conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil prende jovem que dava apoio a menor apreendido com maconha em Jaciara

Publicado

Assessoria | PJC-MT

O segundo suspeito ligado ao adolescente apreendido com mais de 1 quilo de maconha, na noite de quinta-feira (29), em Jaciara (144 km ao Sul), foi preso pela Polícia Civil nesta terça-feira (30), em continuidade às investigações.

Trata-se de Jonatas Dias Santana, 18 anos, que esperava o adolescente, em uma  motocicleta Honda XRE, na rodoviária da cidade. A prisão ocorreu no Bairro Planalto, Jaciara, na residência do suspeito.

O menor de 16 anos foi detido ao desembaraçar na rodoviária da cidade com 1,5 quilo de maconha. O infrator passou a ser monitorado pela Polícia Civil após uma denúncia anônima na Delegacia de Polícia.

O jovem trazia a droga de Alto Araguaia para comercializar em bocas de fumo de Jaciara. Ele foi abordado no momento que desceu do ônibus e seguia para se encontrar com uma pessoa que o aguardava em uma motocicleta. O motociclista percebeu a aproximação policial, não obedeceu à ordem de parada e fugiu em alta velocidade, tomando rumo ignorado.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre prisão de médico acusado de violência doméstica

Na bolsa que o adolescente carregava foram localizados tabletes de maconha, porções que totalizaram aproximadamente um 1 quilo e 500 gramas. O adolescente foi encaminhado até a Delegacia de Polícia de Jaciara e em desfavor dele foi instaurado procedimento pela prática de ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas e associação ao tráfico.

Em continuidade às investigações, a equipe policial surpreendeu nesta tarde Jonatas Dias Santana, 18 anos, e localizou a motocicleta Honda XRE. Ao ser interrogado pelo delegado  João Paulo Praisner, o jovem de 18 anos confessou ter sido o motociclista que estava na rodoviária municipal à espera do adolescente e que empreendeu fuga ao avistar os policiais.

Jonatas disse ainda que tinha conhecimento da existência da droga e que e receberia uma comissão para realizar o transporte do adolescente.

 

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Delegados de Mato Grosso ganham o maior salário do Brasil

Publicado

Um levantamento realizado pelo Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp) mostrou que os delegados de Mato Grosso são os que ganham o maior salário da categoria no país. O salário mensal de um delegado da Polícia Civil no estado é de R$ 24,5 mil.

Enquanto o salário dos delegados de Mato Grosso é o maior do país, o vencimento de escrivães e investigadores – as outras carreiras da Polícia Civil-, está bem longe do primeiro lugar.

Para os escrivães, profissionais responsáveis pelo registro de ocorrências e pela documentação das investigações, o salário é de R$ 5,5 mil, o 11º no ranking brasileiro.

Já para os investigadores, policiais que coletam provas sobre os crimes, localizam e interrogam suspeitos e mantém a segurança dos locais de investigação, o vencimento inicial é de R$ 5,5 mil, o 9º maior na comparação com o mesmo cargo em outros estados.

Dados da Polícia Civil mostram que no quarto trimestre de 2020 havia 400 cargos para delegados, porém, 158 estavam vagos. Já para escrivão de polícia, são 1,2 mil vagas, mas só 2.056 ocupados. E para investigador são 4 mil vagas, com 1.944 cargos vagos.

Leia mais:  Rede de Frente realiza V Mostra Cultural de prevenção a violência contra mulher em Barra do Garças

Por ser uma carreira típica de Estado, ou seja, que não podem ser substituída por profissional contratado, os cargos da Polícia Civil só podem ser ocupados através de concurso público. No entanto, para conseguir benefícios com o governo federal durante a crise, o Estado se comprometeu a não criar novos gastos até 2022, o que incluem os concursos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana