conecte-se conosco


Polícia

Polícias Civil e Militar cumprem 17 mandados contra facção criminosa em Juína

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Dezessete mandados judiciais foram cumpridos, na manhã desta quarta-feira (11.12), no município de Juína (735 km a Noroeste de Cuiabá), na operação “Morfeu” deflagrada pelas forças de Segurança Pública. A ação está inserida no planejamento de final de ano com objetivo de garantia a ordem pública e coibir a criminalidade na região.

O trabalho conjunto, realizado pela Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar, resultou na prisão em flagrante de seis pessoas, e na apreensão de drogas, arma de fogo, sendo um revólver calibre 38, cinco munições, dinheiro e motocicletas. 

Foram cumpridos simultaneamente dez ordens de busca e apreensão domiciliar e sete pedidos de prisões, em desfavor de suspeitos de integrarem uma facção criminosa atuante na região, apontada como a responsável por cometer diversos crimes como homicídios e tráfico de drogas.

Durante diligências investigativas conduzidas pela Polícia Civil de Juína, visando a apuração de ocorrências bem como a desarticulação da quadrilha instalada na cidade, foi possível fazer mapeamentos dos locais alvos, levando assim a identificação dos envolvidos.

Leia mais:  Fronteira passa a ter 5 pontos com câmera OCR para intensificar fiscalização

Diante dos indícios de práticas criminosas, foi representado pelos mandados judiciais de prisão e busca e apreensão em desfavor dos investigados, deferidos pela Justiça, e cumpridos na quarta-feira (11). 

Todos os suspeitos presos foram encaminhados para Delegacia de Polícia de Juína, junto com os materiais apreendidos. Os conduzidos foram interrogados e autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse irregular de arma de fogo e munições e receptação.

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Marido de avó é preso após menina de 7 anos passar mal e contar a médicos sobre abusos em MT

Publicado

Por Bruno Henrique, TV Centro América

Um homem de 40 anos foi preso, nessa quinta-feira (24), suspeito de estuprar a neta da mulher dele, de 7 anos, na casa onde moram em Vera, a 486 km de Cuiabá. A própria criança foi quem contou aos médicos os abusos sofridos.

De acordo com a Polícia Militar, a menina foi levada em uma unidade de saúde pela mãe após passar mal na casa da avó.

Devido ao estado de saúde, ela foi encaminhada de Vera para um hospital de Sorriso, no norte do estado. No local, a criança foi examinada pelos médicos, que descobriram infecções e ferimentos graves nas partes íntimas da menina.

Ao questioná-la, a menina contou aos profissionais que era abusada pelo marido da avó. O hospital acionou a polícia, em seguida, que fez a prisão do suspeito.

Ainda conforme a PM, os médicos acreditam que, pela gravidade das infecções, a criança estava sendo abusada há algum tempo pelo suspeito.

Leia mais:  Fronteira passa a ter 5 pontos com câmera OCR para intensificar fiscalização

A mãe e a avó da menina disseram aos policiais que não desconfiavam da situação.

O caso é investigado pela Polícia Civil.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana