conecte-se conosco


Polícia

Polícias Civil e Militar recuperam gado furtado e prende 4 pessoas em Chapada dos Guimarães

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Quinze  cabeças de gado furtado de uma fazenda na zona rural de Chapada dos Guimarães foram recuperadas, na quarta-feira (14), em ação conjunta da Polícia Civil e a Polícia Militar, que resultou na prisão de quatro pessoas.

Três homens R.A.S. M., M.D.S.N. e C.F.B e a mulher  T.S.G  vão responder por práticas criminosas de furto qualificado de gado e associação criminosa. Foram presos o caseiro da fazenda e sua esposa, o motorista responsável pelo transporte do gado e um proprietário de açougue no município.

Os policiais receberam informações de que eles estavam embarcando gado na fazenda de propriedade da vítima, um idoso de 73 anos. Em diligências até a localidade, os policiais flagraram na estrada um caminhão carregado com o gado, que tinha sido furtado da fazenda. Na propriedade, outros animais já estavam separados aguardando o transporte.

Além do caminhão, que era dirigido por R.A.S, os policiais ainda abordaram um veículo Uno conduzido por C.F.B, que é dono de um açougue em Chapada dos Guimarães. Segundo as investigações, ambos auxiliaram o caseiro da fazenda, M.D.S.N e sua esposa T.S.G  na separação do gado para o transporte.

Leia mais:  Polícia Civil divulga portaria para remoção de delegados

A guia de transporte apresentava pelo motorista do caminhão indicava o transporte e animais da cidade de Rondonópolis para Barra do  Bugres.

A ação contou com a participação das equipes da Polícia Judiciária Civil e Policia Militar de Chapada dos Guimarães, com o apoio do GOE (Gerência de Operações Especiais).

O caminhão atolou na estrada permanecendo no local até que possa ser retirado. O automóvel Uno e os presos foram levados para a Delegacia de Chapada dos Guimarães.

 

As investigações continuam para identificação de outros possíveis envolvidos.

 

 

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Mesa da AL pode ter virada em MT

Publicado

por

Nos últimos dias, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), tem evitado dar declarações sobre a eleição da Mesa Diretora marcada para junho. Ele é cotado para ser reeleito para o terceiro mandato consecutivo no comando do Legislativo.

No entanto, nos bastidores, se comenta que um grupo alternativo estaria surgindo para derrubar o democrata. Além da primeira-secretaria, existe uma disputa fortíssima nos bastidores pela primeira-secretaria e primeira vice-presidência

Na secretaria, disputam o cargo o atual secretário Max Russi (PSB) e Janaína Riva (MDB). Também tem uma ferrenha disputa nos bastidores pela primeira vice-presidência entre Wilson Santos (PSDB) e Paulo Araújo (PP).

Explica-se: a tendência é que  Botelho seja indicado ao Tribunal de Contas tão logo seja aberta a primeira vaga de efetivo. Neste caso, o primeiro vice pode acabar herdando o comando do parlamento.

Por: folhamax

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra homem condenado por homicídio de ex-namorada
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana