conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil prende estelionatário por falsa comunicação de crime em Jaciara

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um homem suspeito de envolvimento em golpes e crimes de estelionato, praticados em vários região do Brasil, foi preso pela Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, na tarde de quinta-feira (19.09), no município de Jaciara (144 km ao Sul da Capital).

O suspeito, L.C.C. de 35 anos, foi autuado em flagrante por comunicação falsa de crime, após comparecer na Delegacia de Polícia de Jaciara para registrar em suposto roubo, o qual nunca aconteceu.

Conforme boletim de ocorrência feito pelo suspeito, ele foi vítima de um assalto, ocorrido na Rodovia BR 364. Na narrativa foi comunicado que dois indivíduos armados teriam levado o veículo da vítima, todos os documentos, cartão de crédito, bem como a quantia de R$ 800,00 em dinheiro.

Entretanto, no decorrer do depoimento, o suspeito passou a entrar em contradição, chamando assim, a atenção dos policiais civis. Inicialmente, L.C.C. disse que o automóvel roubado pertencia a uma tia. Em seguida, alegou que o carro era de propriedade da sua mãe. Ainda na sequência, alegou que o veículo era de um parente da parte paterna.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra homem por roubo qualificado

Diante dos fatos confusos, L.C.C. acabou contando que há cerca de 2 anos integra um grupo de estelionatários, exercendo a função de registrar boletins de ocorrência falsos. Para cada documento confeccionado, o mesmo recebia o valor de R$ 2 mil.

Ainda segundo o suspeito, o delito de falsa comunicação de crime, foi praticado mais de doze vezes em diversas cidades de diferentes Estados.

Com base na confissão, o suspeito foi autuado pelo delegado Sidarta Vidigal de Almeida, por comunicação falsa de crime, e posteriormente colocado à disposição da Justiça.

As investigações continuam com objetivo de identificar os outros possíveis comparsas do preso.

 

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Mesa da AL pode ter virada em MT

Publicado

por

Nos últimos dias, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), tem evitado dar declarações sobre a eleição da Mesa Diretora marcada para junho. Ele é cotado para ser reeleito para o terceiro mandato consecutivo no comando do Legislativo.

No entanto, nos bastidores, se comenta que um grupo alternativo estaria surgindo para derrubar o democrata. Além da primeira-secretaria, existe uma disputa fortíssima nos bastidores pela primeira-secretaria e primeira vice-presidência

Na secretaria, disputam o cargo o atual secretário Max Russi (PSB) e Janaína Riva (MDB). Também tem uma ferrenha disputa nos bastidores pela primeira vice-presidência entre Wilson Santos (PSDB) e Paulo Araújo (PP).

Explica-se: a tendência é que  Botelho seja indicado ao Tribunal de Contas tão logo seja aberta a primeira vaga de efetivo. Neste caso, o primeiro vice pode acabar herdando o comando do parlamento.

Por: folhamax

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra homem por roubo qualificado
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana