conecte-se conosco


Cidades

Por causa de incêndio, santuário transfere 5 elefantes para área segura em MT

Publicado

Por G1 MT

O incêndio que atinge o Santuário de Elefantes Brasil (SEB) – o único da América Latina, fez com que a equipe do local transferisse os cinco elefantes para uma área segura na propriedade, em Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá.

Segundo o SEB, a queimada começou na sexta-feira (9) por conta de uma técnica corta-fogo malsucedida em uma propriedade vizinha e se alastrou rapidamente pelo setor norte do Santuário.

O terreno irregular e a mudança de rota dos ventos dificultaram ainda mais o controle da situação.

Apesar do esforço de bombeiros, brigadistas, funcionários do Santuário e vizinhos da região, grande parte da propriedade foi queimada.

Os prejuízos ambientais só não foram maiores graças ao plano de contingência do próprio Santuário, que já estava alerta e preparado com tratores, caminhão pipa e demais recursos para lidar com possíveis focos de incêndio.

Atualmente, o Santuário abriga cinco elefantes resgatados. Desde que as chamas se intensificaram, Maia, Rana, Lady, Mara e Bambi foram encaminhadas para os recintos um, dois e três, que ficam próximos à área de cuidados veterinários e têm dois hectares.

Leia mais:  Temporal deixa 10 feridos em VG; teto de concessionária cai e destrói carros

Por conta da relação de confiança e respeito construída entre os elefantes e a rotina do Santuário, todos os animais estão bem e se alimentando normalmente, e não apresentaram nenhum sinal de estresse ou reação adversa à situação.

O santuário

A instituição começou a operar no local há três anos. Atualmente, o local abriga cinco elefantas asiáticas, conhecidas como Maia, Rana, Lady, Mara e Bambi, que foram resgatadas de circos onde sofriam maus-tratos.

Bambi é a 7ª moradora do Santuário de Elefantes do Brasil. Guida e Maia foram os primeiros elefantes do santuário e chegaram em Mato Grosso em outubro de 2016. Também já viveu no local a elefanta Ramba, que morreu em dezembro do ano passado. Guida morreu em junho, também no ano passado.

O santuário em Chapada dos Guimarães é o único da América Latina. No mundo todo, há seis santuários do tipo. O Brasil foi escolhido para a instalação do local de proteção aos elefantes tanto pelo posicionamento geográfico, quanto pelo arcabouço legislativo mais favorável.

Leia mais:  Secretário de Educação de Cuiabá assume cadeira no Conselho Estadual de Educação

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Prefeitura publica calendário de pagamento do IPTU; veja datas

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá estabeleceu a programação para pagamento do IPTU em 2021, que deve começar a partir de 1º de março. O Decreto nº 8.285, que determina o cronograma, foi publicado na Gazeta Municipal.

 

Assim como em outras edições, o pagamento poderá ser feito em cota única ou em até oito parcelas. O valor mínimo de cada parcela será de R$ 57,26.

 

Aqueles que não tiverem débitos de anos anteriores e optarem por quitar o IPTU em cota única até o dia 14 de abril, terão desconto de 10%. Os carnês serão enviados para todos os contribuintes que contam no Cadastro Imobiliário do Município.

 

Já as guias do IPTU de imóveis territoriais deverão ser retiradas nos postos de atendimentos do Município ou por meio do site.

 

A retirada presencial poderá ser feita no Centro Integrado de Atendimento ao Contribuinte (CIAC), nas Lojas de Atendimento ao Contribuinte (LAC-Norte e LAC-SUL), e em outros postos de atendimento que serão indicados pela Prefeitura de Cuiabá.

Leia mais:  Resultado final do seletivo do HMC será publicado no Diário Oficial na próxima terça-feira (13)

 

Outra informação que o munícipe deverá ficar atento é em relação ao pedido de isenção do pagamento, que neste ano poderá ser feito no período de 1º de junho a 30 de julho, com validade até 2024.

 

Caso a solicitação seja indeferida, será concedido um prazo de 30 dias, a partir da ciência do contribuinte quanto à decisão, para que o valor seja pago sem desconto e sem a incidência de juros e multa.

 

“De acordo com os termos do art. 5º da Lei nº 5.355/2010, alterado pela Lei nº 5.797/2014, estão isentos do Imposto Predial e Territorial Urbano os imóveis residenciais com valor venal atualizado igual ou inferior a R$ 33.921, excluindo-se os imóveis territoriais, comerciais, unidades autônomas desdobradas com cadastro individualizado para fins tributários, chácaras de recreio e garagens de edifícios”, explica o decreto municipal.

 

Veja calendário de pagamento: 

 

Primeira parcela e cota única: 14 de abril

 

Segunda parcela: 14 de maio

 

Terceira parcela: 14 de junho

Leia mais:  Temporal deixa 10 feridos em VG; teto de concessionária cai e destrói carros

 

Quarta parcela: 14 de julho

 

Quinta parcela: 13 de agosto

 

Sexta parcela: 14 de setembro

 

Sétima parcela: 14 de outubro

 

Última parcela: 12 de novembro

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana