conecte-se conosco


Política

Prefeito diz estar acompanhando denúncias em redes sociais de ‘fura-filas’ e vai apurar

Publicado

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), afirmou que terá tolerância zero com os “fura-filas” e abrirá investigação para apurar os casos. Há denúncias por parte da população de que profissionais que não estão na linha de frente do combate à covid-19 estão se beneficiando da vacina contra a doença indevidamente.

“Tolerância zero. Eu falei com a secretária Ozenira, que se respeite a portaria do Ministério da Saúde, quando você fala em profissionais da saúde, são os que estão na linha de frente. O que se vê depois é um sucessão de denúncias de esteticistas e profissionais de outras atividades, o que é lamentável”, disse o gestor à imprensa, nesta segunda-feira (8).

Pinheiro ainda comentou que fica abismado com a postagem dessas pessoas nas redes sociais.

“O que eu fico estarrecido é que todo mundo fica publicando nas mídias sociais, o que mostra até inocência de quem está fazendo isso, achando que está cumprindo o que ta na portaria. Então eu pedi mais rigor nisso. Estou em cima das denúncias, filtrando casa vez mais”, contou.

Leia mais:  Vídeo impressionante; Famílias se ajoelham e rezam em frente Pronto Socorro de Várzea Grande MT; Olhe

Em relação à compra de vacinas por parte apenas da prefeitura, o emedebista justificou que não irá fazer por uma questão de segurança do cidadão cuiabano.

“Parei por uma questão de zelo, responsabilidade e segurança, eu tenho muita preocupação com o mercado paralelo, o caminho mais seguro para população é seguir o protocolo oficial. Anvisa, Ministério da Saúde. Com isso não tem erro”, disse.

Comentários Facebook
publicidade

Política

TCE volta ao teletrabalho em MT

Publicado

Em virtude das projeções de colapso do sistema de saúde, o Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) e o Ministério Público de Contas (MPC) estabeleceram novas regras para o funcionamento do órgão de controle externo nos próximos 15 dias.

Conforme portaria conjunta nº 032/2021 publicada no Diário Oficial de Contas (DOC) desta quarta-feira (03), de 4 a 19 de março as atividades das unidades do TCE-MT devem ser realizadas exclusivamente na modalidade de teletrabalho, compreendendo 100% das respectivas equipes.

Neste período, também foram suspensas as sessões do Plenário Virtual, do Tribunal Pleno e das Câmaras, as inspeções in loco, os atendimentos presenciais ao público externo, os eventos, cursos e reuniões presenciais, que deverão ser realizadas exclusivamente de maneira remota e sem exigir a presença de servidores ou colaboradores do TCE-MT.

A portaria também estabelece a suspensão dos prazos dos processos virtuais e não virtuais no período de 4 a 19 de março, com exceção dos processos administrativos conduzidos pela Secretaria Executiva de Administração. A partir de 22 de março, os prazos processuais serão retomados no estágio em que se encontravam no momento da suspensão, sendo restituídos por tempo igual ao que faltava para a sua complementação.s no âmbito do TCE-MT.

Comentários Facebook
Leia mais:  Mulheres que lutam contra violência ganham batalha no Legislativo de Cuiabá
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana