conecte-se conosco


Cidades

Prefeito, servidor e mais 2 são presos em MT com armas e animais abatidos

Publicado

Juvenal Alexandre da Silva, prefeito de Nova Marilândia, é acusado de caça ilegal

Uma equipe do Batalhão Ambiental em Barra do Bugres (a 168 km de Cuiabá) prendeu nesta quinta-feira (06.08) quatro homens por porte ilegal de arma de fogo e por caça predatória de animal silvestre.

A equipe realizava barreira policial na estrada que dá acesso a Comunidade São Mateus, quando deu ordem de parada ao motorista de uma caminhonete Toyota Hillux, com mais três homens dentro.

O prefeito por Nova Marilândia (392 km da Capital), Juvenal Alexandre da Silva (PSDB), 58 anos, estava no veículo e foi detido em flagrante. Com ele, estava o servidor público Genivaldo da Silva Leite, 48 anos, que atua como motorista, além de mais dois homens, identificados como Edilson Rodrigues da Costa, 47, e Valdeir Silva Leite, 41.

Foi iniciado o procedimento de vistoria no veículo quando os militares encontraram a primeira arma de fogo, uma espingarda calibre 20, com dois cartuchos intactos. Depois encontraram um revólver calibre 38, com seis munições intactas, um rifle calibre 22, com carregador municiado, com seis munições intactas e uma espingarda calibre 36 com uma munição intacta.

Leia mais:  Prefeitura promove reformas, adequações de acessibilidade e implantação de bibliotecas em unidades educacionais

Na inspeção na carroceria estavam duas pacas abatidas com arma de fogo dentro de um saco plástico.

O proprietário do revólver alegou ter registro da arma, mas não possuía a documentação. Os policiais foram ainda até uma  balsa, onde encontraram produtos usados na prática de caça de animais silvestres, além de lanternas, redes e facões. Os homens não assumiram serem donos dos animais mortos.

Por: folhamax

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Vereador de VG tem 50% dos pulmões comprometidos

Publicado

Licenciado da Câmara de Várzea Grande desde o dia 30 de março deste ano para atuar na linha de frente contra o coronavírus, o médico Miguel Angel Claros Paz, conhecido como Dr. Miguel, e vereador pelo PSDB, foi infectado pela Covid-19 e está com 50% dos pulmões comprometidos. Aos 58 anos, ele é considerado integrante do grupo de risco que pode ter complicações com a doença por ser obeso e sedentário, mas garante que está bem, na medida do possível e segue em tratamento domiciliar. Também não pretende buscar uma unidade de saúde, apesar da insistência dos familiares.

O médico e vereador explicou que iniciou o tratamento com medicamentos no dia 10 deste mês quando sentiu os primeiros sintomas da Covid-19. Inicialmente, sentiu um cansaço, averiguou que sua saturação do oxigênio estava em 82% e já entrou em repouso.  Ao verificar novamente a saturação percebeu que subiu para 85% e teve a certeza que estava infectado pelo novo coronavírus.

Comentários Facebook
Leia mais:  Barra do Garças já registra quatro mortes pela Covid-19; MT tem 19 óbitos
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana