conecte-se conosco


Polícia

Polícias Civil e Militar fecham comércio de drogas e prendem traficante em São Pedro da Cipa

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um jovem acusado de atuar com o comércio de entorpecentes no município de São Pedro da Cipa foi preso em flagrante, na terça-feira (04.12), em ação conjunta da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar, desencadeada com base em investigações da Delegacia de Jaciara (144 km ao Sul).

O suspeito, Ricardo de Almeida França, 19, foi flagrado com cerca de 170 porções de entorpecentes já embaladas para venda e autuado em flagrante por tráfico de drogas.

As investigações iniciaram após a equipe de policiais civis da Delegacia de Jaciara receberem informações sobre o comércio de entorpecentes em uma residência, no bairro Vila Érica, em São Pedro da Cipa. Durante vigilância do local, os investigadores avistaram o momento em que um veículo com dois homens chegaram a residência, entrando e saindo rapidamente.

Diante das suspeitas, os policiais realizaram a abordagem do veículo, sendo localizado com os usuários duas porções de entorpecentes, sendo uma de maconha e outra de pasta base de cocaína. Em continuidade as diligências, os policiais civis solicitaram apoio da Polícia Militar e foram até ao endereço investigado, onde surpreenderam o tráfico.

Leia mais:  Polícia Civil de Alto Araguaia prende casal acusado de aplicar golpe pela Internet

Durante as buscas na casa, foram localizadas aproximadamente 170 porções de pasta base de cocaína já embaladas para venda, porções de cocaína, maconha, além de uma arma de fogo, tipo garrucha, calibre 38.

Diante da situação, o suspeito foi conduzido a Delegacia de Jaciara, onde após ser interrogado pelo delegado João Paulo Praisner, foi autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo de uso permitido.

Os dois usuários abordados na ação também foram conduzido à delegacia e responderão a Termo Circunstânciado de Ocorrência por uso de drogas.

O delegado destacou que mais uma vez o trabalho integrado foi fundamental para o sucesso da ação. “Essa foi mais uma das ações conjuntas que são realizadas pelos Policiais Civis e Militares no combate à criminalidade nos municípios de Jaciara e São Pedro da Cipa”, disse.

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Policiais da 2ª Delegacia do Capital entregam doações ao Lar dos Idosos

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Em menos de 24 horas, servidores da 2ª Delegacia de Polícia da Capital (Carumbé) fizeram uma mobilização para arrecadar doações que beneficiaram 80 idosos do Lar Bom Jesus de Cuiabá. Além da entrega de roupas e utensílios de higiene, a ação, realizada na tarde de sexta-feira (07.12), proporcionou aos moradores do local, momentos de descontração com música, lanche, atenção e carinho.

A ação solidária foi uma iniciativa do delegado titular da 2ª DP, Walfrido Franklim do Nascimento, que foi tocado emocionalmente, na quinta-feira (06.12) quando compareceu ao abrigo, para doar cadeira de rodas, andador, cadeira de banho, que pertenciam a sua mãe que faleceu no último dia 20 de novembro.

“Essa ação não foi planejada. Eu passei em frente ao abrigo muitas vezes, mas o local nunca tinha prendido minha atenção. Foi quando eu vim para doar os bens da minha mãe, que imediatamente me veio a ideia de mobilizar os servidores da delegacia para angariar os utensílios necessários para os cuidados dos idosos”, disse.

Leia mais:  Polícia Civil prende jovem foragido de MS por tráfico de drogas

A ideia foi muito bem recebida por todos os servidores da delegacia, que se mobilizaram e em menos de 24 horas, conseguiram reunir uma grande quantidade de doações, entre roupas e utensílios de higiene. Mesmo os servidores que não puderam comparecer ao Lar, na tarde de sexta-feira (07), por conta do trabalho na delegacia, contribuíram com as doações. A ação também foi prestigiada pelo diretor metropolitano, Anderson Veiga. 

Walfrido explica que todas as doações são bem-vindas para auxiliar o cuidado com os moradores do abrigo, e até mesmo as roupas que não servem para os idosos, são destinadas para um bazar, em que as vendas são revertidas em favor da casa.

Os servidores também fizeram uma cota para proporcionar um lanche especial para os moradores do abrigo e o delegado convidou um cantor para tocar para os idosos. “É um momento não só para oferecer as doações materiais, mas para doar nosso tempo, nosso carinho aos que estão aqui. O lar abriga 80 idosos, cada um com uma história, e com muito para nos ensinar”, disse o delegado.

Leia mais:  Mato Grosso reduz crimes de roubo e furto a veículos nos últimos nove meses

O tesoureiro do Abrigo Bom Jesus, Juliano Cordeiro, disse que as doações representam a sobrevivência da instituição. “Há 78 anos que o abrigo existe e sobrevive com apoio das doações vindas da sociedade. Aqui os idosos recebem apoio em questões de nutrição, enfermagem, assistência social e psicólogos, além das alimentações diárias e todos os cuidados necessários”, destacou.

 

 








































Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana