. Aqueles que estiverem desempregados e tiverem renda de até um salário mínimo ou forem doadores de sangue ou de medula óssea, poderão pedir isenção da taxa de inscrição.

As solicitações nesse sentido deverão ser feitas nos dias 30 e 31 de outubro, até às 16 horas, no site selecon.org.br.

O diretor de Recursos Humanos da Secretaria de Educação de Cuiabá, Marcos Vinicius dos Santos, alerta os candidatos em relação ao calendário do processo seletivo e também para a documentação exigida.

“É importante que os candidatos leiam o edital e confiram toda a documentação exigida inclusive para a solicitação de isenção, e que deverá ser entregue no posto de atendimento montado nas Faculdades Evangélicas Cantares de Salomão”, explicou o diretor.

O posto de atendimento para receber a documentação do pedido de isenção funciona desta terça-feira (30), até amanhã (31), das 9h às 17h30. A Faculdades Evangélicas Integradas Cantares de Salomão (FEICS) está localizada na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 3500, bairro Bosque da Saúde.

Provas

A seleção do processo seletivo simplificado será realizada mediante prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos prevista para o dia 16 de dezembro.

Leia mais:  Carlos Alberto Decotelli pede demissão a Bolsonaro

Os candidatos não eliminados na prova objetiva passarão por análise de títulos e experiência. O resultado preliminar da prova objetiva está previsto para o dia 20 de dezembro.

Importante

Os candidatos que se inscreveram no último processo seletivo simplificado da SME revogado pela Prefeitura de Cuiabá, tem a opção de transferência da taxa paga para inscrição no novo processo seletivo.

“Os inscritos no processo seletivo da Secretaria (Edital 03/2018) podem escolher se desejam participar desta nova seleção fazendo uma nova inscrição ou se querem solicitar a devolução da taxa. A escolha deve ser feita no site do Instituto Selecon, na página do novo processo seletivo, Edital 006/2018, onde os inscritos poderão optar por transferir o crédito da inscrição antiga para efetivar inscrição no novo processo seletivo ou solicitar a devolução”, explicou Marcos Vinicius.

Todas as informações sobre o Processo Seletivo Simplificado, Edital 006/2018 podem ser conferidas no site do Instituto Selecon.

Serviço

Processo Seletivo Simplificado para Contratação Temporária e Cadastro Reserva da Secretaria Municipal de Educação de Cuiabá.

Vagas: 2.254

Escolaridade: Médio e Superior

Inscrições: 1º a 29 de novembro de 2018

Taxa: R$ 60 (Médio) e R$ 70 (Superior)

Isenção: 30 e 31 de outubro de 2018, no site da selecon.org.br e entrega de documentação no posto de atendimento na FEICS

Inscrição: www.selecon.org.br

Comentários Facebook
publicidade

Educação

Mauro diz que Estado vai comprar computadores e pagar internet para 15,8 mil professores

Publicado

Planos de internet, no valor de R$ 70, poderão ser custeados por até 36 meses e a aquisição de computador novo será creditada em parcela única na conta do beneficiário.

O Governo de Mato Grosso vai custear a compra de computadores novos e planos de internet para 15.890 professores da rede de ensino estadual, em exercício da função. As ajudas de custo serão de até R$ 6.020 por servidor.

O projeto de lei que autoriza a criação de ajuda de custo foi encaminhado para votação da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (22.03), após ser apresentado aos deputados estaduais pelo governador Mauro Mendes.

“O projeto vai permitir que o Governo deposite um recurso na conta dos professores, para a compra de um notebook de última geração. Além do notebook, vamos custear, durante três anos internet, para que todos os nossos professores dentro da sala de aula possam ter esse equipamento como ferramenta de trabalho para aprimorar a educação de nossos alunos. É mais um investimento que o Governo está fazendo, entre tantos outros, cujo objetivo é melhorar a qualidade do ensino, valorizando os nossos professores”, destacou o governador.

Leia mais:  Cerca de 96 mil inscritos devem fazer a prova do Enem em MT

Conforme a proposta, os planos de internet, no valor de R$ 70, poderão ser custeados por até 36 meses e a aquisição de computador novo será creditada em parcela única na conta do beneficiário.

Após ser aprovado pela Assembleia Legislativa, o projeto será regulamentado por decreto, com prazo de quatro dias para operacionalização dos pagamentos, que conforme previsão, devem ser instituídos até 31 de março.

O projeto de lei tem como objetivo a mitigação dos efeitos da pandemia da Covid-19, uma vez que devido às medidas de biossegurança, as aulas e atividades escolares ocorrem de forma não presencial.

“Essa é uma medida acertada, que irá beneficiar toda uma categoria”, avaliou o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Max Russi, que participou da reunião em que o projeto foi apresentado aos deputados.

Serão beneficiados com a ajuda de custo “professores da educação básica da rede de ensino estadual do quadro efetivo e os sob contrato temporário, em efetiva regência de classe, e ao diretor escolar, coordenador pedagógico, assessor pedagógico, diretor e coordenador regional”.

Leia mais:  Governador manda chamar professores interinos a partir do dia 14

No entanto, os profissionais temporários utilizarão o equipamento em regime de comodato, ou seja, o computador deverá ser restituído com o fim do contrato de trabalho. Ainda de acordo com o projeto, a ajuda de custo tem caráter indenizatório e correrá com orçamento próprio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

“Esse é um grande avanço que estamos realizando com foco na melhoria do ensino aprendizagem. Muitos professores não tinham o equipamento e agora poderão adquirir sem onerar seu custo de vida”, ressaltou o secretário de Educação, Alan Porto.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana