conecte-se conosco


Esportes

Polícia comprada? Delegados condenam declaração polêmica de Najila Trindade

Publicado

najila trindade em entrevista
SBT/Reprodução

Najila Trindade deu declaração polêmica em entrevista ao SBT

Na noite desta segunda-feira (10) foi exibido no SBT a entrevista completa que Roberto Cabrini fez com a modelo Najila Trindade, que acusa o jogador Neymar de estupro e agressão.

Durante o programa  Najila Trindade deu uma declaração polêmica “A polícia está comprada, né? Ou não? Ou eu estou louca?”, disse ela ao repórter.

A fala da modelo repercutiu durante essa terça-feira e a Polícia Civil emitiu uma nota em sua defesa.

O documento assinado pelos responsáveis do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (SINDPESP) e da Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (ADPESP) diz que a categoria mantém “solidariedade a qualquer vítima de violência de gênero”, mas “não tolera afirmações sem fundamento”.

Leia mais:  Confira a agenda do futebol desta quinta-feira, 04 de abril de 2019

Confira a nota na íntegra.

O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (SINDPESP) e a Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (ADPESP) vêm a público repudiar veementemente a afirmação feita pela Srta. Najila Trindade de que a polícia estaria “comprada”.

Antes de mais nada, reafirmamos nossa solidariedade a toda e qualquer vítima de violência de gênero e o compromisso da Polícia Civil do Estado de SP em combater com rigor este tipo de crime. Todavia, não podemos tolerar que afirmações sem qualquer fundamento venham a macular a honra de policiais e a imagem de toda uma instituição.

Com mais de 100 anos de história, a Polícia Civil de São Paulo é um órgão respeitado e que possui em seu quadro servidores competentes que desenvolvem seu trabalho com seriedade, comprometimento e respeito máximo às normas legais vigentes.

Toda investigação realizada pela Polícia Civil é inequivocamente regida pelos princípios da isenção e imparcialidade, e seu único compromisso é com a busca pela verdade. A Polícia Judiciária se mantém firme em seu caráter investigativo, que exige independência absoluta em sua atuação.

Reafirmamos, assim, nossa estrita confiança no trabalho da delegada de polícia que preside a investigação, na equipe do Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt (IIRGD) – referência nacional em identificação digital –, bem como nos demais policiais civis que nela labutam, com a certeza de que a Polícia Civil bandeirante seguirá prestando um serviço responsável, ético e de qualidade à sociedade.

ASSINAM:

Raquel Kobashi Gallinati
Presidente do SINDPESP

Gustavo Mesquita Galvão Bueno
Presidente da ADPESP

Leia também:  Divórcio total – PSG abre as portas para saída de Neymar da equipe

Leia mais:  Fluminense não toma conhecimento do Cruzeiro e goleia por 4 a 1

A acusação feita por Najila Trindade está sendo investigada pela 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, no bairro de Santo Amaro, zona sul da capital paulista. O jogador Neymar deve depor no local ainda essa semana.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

“Filme de terror”, relata Mattos sobre turbulência em voo do Palmeiras; assista

Publicado

por

“Foi um verdadeiro filme de terror.” É assim que o diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, definiu o episódio de tensão vivenciado pela delegação do clube paulista na madrugada deste domingo (21) , durante voo para a cidade argentina de Mendoza.

Jogadores, dirigentes, integrantes da comissão técnica e demais membros do estafe do Palmeiras embarcaram por volta da meia-noite de sábado (20) em Fortaleza, onde o Verdão foi derrotado pelo Ceará em jogo do Campeonato Brasileiro. O grupo deveria desembarcar por volta das 6h da manhã em Mendoza, onde o alviverde paulista enfrentará o Godoy Cruz, pela Libertadores.

alexandre mattos arrow-options
Reprodução/TV Palmeiras

“Muito barulho, muita tensão”, relembra Alexandre Mattos sobre turbulência em voo do Palmeiras

Momentos antes da aterrisagem, no entanto, uma turbulência atingiu o voo palmeirense e o piloto do avião precisou arremeter duas vezes por conta do mau tempo. Após a segunda arremetida, o voo foi desviado para a cidade de Rosario.

“A turbulência foi aumentando. A sensação que dava é de que tinha alguma coisa empurrando as asas de baixo para cima. Foi bem aterrorizante”, relatou Mattos em depoimento à TV Palmeiras. “Eu olhava para o lado e era uma aflição muito grande, um clima de tensão. Uns rezando, os outros você via a cara de desespero, a sensação de impotência… Era muito barulho, muita tensão”, complementou.

Leia mais:  Torcedor arremessa casca de banana para Aubameyang durante clássico inglês

O segurança do clube Cristiano Oliveira disse ter pensado “é hoje” devido ao chacoalhar da aeronave, mas que jogadores como o lateral/volante Jean e o atacante Deyverson tentaram tranquilizar a todos. O episódio de pânico para os palmeirenses durou cerca de 40 minutos, segundo seu relato.

A delegação do Palmeiras passou o domingo na capital argentina, Buenos Aires, e fará nova tentativa de chegar a Mendoza nessa segunda-feira (22). A partida contra o Godoy Cruz, pelas oitavas de final da Libertadores, será disputada na terça-feira.

Leia também: Torcedores arremessam pipocas e cobram elenco do Palmeiras no Ceará

Confira o depoimento dos palmeirenses:

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana