conecte-se conosco


Cidades

Prefeito lamenta falecimento de agente da Semob

Publicado

O prefeito Emanuel Pinheiro lamenta o falecimento do servidor Eberson Júlio Magalhães de Oliveira, registrado na manhã desta terça-feira (10). De seus 39 anos, sete foram dedicados à Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), onde atuava como agente de Trânsito e Transporte.

“Lamento de todo o coração a partida de um servidor que por tanto tempo se doou à nossa comunidade, esforçando-se e fazendo o melhor em suas atribuições. Meu desejo sincero é de que a família encontre em sua memória forças para superar a dor desta partida prematura”, diz Pinheiro.

Na diretoria de Transporte da Semob, onde prestava serviços, Eberson é lembrado pelos colegas por seu profissionalismo exemplar, responsabilidade e conduta de extremo respeito com a família. No setor, ele trabalhava com a fiscalização de veículos coletivos, táxis e moto táxis.

Eberson lutava há meses contra um tumor e deixa um casal de filhos e esposa. “Reforço minhas condolências à familiares e amigos e reitero nossa gratidão pelos préstimos ao Munícipio, executados, sobretudo, com amor e comprometimento”, finaliza o prefeito.

Leia mais:  Qualifica 300 é destaque em painel da mulher do Encontro Nacional de Prefeitos

O velório acontece às 17h desta terça-feira, na Capela Jardins, em Cuiabá. O cortejo sai às 8h da manhã de quarta-feira (11) de Cuiabá para o sepultamento as 9h30, no município de Poconé. 

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

STF suspende lockdown na 3ª maior cidade de MT; Cuiabá em VG ainda será decidido

Publicado

por

Rondonópolis avisou que venda de bebidas segue proibida na cidade; comércio reabre na segunda

A prefeitura de Rondonópolis, através da Procuradoria Geral do Município, conseguiu nesta sexta-feira (03/07) suspender a decisão do desembargador Mário Kono de Oliveira, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) que determinava lockdown na cidade. A Prefeitura entrou com o recurso e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro José Dias Tóffoli, deferiu o pedido.

Com isso, entre as medidas vigentes estabelecidas nos decretos nº 9570/2020 e nº 9480/2020 estão a proibição de bebidas alcoólicas, bem como a circulação de pessoas a partir das 19h.

No entanto, supermercados e postos de combustíveis funcionarão nos finais de semana e o comércio retorna na segunda-feira (06).

A prefeitura de Cuiabá também ingressou com uma reclamação para anular a decisão do juiz José Luiz Lindotti, da Vara de Fazenda de Pública de Várzea Grande, que determinou o fechamento dos serviços não essenciais na Capital e na Cidade Industrial. O pedido foi distribuído ao ministro Gilmar Mendes, mas deve ser analisado por Tóffoli, já que o STF entrou em recesso.

Leia mais:  Programa “Um Por Todos e Todos Por Um” executado em Cuiabá é referência para outras capitais

Por: folhaMax

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana