conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil prende seis envolvidos em latrocínio que vitimou policial aposentado em Livramento

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Seis pessoas acusadas de envolvimento no latrocínio que vitimou o policial civil aposentado, Francisco Barbosa de Aquino, de 75, anos, no domingo (10.02), foram presas em flagrante, na nesta segunda-feira (11), durante diligências realizadas pela Polícia Judiciária Civil com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O policial aposentado estava no sítio de amigos, na zona rural de Nossa Senhora do Livramento, quando foi assassinado com disparos de arma de fogo, por assaltantes que invadiram o local O velório do policial acontece, nesta segunda-feira (11.02), na Capela Pax Nacional, sala 2, no bairro CPA. O sepultamento do corpo ocorrerá às 14 horas no cemitério Parque Bom Jesus de Cuiabá.

Entre os presos estão Jeferson Lemes da Cruz, de 23 anos, e Luan Henrique da Silva, de 24 anos. Acusados de serem contratados para levar o veículo Honda Fit subtraído na ação, os acusados foram presos durante a madrugada pela equipe da PRF, na Rodovia BR 070, próximo a Poconé.

Leia mais:  Polícia Civil prende último foragido da operação Polygonum

Gabriel Cunha Sales, Alan da Silva Delgado e Alys Roberto Dias da Silva, apontados como autores do latrocínio, foram presos na manhã desta segunda-feira (11), em continuidade as diligências realizadas pela equipe da Derf-VG. O sexto suspeito, Wenderson de Campos, foi preso por ocultar a arma de fogo utilizada no crime. 

Segundo o delegado da Derf-VG, Guilherme Bertolli, após a prisão de Jeferson e Luan foi possível chegar ao paradeiro dos demais envolvidos, sendo os suspeitos Gabriel e Alan localizados no bairro Pirineu e Alys preso no bairro Construmat. “

Além da prisão dos três suspeitos que foram até a chácara com objetivo de furtar a propriedade, porém acabaram praticando o latrocínio, o trabalho resultou na apreensão de duas armas de fogo utilizadas no crime”, disse o delegado.

O latrocínio

As equipes da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG) e Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA) foram acionadas pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) por volta das 08 horas para atender a ocorrência de latrocínio na região de chácaras em Nossa Senhora do Livramento.

Leia mais:  Polícia Civil deflagra operação e prende suspeitos de matar empresário na Capital

No local, o policial aposentado foi encontrado alvejado por disparos de arma de fogo. A vítima estava dentro do carro esperando pelo amigo, quando foi atingido por quatro disparos por três suspeitos que roubavam a residência da chácara. A arma do policial (revólver calibre 38) e o veículo do policial civil aposentado, um Fiat Strada, foram roubados.

Como o veículo era bloqueado, foi abandonado na entrada da chácara. No assalto também foi subtraído um veículo Honda Fit, além de eletrodomésticos, como televisões, notebooks e alianças.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Polícia Civil prende suspeito de matar com golpe de faca mulher em Confresa

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

O homem que matou a ex-mulher, Daiane Oliveira Barbosa, 30, por não aceitar o fim do relacionamento, foi preso na cidade de Santa Terezinha (1.312 km a Nordeste), pela Polícia Civil, no último sábado (20.07). O suspeito  Gideon Silva de Moraes, 25 anos, estava com mandado de prisão temporária (30 dias) decretado pela Justiça de Confresa (1160 km a Nordeste), local do crime.  O suspeito responderá por feminicídio. 

Após o crime, o suspeito ficou escondido em uma comunidade rural, a 40 km da zona urbana do município de Santa Terezinha, mas acabou descoberto e quase foi linchado por populares, que acionaram a Polícia Civil para sua condução. O preso foi encontrado com vários hematomas decorrente de agressões praticadas por populares e amarrado com uma corda.

O delegado de Confresa, Allan Vitor Sousa da Mata, informou que o preso foi levado para Delegacia e confessou a autoria do crime, dando detalhes da morte motivada por ciúmes e por não aceitar o fim do relacionamento.

Vitima e suspeito tinham um relacionamento amoroso e haviam terminado há cerca de uma semana. Ela era ameaçada e agredida pelo companheiro, segundo informações de seus familiares, que narram também que ela era mantida frequentemente em cárcere privado enquanto morava com o suspeito.

Leia mais:  Delegacias de Várzea Grande participam de ação social com 300 crianças

Dias antes, a vítima tinha comparecido na Delegacia para pedir apoio na retirada de pertences, mas desistiu de registrar o boletim de ocorrência e pedir medidas protetivas.

A faca usada no crime foi encontrada próximo ao muro lateral da casa da vítima. O objeto estava com manchas de sangue e foi encaminhado à perícia na Politec.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana