conecte-se conosco


Mato Grosso

Polícia detém assaltantes que fizerem clientes reféns em bar

Publicado

Dois suspeitos entraram em confronto com a polícia em Peixoto de Azevedo, no final da tarde de sexta-feira (30.11). Eles fugiam da abordagem policial seguindo pela contramão na BR-163, quando entraram em uma via paralela e foram cercados pela viatura. Tudo aconteceu depois de eles assaltarem o ao Bar 20 V, na Comunidade Beira Rio, onde fizeram funcionários e clientes como reféns, que foram liberados sem ferimentos.

Os autores do crime, Pablo Lima da Silva, 19 anos Wemerson Luan Fontel Pinto, 26, estariam saindo do bar em uma motocicleta Honda prata quando avistaram a viatura e fugiram, colocando em risco a vida de outras pessoas que transitavam pelo local. Com a ajuda da população que forneceu informações do trajeto que os indivíduos teriam feito, policiais militares do 22º Batalhão foram atrás.

Os policiais tiveram que cercar a moto com a viatura porque eles não obedeceram a ordem de parada. Então, o condutor da motocicleta Pablo Lima da Silva, parou e deitou no chão e o suspeito Wemerson Luan Fontel Pinto simulou deitar ao solo, mas sacou um revólver 38 e tentou atirar duas vezes contra o militar, que repeliu a agressão, atingindo Wemerson.

Leia mais:  Piscicultura será uma das atividades econômicas incentivadas pela Seaf em Mato Grosso

Por falta de ambulância na cidade a viatura prestou socorro ao ferido até o Hospital Regional de Peixoto de Azevedo, mas ele não resistiu aos ferimentos após chegar no hospital.

J.W.V.P.M., uma das seis testemunhas do ocorrido, conforme boletim de ocorrência, presenciou toda a ação policial e afirmou ter visto o suspeito sacar o revólver e atentar contra a vida dos policiais.

O outro comparsa foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, juntamente com o revólver e seis munições, quatro delas intactas, R$ 1.076,00 em dinheiro, três celulares e uma bolsa feminina com diversos materiais (correntes, anéis, cartões de crédito, cartão bolsa família).

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Servidor é preso por roubar pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras

Publicado

Foram desviados pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

Um servidor público suspeito de desviar pneus de veículos da prefeitura de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, prestou esclarecimentos na delegacia do município. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder pelo crime de peculato.

As investigações começaram no dia 22 de março, quando o prefeito Adilson Gonçalves de Macedo registrou um boletim de ocorrência denunciando o suposto desvio.

O delegado Wilyney Santana Borges disse que várias buscas foram realizadas, até que o suspeito acabou confessando o crime. Em depoimento, ele contou que os pneus foram repassados para um comerciante como parte do pagamento na aquisição de um carro dele de luxo.

Os pneus desviados eram de veículos da Secretaria Municipal de Urbanismo.

De acordo com a polícia, nas investigações, foi apurado que pneus adquiridos para serem utilizados nas automóveis da secretaria foram desviados nos meses de novembro e dezembro de 2020, por um servidor  que exercia funções no setor de frotas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Leia mais:  Para estimular a leitura e pesquisa, escola tem biblioteca funcionando o dia todo

Segundo o delegado, os indícios apontados no inquérito indicam que foi possível constatar o desvio de pelo menos 12 pneus novos utilizados em caminhões e retroescavadeiras, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil.

A Polícia Civil informou que o investigado pela venda dos pneus deverá responder ação penal pelo crime de peculato, vez que na época dos desvios, exercia o cargo de funcionário público. Já o comerciante que recebeu os pneus desviados, em troca de pagamento, responderá pelo crime de receptação.

A delegacia de Barra do Garças continua as investigações para saber se havia a conivência ou participação de outros servidores municipais, envolvidos no caso dos pneus desviados.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana