conecte-se conosco


Polícia

Polícia descobre esconderijo de carros roubados em MT

Publicado

Os militares encontraram uma caminhonete Toyota Hilux e um Honda Civiv Sport, que foram roubados.

A Polícia Militar de Jangada (80 km de Cuiabá) descobriu na manhã de quarta-feira (30), um esconderijo de veículos roubados. Os militares encontraram uma caminhonete e um carro que foram roubados neste ano na região.

De acordo com informações, a polícia foi acionada após um homem ter a casa invadida por dois criminosos. Eles entraram na residência, agrediram a família e roubaram anéis, relógios, roupas, uma quantia em dinheiro e uma caminhonete Toyota Hilux. Um comparsa em um Ford Eco Sport ajudou os bandidos na fuga.

Uma equipe da polícia viu dois veículos iguais aos do crime em alta velocidade na região da comunidade Raizama, zona rural de Jangada.

Os policiais pediram o apoio do helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), que realizou o policiamento na região da comunidade Nova Terra. Uma equipe no solo encontrou a caminhonete Hilux, que havia sido roubada.

Leia mais:  Mulher foragida por crime de tráfico de drogas é presa em Vila Rica

Próximo a ela, a equipe também achou um Honda Civic Sport, que foi roubado no dia 21 de maio. Ele estava sem as rodas e sem as duas placas. No local, ainda foi vista uma placa veicular, que pertencia a uma caminhonete Mitsubish L-200 Triton, que foi roubada em Acorizal (62 km de Cuiabá), em agosto deste ano.

Os policiais não encontraram os criminosos.

Por: folhamax

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

PRF apreende carga de carvão, com reaproveitamento de Guia Florestal e Nota Fiscal, em Sorriso/MT

Publicado

Na madrugada de quarta-feira (21), por volta das 00 hora e 27 minutos, a equipe PRF realizava fiscalização do transporte rodoviário de cargas no km 733.0 da br 163, no município de sorriso, quando abordou o veículo M.BENZ/l 1620, cor azul, que transportava carvão vegetal com nota fiscal e guia florestal GF3/MT declarando 50,0m³ de carvão, com origem em Cláudia/MT com destino a Várzea Grande/MT, ambas emitidas em 15/10/2020, com vencimento em 21/10/2020.

Pela pequena distância entre o município de origem e o destinatário, houve a suspeita de reaproveitamento da Guia Florestal (e concomitantemente da NFe), uma vez que a carga era transportada no último dia de validade em transporte, o que permite mais de uma viagem com a carga.

A equipe questionou o condutor, de 33 anos, acerca da quantidade de viagens executadas, nisso o condutor afirmou que era a terceira viagem com essa documentação.

Consultado o Sisflora/MT, verificou-se que a guia encontra-se com status de “Ativa”, o que mostra que a empresa destinatária, que recebeu a 1ª e 2ª viagens da carga e deveria ter efetuado o recebimento no sistema, conforme normatizado, não o fez, dessa forma concorrendo para que houvesse o “reaproveitamento”, contrariando o disposto no § 2º do Art. 35 da IN 21/2014 Ibama, incorrendo no crime previsto no Art. 46 da Lei 9605/98, Lei dos Crimes Ambientais.

Leia mais:  Polícia Civil prende idoso acusado de estuprar criança de 11 anos em Cáceres

Qualifica-se ainda o emitente da carga pelo cometimento, em tese, do mesmo crime.

 

Ao condutor foi dada ciência da confecção do Termo Circunstanciado, não se opondo à assinatura no Termo de Compromisso de Comparecimento.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana