conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil recupera 117 relógios roubados de ótica em Sorriso

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Diversos relógios de diferentes marcas, roubados de uma ótica no município de Sorriso (420 km ao Norte), foram recuperados pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de terça-feira (23.10), poucas horas após o crime. Além dos objetos roubados, a ação resultou na apreensão de uma arma de fogo.

O assalto aconteceu na manhã de terça-feira (23), em uma ótica na região central de Sorriso. Da casa comercial, foram roubados vários relógios, entre outros objetos de valores.

Durante diligências, os policiais civis obtiveram informações sobre um local, nos fundos de uma residência, onde havia produtos suspeitos armazenados dentro de sacolas.

No endereço levantado, os investigadores localizaram dentro de uma das sacolas, 117 relógios de vários modelos (masculino e feminino) roubados da Ótica, uma balança digital e uma arma de fogo, possivelmente usada na ação criminosa.

Em frente a casa, os policiais civis encontraram dois aparelhos celulares, roubados das vítimas, e uma camiseta que também foi apreendida.

Todos os produtos foram encaminhados para Delegacia de Polícia de Sorriso, onde foram reconhecidos pelas vítimas. As diligências continuam para identificar e prender os autores do roubo.

Leia mais:  Polícia Civil identifica condutor de veículo que atropelou três no bairro Tijucal

 

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Delegados de Mato Grosso ganham o maior salário do Brasil

Publicado

Um levantamento realizado pelo Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp) mostrou que os delegados de Mato Grosso são os que ganham o maior salário da categoria no país. O salário mensal de um delegado da Polícia Civil no estado é de R$ 24,5 mil.

Enquanto o salário dos delegados de Mato Grosso é o maior do país, o vencimento de escrivães e investigadores – as outras carreiras da Polícia Civil-, está bem longe do primeiro lugar.

Para os escrivães, profissionais responsáveis pelo registro de ocorrências e pela documentação das investigações, o salário é de R$ 5,5 mil, o 11º no ranking brasileiro.

Já para os investigadores, policiais que coletam provas sobre os crimes, localizam e interrogam suspeitos e mantém a segurança dos locais de investigação, o vencimento inicial é de R$ 5,5 mil, o 9º maior na comparação com o mesmo cargo em outros estados.

Dados da Polícia Civil mostram que no quarto trimestre de 2020 havia 400 cargos para delegados, porém, 158 estavam vagos. Já para escrivão de polícia, são 1,2 mil vagas, mas só 2.056 ocupados. E para investigador são 4 mil vagas, com 1.944 cargos vagos.

Leia mais:  Ação integrada prende mulher com comprimidos de ecstasy em Confresa

Por ser uma carreira típica de Estado, ou seja, que não podem ser substituída por profissional contratado, os cargos da Polícia Civil só podem ser ocupados através de concurso público. No entanto, para conseguir benefícios com o governo federal durante a crise, o Estado se comprometeu a não criar novos gastos até 2022, o que incluem os concursos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana