conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil prende em Nova Lacerda homem por abusar da filha e da sobrinha em Tangará da Serra

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Delegacia da Polícia Judiciária Civil de Nova Lacerda (546 km a Oeste), com apoio de Comodoro (644 km a Oeste) cumpriu mandado de prisão em desfavor de G.S, 35 anos, acusado de estupro de vulnerável praticado contra duas adolescentes. Uma das menores, de 14 anos, é filha do acusado e a outra de 13 anos, sua sobrinha.

O fato foi registrado no dia 2 de janeiro de 2019, na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Tangará da Serra (239 km a Médio-Norte), que logo tomou todas providências investigativas e representou pela prisão do suspeito.

Segundo a comunicante, mulher do acusado e mãe da menor de 14 anos, a descoberta ocorreu quando foi questionar a sobrinha de 13 anos sobre fotos que ela teria postado em seu perfil nas redes sociais. Ao ser pressionada, a garota que tem 13 anos contou que sofria abuso desde os 9 anos, que era seu tio, G.S.

Ao contar sobre a situação a filha adolescente, a garota também revelou ter sido abusada pelo pai, desde os 9 anos. A menor disse que tomou coragem em contar a mãe após ouvir a revelação da prima.

Leia mais:  Ministério Público, Secretaria de Segurança e Polícia Civil reforçam parceria no combate ao crime

Logo que foi denunciado, o suspeito fugiu de Tangará da Serra, mas uma denúncia chegou à Polícia Civil  informando que ele estaria na zona rural de Nova Lacerda. A a equipe de investigadores, acompanhada do Gilson Silveira do Carmo, foi até Gleba Santa Amélia e prendeu o suspeito, notificando-o sobre a ordem de prisão.

O suspeito deverá ser transferido para Tangará da Serra.

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Polícia Civil prende dois por roubo à condomínio na Capital

Publicado

por

Assessoria PJC|MT

Três pessoas, entre elas uma adolescente, foram presas na sexta-feira (14.06), durante investigação da Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf) para apurar um roubo. As prisões e apreensão ocorreram pouco tempo após o crime.
 
Os suspeitos, Eduardo Silva do Espírito Santo e Fábio de Souza Campos, foram autuados em flagrante pelo crime roubo. A adolescente, N.A.S.F. responderá Boletim Circunstanciado de Ocorrência pelo crime análogo a uso de documento falso.

Os policiais civis da Derf-Cuiabá foram acionados para apurar um roubo cometido em um condomínio residencial. Na ocasião, três indivíduos renderam o segurança e subtraíram diversos objetos de funcionários e moradores. No momento do assalto, os suspeitos foram bastante violentos, bem como agrediram fortemente uma das vítimas, além de utilizarem de grave ameaça com emprego de arma de fogo.

Ato contínuo, os investigadores iniciaram diligências para apurar o roubo. Na manhã de sexta-feira (14), lograram êxito em identificar e localizar  Lucas Eduardo Silva do Espírito Santo e Fábio de Souza Campos, no bairro Osmar Cabral, em Cuiabá. Ao serem detidos ambos confessaram o crime. Os policiais civis também recuperaram alguns objetos das vítimas que estavam na residência dos suspeitos.

Leia mais:  Idoso acusado de aplicar golpes em fraudes de cheques é preso em Barra do Garças

Quando os investigadores chegaram a casa de Lucas, abordaram a menor N.A.S.F. no endereço, a qual apresentou documento de identificação falso. Diante dos fatos, ela também foi conduzida à Derf de Cuiabá.

Os envolvidos foram interrogados e autuados em flagrante. Posteriormente foram colocados à disposição da Justiça.

As investigações continuam para identificar outros possíveis delitos cometidos pela dupla.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana