conecte-se conosco


Cidades

Prefeito Emanuel em Cuiabá diz que União institucional é necessária para o combate ao Coronavírus

Publicado

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, participou na tarde desta terça-feira (24) de reunião com o governador Mauro Mendes, no Palácio Paiaguás, para discutir as ações  de combate à disseminação ao  novo Coronavírus. A prefeita da segunda maior cidade do Estado, Lucimar Sacre de Campos também apresentou ações e estratégias durante o encontro. Para o chefe do executivo municipal,  o primeiro passo para combater a pandemia é a união de esforços, o que irá refletir no fomento a  rede protetiva da população.

Ninguém imagina que isso fosse acontecer. O mundo não estava preparado para essa pandemia e, independente de questões políticas, partidárias e ideológicas é importante que nós pensemos na população mato-grossense.

Nosso partido é Cuiabá, nosso partido é Mato Grosso.

A melhor forma de avançar é dividir responsabilidades.  É um primeiro passo para que possamos ganhar essa guerra.

Nós temos de ser conduzidos pelo Estado”. Durante o evento, o prefeito  sugeriu a criação de um comitê intermunicipal, com reuniões a cada semana, entre os gestores estaduais e municipais.

Ainda está em tempo de adotarmos medidas”, lembrou Pinheiro, reforçando que o pico de contágio da doença será em abril, segundo as projeções do Ministério da Saúde.

Leia mais:  Rei e Rainha do Carnaval 2019 serão escolhidos nesta quinta-feira (07)

O governador Mauro Mendes reafirmou esforços para o embate à disseminação da doença.

“Dentro de três dias, Cuiabá e Várzea Grande irão  entregar para o Governo do Estado o planejamento de cada município para que nós possamos articular, em conjunto, o atendimento exclusivo ao  coronavírus aqui na Baixada Cuiabana e atendendo também uma boa parte do Estado.

Nós definimos também que o Governo do Estado vai mapear os 54 hospitais estaduais e ver a disponibilidade que cada um deles  tem de leitos que podem ser colocados em exclusividade ao atendimento a pandemia”.

Após esse trabalho, de acordo com o definido na reunião, uma equipe técnica vai escolher as referências estaduais e realizar a regulação.

Após a sugestão do prefeito quanto à criação de um Comitê, definiu-se ainda que todas às terças, a partir das 14 horas os gestores dos dois municípios (Cuiabá e Várzea Grande) irão se reunir com o Executivo para planejamentos e articulações.

“As maiores cidades do Estado estarão se unindo, ordinariamente, para a definição de medidas”, explica Emanuel Pinheiro.

Também participaram da reunião o secretário de Saúde do Estado, Gilberto Figueiredo, assim como os secretários de Saúde de Cuiabá, Luiz Antônio Possas de Carvalho e o de Várzea Grande, Diógenes Marcondes, e o presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga, além dos deputados Carlos Avalone e Paulo Araújo.

Leia mais:  Tapa-buracos é realizado no bairro Primeiro de Março em Cuiabá

Medidas

A Prefeitura de Cuiabá, pautada no cuidado com à população, vem adotando uma série de medidas drásticas para evitar que a propagação da infecção.

Criação de um comitê de enfrentamento ao Covid 19, as  aulas na rede municipal foram suspensas, fechamento do comércio (à exceção de estabelecimentos citados no Decreto 7.851/2020), a proibição do corte de fornecimento de água por 60 dias, suspensão das atividades em grupo nos CRAS e CREAS, limitação do Restaurante Popular a 50 pessoas por vez,

Suspensão do passe livre e da tarifa social de 23/03 a 05/04, suspensão do transporte público, higienização dos ônibus no ponto final de cada linha e disponibilização de álcool em gel nos terminais e estações, fechamento de feiras e ainda a determinação para execução do home office para os servidores públicos, excetuando-se os profissionais da Saúde.

 

 

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Cédulas poderão ser solicitadas de forma eletrônica

Publicado

por

A Associação dos Notários e Registradores do Estado de Mato Grosso (Anoreg-MT) e a Prosix System concluíram uma ferramenta integrada à Central Eletrônica de Integração e Informações (CEI-MT), chamada “Distribuição de Serviços”. Por meio dela, o usuário poderá solicitar cédulas de forma eletrônica a todos os Cartórios de Registro de Imóveis do Estado.

Segundo o presidente da Anoreg-MT, José de Arimatéia Barbosa, cinco cartórios estão servindo como pilotos: 1º Ofícios de Campo Novo do Parecis, Juara, Paranatinga, Poxoréu e Tapurah. “A CEI-MT passou por uma atualização de versão e, agora, está apta a receber e enviar cédulas de forma eletrônica. Agora, os cartórios podem receber os pedidos eletronicamente para registro de cédulas, que é o primeiro serviço a ser padronizado pelas serventias de Mato Grosso. Brevemente, a ferramenta contará com outros tipos de serviços”.

A ferramenta ainda não está liberada para acesso, pois o setor de desenvolvimento ainda está realizando os ajustes necessários.

Segundo o diretor de Registro de Imóveis da Anoreg-MT, Oldemir Schwiderke, “o projeto desenvolvido pela Associação é muito importante, pois, nos tempos modernos, onde as ferramentas tecnológicas estão à disposição, devem ser utilizadas para que possamos prestar um serviço de forma célere. Devido a isso, os serviços registrais não podem ficar à margem deste sistema, mas, sim, deverão fazer sua adequação para que possam prestar o serviço de maneira rápida, mas não menos segura. O trâmite dentro do serviço registral continuará o mesmo, não havendo modificação, pois o que muda é a forma de recebimento e remessa do título para o registro”, destacou.

Leia mais:  José Antônio derrota Curvo e pode ser o novo procurador-geral do MP; Mauro decide

Ele acrescentou que “a qualificação dos títulos apresentados continuará sendo atribuição do oficial, conforme determina a lei, sendo essa de sua inteira responsabilidade. Desta forma os serviços de registros serão prestados de forma rápida, segura, e sem a necessidade de presença física das partes, situação essa que todos almejam, ou seja, um serviço de excelência”.

Segundo Djalma Ribeiro, administrador da empresa Prosix, desenvolvedora da CEI-MT e de sistemas para cartórios de Mato Grosso, “a nova versão 2.0 da CEI-MT vem com grandes avanços tanto para clientes como para as serventias, podendo enviar e receber serviços com processos mais específicos e, desta forma, trazer mais segurança e agilidade no processo de entrega para o cliente final”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana