conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil prende traficantes com drogas, veículo e dinheiro em Várzea Grande

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Investigações da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Polícia Judiciária Civil, resultaram na prisão em flagrante de dois traficantes, no bairro Jardim Glória I, em Várzea Grande. Com os presos, foram apreendidos tabletes de maconha, objetos de origem ilícita, dinheiro, além de um veículo utilizado na mercancia de droga.

O suspeito, E.M.S.C., 26, o “Defunto”, era investigado por fazer o transporte da droga, que foi localizada na residência do seu comparsa J.P. C., 24. Após serem surpreendidos, os suspeitos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

As investigações iniciaram na semana passada, quando policiais da DRE receberam informações de que o suspeito conhecido como “Defunto” transportaria 20 peças de maconha em seu veículo Volkswagem Gol. Com base nas informações, os investigadores realizaram a abordagem do denunciado, porém na ocasião, não foi encontrado em seu poder nenhuma substância ilícita.

 

Nesta segunda-feira (18), os policias receberam nova informação, de que o suspeito estava transportando a droga, sendo realizada novamente a sua abordagem, em frente a residência do seu comparsa no bairro Jardim Glória I.

Leia mais:  Edital de Processo Seletivo da PJC tem retificações

Questionado, o suspeito confessou que escondeu três peças de maconha no quintal do parceiro. Em buscas na casa, os policiais apreenderam os tabletes da droga, que estavam escondidos debaixo de telhas de eternit próximo a um pé de manga.

Dentro da casa, foram apreendidas duas porções pequenas de maconha e duas de cocaína, já preparadas para venda, além de material utilizado para embalar a droga e R$ 447 em dinheiro, característico da atividade de tráfico, e objetos de origem ilícita como relógio, corrente dourada e celulares.

Diante das evidências, os suspeitos foram conduzidos a DRE, onde após serem interrogados pelo delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

PRF apreende mais de 800 m³ de madeira ilegal em Mato Grosso

Publicado

por

Além do combate ao transporte irregular de produto florestal, equipes realizaram fiscalização de emissão de poluentes

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deflagrou, entre os dias 2 e 8 de julho, a terceira etapa da Operação Caapora. Em mais uma ação de combate aos crimes ambientais com foco na fiscalização de produto florestal a PRF apreendeu 842 m³ de madeira e carvão vegetal. Foram também registradas 14 ocorrências envolvendo cometimento de crime de poluição.

As fiscalizações ocorreram na BR-174, em Comodoro/MT e contaram com uma equipe de aproximadamente 16 PRFs. O INDEA (Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso) também participou das fiscalizações com 2 servidores, além de militares do Exército Brasileiro.

As cargas de madeira necessitam ser acompanhadas de nota fiscal e documento de origem florestal ou guia florestal. Qualquer irregularidade entre os documentos ou entre eles e a carga, tornam os documentos inválidos e a carga ilegal.

Com relação aos crimes de poluição, as ocorrências foram por irregularidades com ARLA 32, que é o Agente Redutor Líquido de Óxido de Nitrogênio Automotivo. Trata-se de um reagente utilizado juntamente com o Sistema de Redução Catalítica (SRC) para reduzir a emissão de óxido de nitrogênio nos gases de escape de veículos à diesel.

Leia mais:  Nota PJC/MT  – TETO DELETRAN

Confira os resultados da Operação em Mato Grosso:

Veículos fiscalizados 629
Veículos apreendidos 39
Ocorrências 41
Madeira apreendida 842 m³
Pessoas detidas e encaminhadas 41

No ano de 2019, Mato Grosso foi o estado que mais apreendeu madeira no país, totalizando 7.000 m³. Em 2020 (de 01 de janeiro à 08 de julho), os números já somam 5.840 m³, mais que o dobro em relação ao mesmo período em 2019 (2.340 m³).

Mesmo em tempos de pandemia, a PRF vem atuando fortemente no combate aos crimes ambientais afim de garantir um meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum e direito de todos, previsto constitucionalmente.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana