conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil prende suspeito de usar condição de saúde para aplicar golpes no INSS

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um homem que utilizava da sua condição de saúde para aplicar golpes no INSS foi preso em flagrante, na terça-feira (08.10), em uma ação conjunta realizada pela Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar de Barra do Garças (509 km a Leste da Capital). O trabalho integrado da 1ª Delegacia de Polícia de Barra do Garças e Agência Regional de Inteligência da PM, levou a prisão o suspeito, D.P.R., 36, pelos crimes de estelionato e uso de documento faslo.

As diligências iniciaram após as equipes receberem informações de que o suspeito chegou a rodoviária com a perna enfaixada e usando muletas, porém em seguida foi ao banheiro e retirou as ataduras. Ao ser abordado pelas equipes policiais, ele se levantou e andou normalmente sem muletas. 

Durante a abordagem, o suspeito se identificou por um nome, porém apresentou uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em que constava outra identificação. Em análise da CNH foi constatado que se tratava de documento falso, assim como também foi encontrada com ele uma carteira de trabalho falsa.

Leia mais:  Autor de estupro de vulnerável tem prisão cumprida em Barra do Bugres

Questionado, o suspeito disse que é da cidade de Várzea Grande e que está acometido de hanseníase e por isso tem direito ao benefício do auxílio-doença. Além do benefício próprio, o suspeito confessou que usa documentos falsos para passar pela perícia, a pedido de pessoas saudáveis que querem receber o benefício indevidamente.

Para praticar o golpe, o suspeito vai para a perícia no lugar da pessoa saudável e se apresenta com portador de hanseníase e com dificuldade de locomoção, recebendo em troca parte do benefício adquirido com a prática criminosa. Com o suspeito, os policiais apreenderam aproximadamente R$ 1,8 mil que ele havia sacado de um benefício em nome de outra pessoa envolvida na fraude.

Diante das evidências, o suspeito foi conduzido a 1ª Delegacia de Polícia de Barra do Garças, onde após interrogado foi autuado em flagrante por estelionato e uso de documento falso.

 

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Roubo de carga de carne de frigorífico é esclarecido e Polícia Civil cumpre mandados contra grupo investigado

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil, por meio da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), cumpriu nesta segunda-feira (06.12) mandados judiciais contra quatro suspeitos envolvidos no roubo de um caminhão com uma carga de carne, de um frigorífico em Várzea Grande. Foram cumpridas duas prisões e quatro buscas e apreensão.

Conforme a investigação da GCCO, no dia 15 de setembro, quatro criminosos abordaram o motorista do caminhão e seu ajudante, no início da manhã, na estrada da Guarita, no bairro 23 de Setembro. Armados, os criminosos anunciaram o roubo e levaram consigo o caminhão com câmara fria, pertencente a um frigorífico, que estava carregado com mais de 3 toneladas de carne.

Como apoio da ação criminosa, os suspeitos utilizaram uma S10, de cor prata, modelo antigo. A vítima prestou declarações da GCCO, onde reconheceu três autores do crime, um deles menor de idade.

Na apuração para esclarecer o crime, a GCOO coletou depoimentos das vítimas e uma delas reconheceu três criminosos, um deles, um adolescente que estava armado e foi quem retirou uma das vítimas do caminhão.

Leia mais:  Homem tenta escapar de cumprimento de mandado e pula de terceiro andar de prédio, em Cuiabá

Um dos presos, E.R.S.J. era quem comandava toda a ação, dava ordens para o restante do grupo e amarrou as vítimas. Ele foi localizado e preso nesta segunda-feira, no centro de Várzea Grande. Outro investigado foi preso em um posto de combustível no Jardim Industriário, em Cuiabá.

Diante das provas reunidas no inquérito, o delegado Gustavo Belão representou pelas prisões preventivas dos suspeitos, bem como por buscas e apreensões nos endereços dos alvos, além de medidas cautelares cumpridas nesta segunda-feira.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana