conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil prende mulher que tentava transferir veículo utilizando documento falso

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma mulher que usava documento falso para transferir para o seu nome a motocicleta do marido já falecido foi presa em flagrante pela Polícia Judiciária Civil, na quinta-feira (23.01), em ação realizada pela equipe da Divisão Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de Sorriso (442 km ao Norte de Cuiabá).

As diligências iniciaram após a equipe da DERF ser acionada pelo cartório do 2º Ofício da Comarca de Sorriso. Segundo as informações, na segunda-feira (20), a mulher compareceu no estabelecimento para fazer o reconhecimento de sua assinatura, porém ao entrarem em contato com cartório de Várzea Grande foi informado que se tratava de uma falsificação.

Também foi informado que o selo de autentificação não foi gerado pelo Cartório de Várzea Grande, como constava no documento de Certificado de Registro de Veículo, apresentado pela suspeita. Ao ser abordada pelos policiais da DERF, a suspeita disse que a motocicleta estava em nome do seu marido, que faleceu há dois anos.

Leia mais:  Autor de vários homicídios em Colniza tem mandado de prisão cumprido

Ela disse que o veículo estava apreendido e precisava dele para trabalhar e por isso procurou o proprietário de uma autoescola em Matupá que disse que poderia ajudar na liberação do veículo, cobrando R$2,5 mil para “fazer os documentos” e reconhecer firma. Após receber os documentos, a mulher foi orientada a fazer o reconhecimento da assinatura no Cartório de Sorriso, ocasião em que foi descoberta.

Diante da situação, a suspeita foi conduzida a Delegacia de Sorriso, onde após ser interrogada foi autuada em flagrante pelo crime de uso de documento falso. As investigações continuam em andamento para localizar o suspeito de falsificar os documentos.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Em “missão especial”, equipe da regional visita crianças que são apaixonadas pela Polícia Civil

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Sensibilizados pela admiração de duas crianças à Polícia, na cidade de Água Boa (730 km a leste de Cuiabá), a Polícia Judiciária Civil do município realizou na manhã de quinta-feira (13.02) uma “missão especial”. O gesto simples de gentileza promoveu sentimentos de carinho e amizade, recíprocos entre os envolvidos na ação social. 

As crianças de quatro e dois anos, moradoras no bairro Guarujá, receberam a visita surpresa dos policiais civis de Água Boa, que foram até a residência dos garotos para realizar o sonho dos meninos.

A ideia surgiu após chegar ao conhecimento da Delegacia Regional a admiração e paixão dos menores pela polícia, principalmente do menino de quatro anos, que tem autismo. Em contato com a mãe das crianças, ela de imediato apoiou a sugestão da “visita especial”.

Assim, na manhã desta quinta-feira, os policiais civis, acompanhados do delegado Valmon Pereira da Silva, chegaram ao endereço de viatura e vestindo uniformes operacionais, deixando os pequenos com sorrisos largos e cativantes.

Durante o encontro, os irmãos não se contiveram e abraçaram e conversaram com os policiais, além das várias posses feitas para as fotos, dentro e fora do veículo oficial da PJC-MT, que certamente marcará o momento único na vida desses pequenos.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre quatro mandados de prisões por crimes diversos na região Oeste

Durante conversa com a mãe dos meninos, ela contou da fascinação dos filhos pela polícia e um pouco sobre sua experiência de vida. Ela também contou sobre o mais velho de quatro anos, que há um ano foi identificado com autismo e desde então vem fazendo acompanhamento.

Para a família, o custo financeiro do tratamento médico é alto, porém, a mãe se desdobra para cuidar dos filhos e trabalhar para conseguir pagar os cuidados especiais, necessários para saúde e bom desenvolvimento do garoto.

O delegado Valmon Pereira observa que a ação social busca chamar a atenção da sociedade para a importância da inclusão social, do apoio e incentivo na esperança de um futuro melhor e sem violência.

“Essa é uma das formas de quebrar paradigmas e de aproximar da comunidade. Além do trabalho diário de combate a criminalidade, nos, pessoas públicas atuantes em prol da segurança pública, também somos exemplo e servimos como inspiração para muitas crianças. Esses sentimentos de referência com  toda certeza é grandioso e recompensador”, destacou o delegado regional.

Leia mais:  Polícia Civil prende casal de receptadores e recupera televisores furtados de depósito na Capital

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana