conecte-se conosco


Cidades

Prefeito e primeira-dama consagram Capital ao Sagrado Coração de Jesus

Publicado

O prefeito Emanuel Pinheiro e a primeira-dama, Márcia Pinheiro, participaram da Consagração Cívica e Religiosa do Estado de Mato Grosso e da cidade de Cuiabá ao Sagrado Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria. A cerimônia aconteceu na Catedral Basílica do Senhor Bom Jesus de Cuiabá, na última sexta-feira (28).

Durante a missa, ministrada pelo arcebispo emérito Dom Bonifácio Piccinini, os destinos da Capital e do Estado foram sagrados. “A vós consagramos todo o Estado mato-grossense com suas riquezas naturais, suas empresas e realizações, suas riquezas materiais, seu patrimônio espiritual e moral”, disse Pinheiro em trecho do ato.

Pela igreja lotada de fiéis, a primeira-dama entrou carregando a coroa de Nossa Senhora de Fátima, representando a maternidade. “Abraçai, com amor de mãe e de serva do Senhor, esse nosso mundo, o qual vos confiamos e consagramos, cheios de inquietude, pela sorte terrena e eterna dos homens e dos povos”, orou.

Para a Igreja Católica a Consagração Cívica é um culto no qual são reconhecidas as autoridades civil e eclesiástica. Sendo, para a fé cristã, o Estado, como os indivíduos e as famílias, oriundos de Deus, por conseguinte, perante Deus deve-se confessar a sua dependência e prestar-lhe reverência oficial.

Leia mais:  Depois de frente fria, Cuiabá registra até 37°C nesta semana

As autoridades religiosas podem consagrar suas paróquias, dioceses, porém não têm autoridade civil. Os chefes civis é que têm a competência de consagrar o que é temporal: um prefeito, seu município; um Chefe de Estado, seu país. 

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

STF suspende lockdown na 3ª maior cidade de MT; Cuiabá em VG ainda será decidido

Publicado

por

Rondonópolis avisou que venda de bebidas segue proibida na cidade; comércio reabre na segunda

A prefeitura de Rondonópolis, através da Procuradoria Geral do Município, conseguiu nesta sexta-feira (03/07) suspender a decisão do desembargador Mário Kono de Oliveira, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) que determinava lockdown na cidade. A Prefeitura entrou com o recurso e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro José Dias Tóffoli, deferiu o pedido.

Com isso, entre as medidas vigentes estabelecidas nos decretos nº 9570/2020 e nº 9480/2020 estão a proibição de bebidas alcoólicas, bem como a circulação de pessoas a partir das 19h.

No entanto, supermercados e postos de combustíveis funcionarão nos finais de semana e o comércio retorna na segunda-feira (06).

A prefeitura de Cuiabá também ingressou com uma reclamação para anular a decisão do juiz José Luiz Lindotti, da Vara de Fazenda de Pública de Várzea Grande, que determinou o fechamento dos serviços não essenciais na Capital e na Cidade Industrial. O pedido foi distribuído ao ministro Gilmar Mendes, mas deve ser analisado por Tóffoli, já que o STF entrou em recesso.

Leia mais:  Programação para as crianças, exposição, teatro, shows nacionais, confira os principais eventos neste feriado

Por: folhaMax

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana