conecte-se conosco


Cidades

Por recomendação do MP, edição 2019 do Peixe Santo é cancelada

Publicado

Gustavo Duarte

Por recomendação do Ministério Público Estadual (MPE), o programa Peixe Santo não será realizado em 2019. Junto a peixeiros, piscicultores e entidades ligadas à atividade, a Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico busca por soluções para fortalecer o setor e levar o projeto à sua 28ª edição, no próximo ano.

A decisão do MP decorre da constatação de inconformidades no cumprimento de exigências de órgãos fiscalizadores, como a falta de documentação obrigatória. A situação, registrada desde outras gestões, esbarra, dentre outros fatores, na inexistência de um frigorífico para o pescado na Capital.  

De acordo com a titular da Pasta, Débora Marques Vilar, a gestão vem atuando na orientação dos comerciantes e no desenvolvimento do programa ano a ano. Diante desta situação, contudo, cabe à administração respeitar a medida.

“Nosso papel é promover a atividade, oferecendo, no período do Peixe Santo, estrutura, logística e divulgação. Estamos aqui para contribuir com o fortalecer da atividade. Existem questões, contudo, que fogem da nossa alçada”, explica.

Leia mais:  Cuiabá e cidade italiana consolidam intercâmbio para jovens

Ela destaca que está em processo de formação uma comissão com peixeiros, representantes da Vigilância Sanitária e Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT). O trabalho do grupo deverá nortear as ações para a retomada do programa.

Em março, cerca de 80 inscritos chegaram a passar por uma das etapas de capacitação obrigatória para a inscrição no Peixe Santo. É o que explica o coordenador Osvaldo dos Santos Lara. “Nos últimos anos houve uma melhora significativa na estrutura do programa e, mesmo com a interrupção neste ano, devemos continuar crescendo”.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Prefeitura entrega 10 novas ambulâncias para as unidades de saúde da capital

Publicado

por

Gustavo Duarte

A Prefeitura de Cuiabá deu mais um passo rumo à virada de página da saúde pública do município, na tarde desta quarta-feira (19). O prefeito Emanuel Pinheiro entregou 10 ambulâncias novas, modernas e espaçosas para as unidades de saúde da rede municipal.

Essa é mais uma etapa em direção à humanização dos serviços para a população que depende do SUS.

As novas ambulâncias são caminhonetes adaptadas, que comportam a equipe médica e um acompanhante. Todos os veículos possuem 1 cilindro de oxigênio de 7 litros, saída de oxigênio acoplada ao lado do paciente, ventilador oscilante, bancos laterais tipo tubular, suporte de soro e plasma instalado no balaústre, maca de alumínio articulada com pernas retráteis, encosto reclinável, rodízios contendo colchonete revestido em courvin e cintos de segurança, tomadas de energia e mais uma série de itens recomendados pelo Ministério da Saúde.

O secretário municipal de Saúde, Luiz Antônio Pôssas de Carvalho falou sobre o significado da entrega destas 10 ambulâncias para a população de Cuiabá. “Esta entrega faz parte do processo de modernização que o prefeito determinou para o Sistema Único de Saúde na capital. Modernização que visa exatamente à humanização. Estas ambulâncias substituem as que tínhamos no sistema e são muito superiores. As antigas eram pequenas, continham os itens básicos, mas não eram as mais confortáveis para o transporte dos pacientes. Esses automóveis todos têm tração 4 por 4, a diesel e representam, a partir de agora, outra realidade no atendimento à população. Este é mais um importante ato do prefeito em prol da saúde em Cuiabá”, disse Pôssas.

Leia mais:  Dutrinha passa por vistoria e deve ter reforma iniciada nas próximas semanas

“Estamos escrevendo uma nova história na saúde pública da capital. Hoje é mais uma etapa de tudo o que temos entregado para a população em relação à saúde do município. Já andamos muito, mas temos ainda muito trabalho pela frente para avançarmos na humanização da saúde pública e oferecermos para a população SUS, que são os menos favorecidos, um atendimento digno, de qualidade, que salve vidas”, disse o prefeito.

Em Cuiabá, quase 500 mil pessoas dependem do SUS. “Por isso dependem de nós para enfrentarmos esse sistema combalido e desestruturado que recebemos. A entrega do Hospital Municipal de Cuiabá, o HMC, veio para começarmos essa virada de página na saúde pública, onde vai funcionar o novo PS da capital. No dia 28 de junho, vamos entregar 60 leitos de UTI no HMC, que será a quarta etapa da nossa programação. Estamos também fazendo a reestruturação da Atenção Básica e até o final do ano que vem termos 100% das unidades reformadas. O respeito e o zelo com a população SUS é prioridade na minha gestão”, comentou o prefeito.

Leia mais:  Mais de 4,5 mil judocas veteranos participam de treino simultâneo internacional de Judô

As unidades de saúde que receberão as novas ambulâncias são: Pronto Socorro, UPA Morada do Ouro, UPA Pascoal Ramos, Policlínica do Coxipó, Policlínica do Verdão, Policlínica do Pedra 90, Policlínica do Planalto, PSF Coxipó do Ouro, USF da Guia e USF Aguaçu.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana