conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil realiza evento em comemoração ao aniversário de 177 anos da instituição em MT

Publicado

Assessoria | PJC-MT

No aniversário de 177 anos da Polícia Judiciária Civil no Estado de Mato Grosso, um ciclo de palestras, no formato de roda de conversa, será realizado para policiais civis e outros convidados  para celebrar, relembrar fatos históricos, avanços e conquistas da Polícia Civil ao longo desses anos.

Com o tema: Descortinando a valorosa história da Polícia Judiciária Civil em Mato Grosso, o evento é organizado pela Academia da Polícia Civil no auditório da Diretoria Geral, durante a manhã de segunda-feira (22.04), iniciando às 08 horas. Uma amostra de fotos, armas e viatura antiga também será exposta no saguão da entrada do prédio.

O delegado Bruno Lima Barcellos, idealizador do evento, disse que o formato foi pensado para ser algo interativo e, por isso, o evento terá como convidado um delegado, um escrivão e um investigador de polícia, todos servidores antigos da Polícia Civil com 25 ou mais anos de trabalho dedicados ao Estado de Mato Grosso.

O evento contará com a presença também do historiador Vinícius de Carvalho, do delegado Adalberto de Oliveira, do escrivão Bento Roseno da Silva, e um investigador com vários anos de profissão. Cada um contará um pouco de sua trajetória policial.

Leia mais:  Polícia Civil prende suspeito de matar professor universitário em Sinop

Logo após, iniciará uma roda de conversas intermediada pelo historiador Vinicius de Carvalho. O delegado aposentado João Evaristo Capetinga, que foi diretor geral nos anos de 1985 a 1988, contará algumas passagens da polícia nessa época e sua visão da instituição na atualidade no bate papo junto ao delegado geral, Mário de Resende, o delegado e também vereador por Cuiabá, Marcos Veloso, e o diretor metropolitano, Douglas Turíbio

Aniversário

A Polícia Judiciária Civil comemora aniversário no mês de abril, conforme o Artigo 6º da Lei Complementar 407, que institui o dia 21 de abril como data comemorativa, exaltando o vulto de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, patrono da Polícia.

Criação

A Polícia Civil foi um dos órgãos instituídos em 1808 por D. João VI. No estado de Mato Grosso, a PJC foi criada em 24 de maio de 1842, por portaria do Presidente da Província, sendo escolhido, politicamente, seu chefe de polícia, dentre os desembargadores, juízes de direito, subdelegados e cidadãos, uma vez que era obrigatória sua aceitação.

Leia mais:  Polícia Civil fecha laboratório e apreende farta documentação usada em crimes na região Araguaia

O primeiro diretor geral do Departamento Geral de Polícia foi o bacharel Sérgio Adib Hage, nomeado em 07 de junho de 1972. A primeira viatura da Polícia Civil foi um veículo modelo fusca, para a cidade de Cuiabá. O primeiro concurso público para provimentos de cargos foi realizado em 1985.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Polícia Civil prende suspeito de matar com golpe de faca mulher em Confresa

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

O homem que matou a ex-mulher, Daiane Oliveira Barbosa, 30, por não aceitar o fim do relacionamento, foi preso na cidade de Santa Terezinha (1.312 km a Nordeste), pela Polícia Civil, no último sábado (20.07). O suspeito  Gideon Silva de Moraes, 25 anos, estava com mandado de prisão temporária (30 dias) decretado pela Justiça de Confresa (1160 km a Nordeste), local do crime.  O suspeito responderá por feminicídio. 

Após o crime, o suspeito ficou escondido em uma comunidade rural, a 40 km da zona urbana do município de Santa Terezinha, mas acabou descoberto e quase foi linchado por populares, que acionaram a Polícia Civil para sua condução. O preso foi encontrado com vários hematomas decorrente de agressões praticadas por populares e amarrado com uma corda.

O delegado de Confresa, Allan Vitor Sousa da Mata, informou que o preso foi levado para Delegacia e confessou a autoria do crime, dando detalhes da morte motivada por ciúmes e por não aceitar o fim do relacionamento.

Vitima e suspeito tinham um relacionamento amoroso e haviam terminado há cerca de uma semana. Ela era ameaçada e agredida pelo companheiro, segundo informações de seus familiares, que narram também que ela era mantida frequentemente em cárcere privado enquanto morava com o suspeito.

Leia mais:  Polícia Civil fecha laboratório e apreende farta documentação usada em crimes na região Araguaia

Dias antes, a vítima tinha comparecido na Delegacia para pedir apoio na retirada de pertences, mas desistiu de registrar o boletim de ocorrência e pedir medidas protetivas.

A faca usada no crime foi encontrada próximo ao muro lateral da casa da vítima. O objeto estava com manchas de sangue e foi encaminhado à perícia na Politec.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana