conecte-se conosco


Polícia

Polícias Civil e Militar prendem 4 por homicídio de jovem em Diamantino

Publicado

A Polícia Judiciária Civil e Militar de Tangará da Serra prenderam quatro suspeitos de envolvimento no assassinato do jovem Gabriel Rodrigues do Nascimento, de 20 anos, na manhã desta terça-feira (26.02). Na ação foram presos Fernando Silveira de Souza, 34 anos, Odair José da Silva, 34 anos, José Valdo da Silva Soares, 22 anos e Jackson Manoel de Macena Cordeiro, 21 anos.

As investigações iniciaram para apurar o desaparecimento de duas pessoas Fernando (suspeito) e Gabriel. Fernando foi localizado em uma fazenda no Distrito de Deciolândia sendo trazido para Tangará da Serra pela Polícia Militar. Questionado a respeito de Gabriel, Fernando confessou que ter matado a vítima com a ajuda de outras pessoas que trabalham na fazenda Pscheidt.

Em diligências na fazenda, a Polícia Civil localizou o suspeito Odair, que confessou ter ajudado a matar e a carregar o corpo da vítima para uma área próxima do alojamento onde estavam tomando bebida alcoólica. O suspeito mostrou a equipe de investigadores o local onde teria deixado o corpo de Gabriel, sendo este encontrado já estado de decomposição. A vítima foi assassinada com arma branca com aproximadamente 12 golpes na região do pescoço.

Leia mais:  Levantamento inédito aponta 38 casos de feminicídios no estado em 2018

As equipes da Politec e do IML foram acionadas para comparecer ao local de crime. Os suspeitos Odair José da Silva e Fernando Silveira de Souza confessaram a participação no crime. Os outros dois suspeitos José Valdo da Silva Soares e Jackson Manoel de Macena Cordeiro negaram envolvimento no homicído.

Os objetos encontrados com a vítima foram entregues lacrados na Delegacia de Tangará da Serra. O flagrante está sendo lavrado pelo delegado João Romano na Delegacia de Polícia de Tangará da Serra.

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Marido de avó é preso após menina de 7 anos passar mal e contar a médicos sobre abusos em MT

Publicado

Por Bruno Henrique, TV Centro América

Um homem de 40 anos foi preso, nessa quinta-feira (24), suspeito de estuprar a neta da mulher dele, de 7 anos, na casa onde moram em Vera, a 486 km de Cuiabá. A própria criança foi quem contou aos médicos os abusos sofridos.

De acordo com a Polícia Militar, a menina foi levada em uma unidade de saúde pela mãe após passar mal na casa da avó.

Devido ao estado de saúde, ela foi encaminhada de Vera para um hospital de Sorriso, no norte do estado. No local, a criança foi examinada pelos médicos, que descobriram infecções e ferimentos graves nas partes íntimas da menina.

Ao questioná-la, a menina contou aos profissionais que era abusada pelo marido da avó. O hospital acionou a polícia, em seguida, que fez a prisão do suspeito.

Ainda conforme a PM, os médicos acreditam que, pela gravidade das infecções, a criança estava sendo abusada há algum tempo pelo suspeito.

Leia mais:  PRF apreende caminhão com madeira irregular em Barra do Garças/MT

A mãe e a avó da menina disseram aos policiais que não desconfiavam da situação.

O caso é investigado pela Polícia Civil.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana