conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil prende mais 03 suspeitos de tentar furtar banco em Paranatinga

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Em prosseguimento às atividades investigativas visando esclarecer tentativa de furto ocorrido à agência do Banco do Brasil no município de Paranatinga (373 km ao Sul), a Polícia Judiciária Civil, com apoio da Polícia Militar, efetuou a prisão de mais três suspeitos de participação no crime.

Na quarta-feira (07) foram realizadas entrevistas, declarações e interrogatórios que auxiliaram elementos de convicção que resultaram no indiciamento de mais três homens que participaram do crime.

Por meio de investigação ininterrupta, e trabalho integrado entre a Polícia Civil e a Polícia Militar nos municípios de Paranatinga e Primavera, foi possível identificar a participação de cada suspeito no evento criminoso, e obter as confissões dos acusados.

O crime ocorreu na madrugada de segunda-feira (05). Os suspeitos invadiram o local com ferramentas para arrombamento e chegaram a efetuar disparos de arma de fogo contra uma equipe policial que se aproximava da agência bancária.

Outras prisões

Na segunda-feira (05) três criminosos já haviam sido presos por envolvimento no crime – sendo dois em Primavera do Leste e um em Paranatinga. Os presos vão responder criminalmente por tentativa de latrocínio e disparo de arma de fogo. Saiba mais: Ação conjunta prende três envolvidos em tentativa de furto de BB de Paranatinga

Leia mais:  Polícia Civil prende homem e mulher com planta de maconha e objetos ilícitos em Sorriso

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Força tarefa prende Barra do Bugres três integrantes de facção criminosa

Publicado

por

Assessoria| PJC-MT

Três integrantes de uma organização criminosa, um deles com três mandados de prisão em aberto, foram presos em uma ação conjunta da Força Tarefa, composta pela Polícia Judiciária Civil, Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Polícia Militar, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

A ação ocorreu na sexta-feira (18.01), em Barra do Bugres e levou a prisão os suspeitos, Gustavo Araujo Oliveira, 22, conhecido como ”Oreia”, João Antonio Ribeiro Quirino da Rocha, 24, e C.M.C.S., 31,  autuados em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e associação criminosa.

Durante a operação denominada “Veranun”, as equipes policiais receberam denúncia do para do suspeito Gustavo, procurado com três mandados de prisão em aberto. Segundo informações, o comparsa do suspeito (João Antonio) estava em posse de uma arma de fogo e de um simulacro de arma de fogo e que possivelmente os denunciados iriam praticar roubos na região.

Leia mais:  Polícia Civil prende homem e mulher com planta de maconha e objetos ilícitos em Sorriso

Ao avistar as forças policiais, Gustavo tentou fugir subindo no forro da residência porém acabou detido pelas equipes de Segurança. Em buscas no interior da casa, os policiais apreenderam uma arma de fogo calibre 22, um simulacro de arma de fogo, além de 15 porções de pasta base de cocaína. Diante da situação, os três suspeitos que estavam na casa foram conduzidos a Delegacia de Barra do Bugres, onde foi lavrado o flagrante.

Gustavo era foragido da Justiça, acusado de participação no furto a agência do Banco do Brasil de Tapurah, ocorrido no dia 03 de dezembro de 2018. O suspeito C.M.C.S. é apontado como líder de uma facção criminosa atuante em Barra do Bugres.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana