conecte-se conosco


Mato Grosso

Policiais do 4º Comando Regional prendem suspeitos de diferentes quadrilhas

Publicado

A 14ª Cia de Força Tática do 4º Comando Regional frustrou o roubo de produtos agrícolas em uma fazenda do município de Pedra Preta, região conhecida como Birro, e localizou a picape Strada que os suspeitos roubaram na ação ocorrida na tarde desta quinta-feira (29.11). Dois, dos quatro envolvidos, foram presos.  

Populares teriam visto o veículo Strada seguindo em alta velocidade passando pelo entroncamento da fazenda Jiboia acompanhado de um Palio vermelho escuro. O Palio, com placas de Rondonópolis, foi abandonado nas proximidades e a Strada foi recuperada por policiais de Rondonópolis na zona rural de Garça Branca, onde um refém foi libertado e dois suspeitos detidos, sendo M.V.B.A. e M.H.A.M.

Investigadores da Polícia Civil deram apoio ao trabalho, assim como viaturas de Pedra Preta, Alto Garças e Itiquira. E seguem as buscas pelos outros dois suspeitos que fugiram em área de mata.

Posto Buriti

Nesta quinta-feira (29.11) quatro indivíduos armados também renderam os clientes e funcionários do Posto Buriti, localizado no bairro Buriti, em Rondonópolis. O bando roubou aproximadamente R$ 600,00 do setor de conveniência, além de celulares das vítimas. Com agressões e ameaças, eles exigiam a entrada no escritório e acesso ao cofre. Um deles, W.R.S., 20 anos, foi preso. A ocorrência foi atendida pelos policiais do 5º Batalhão de Rondonópolis, por volta das 15h.

Leia mais:  Reforma administrativa é sancionada; veja como ficou a estrutura do Governo

Com o suspeito preso foi localizado R$ 94,00 e uma nota de R$ 10,00 falsa. Ele confessou a participação no roubo e disse que as armas ficaram dentro do Gol, que seria uma espingarda garrucha e um revólver calibre 38. Ele não soube dizer onde os outros comparsas residem.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Servidor é preso por roubar pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras

Publicado

Foram desviados pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

Um servidor público suspeito de desviar pneus de veículos da prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, prestou esclarecimentos na delegacia do município. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de peculato.

As investigações começaram no dia 22 de março, quando o prefeito Adilson Gonçalves de Macedo registrou um boletim de ocorrência denunciando o suposto desvio.

O delegado Wilyney Santana Borges disse que várias buscas foram realizadas, até que o suspeito acabou confessando o crime. Em depoimento, ele contou que os pneus foram repassados para um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um carro dele de luxo.

Os pneus desviados eram de veículos da Secretaria Municipal de Urbanismo.

De acordo com a polícia, nas investigações, foi apurado que pneus adquiridos para serem utilizados nas automóveis da secretaria foram desviados nos meses de novembro e dezembro de 2020, por um servidor  que exercia funções no setor de frotas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Leia mais:  Alunos conhecem objetos dos tempos da escravidão em aula de campo em Poconé

Segundo o delegado, os indícios apontados no inquérito indicam que foi possível constatar o desvio de pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

A Polícia Civil informou que o investigado pela venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, vez que na época dos desvios, exercia o cargo de funcionário público. Já o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A delegacia de Barra do Garças continua as investigações para saber se havia a conivência ou participação de outros servidores municipais, envolvidos no caso dos pneus desviados.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana