conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil participa de 2º Acampamento Regional de Projetos Mirins em Nova Lacerda

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil, através do Programa De Cara Limpa Contra as Drogas, participou do 2º Acampamento Regional de Projetos Mirins, realizado entre os dias 15 a 17 de novembro, em Nova Lacerda (546 km a Leste de Cuiabá). O encontro, que reuniu mais de 300 crianças com idades, entre 10 a 16 anos, iniciou no dia 15, após o desfile da Proclamação da República.

O acampamento idealizado pela Guarda Mirim de Nova Lacerda tem o objetivo de reforçar a autoconfiança, disciplina, responsabilidade, superação, persistência através das características das profissões da área de segurança.

Durante o encontro, as crianças participam de instruções teóricas e práticas com noções de primeiros socorros, prevenção de acidentes no lar, os malefícios das drogas lícitas e ilícitas, nós e amarrações, meio ambiente, consumo racional de energia elétrica, hinos e canções, boas maneiras e conduta do cidadão, educação para o trânsito, entre outros temas.

 

Uma das atuações da Polícia Civil no evento aconteceu através do investigador lotado na Delegacia de Comodoro, Carlos Araújo, que ministrou a instrução sobre Educação ambiental para os 6 pelotões da Guarda Mirim e Bombeiros do Futuro, dos períodos matutino e vespertino.

Leia mais:  Investigador da Polícia Judiciária Civil recebe título de mestrado

O tema abordado foi a “Água”, uma vez que a localidade, Cascata do Uirapurú possui o recurso natural em abundância. Durante a aula, foram abordados assunto como: uso da água, ciclo hidrológico, problemas relacionados a água, poluição dos corpos d’água, importância da mata ciliar, bem como foi falado sobre a fauna, flora,  hidrografia e relevo da Parque Uirapurú.

No final da instrução, foi confeccionado um filtro artesanal para água em caso de  emergência. “Conhecer sobre o tema é vital para preservar e manter os recursos hídricos para as próximas gerações”, disse o investigador.

 

O investigador, Farias, de Pontes e Lacerda ficou responsável por ministrar aos alunos, instruções de camuflagem e orientação e navegação na mata com emprego de bússola  Durante a atividade foram abordados temas como: importância da camuflagem, meios, objetivos e prática.

Com o segundo tema, os alunos aprenderam noções de navegação na mata, interpretação do terreno e uso de bússola, posterior prática com uma pista de orientação e navegação.

Entre as outras atividades realizadas estavam instrução om o Canil da Gefron, tirolesa com o Corpo de Bombeiros, instrução com a professora, Ana Colle, do IFMT sobre animais peçonhentos. Instrução com a Defesa Civil, palestra preventiva ao uso de drogas com Polícia Militar de Porto Esperidião.

Leia mais:  Polícia Civil prende jovens e apreende menores por tráfico em Água Boa
 

No último dia de acampamento, foi realizada confraternização com churrasco e conclusão das atividades na praça central do município com autoridades presentes e entrega de lembrança aos participantes.

Participaram do evento, alunos do Bombeiros do Futuro e das Guardas Mirins de Nova Lacerda, Pontes e Lacerda, Porto Esperidião, Vila Bela da Santíssima Trindade, Comodoro e Campos de Júlio.

O evento contou com a atuação das instituições, Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, Grupo Especial de Fronteira (Gefron), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Bombeiro Militar, Defesa Civil, e Instituto Federal de Educação, além do apoio da Prefeitura Municipal e Câmara Municipal de Nova Lacerda.

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Secretário de segurança e Diretoria da PJC recebem terreno onde será construída Nova Delegacia de Campo Verde

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

 

Foi assinado na manhã de sexta-feira (13.12) em Campo Verde (131 km ao Sul de Cuiabá), o  Termo de Doação do terreno onde será construída a nova Delegacia de Polícia Judiciária Civil do município. Em ótima localização, o local possui cerca de 3.000 m³, e foi cedido pela Prefeitura de Campo Verde ao Governo de Mato Grosso.

Logo após a assinatura e recebimento da escritura do terreno, foi realizada a visita in loco onde será construída a nova Delegacia de Polícia da cidade.

As tratativas finais foram feitas com a presença do secretário de Segurança Pública, sendo transferida o titularidade do terreno para o Governo. O projeto de engenharia da unidade policial está pronto, e agora serão realizadas ações sociais e outras providências para angariar os recursos para enfim construir as estruturas da nova delegacia.

O delegado geral, Mario Dermeval Aravéchia de Resende, lembrou que a Polícia Civil passa a migrar para tecnologia, e desta forma a cidade vai estar muito bem servida e amparada no que tange a investigação.

Leia mais:  Câmara Temática de Defesa da Mulher buscará parceria com Prefeitura

“A  sociedade campo verdense está de parabéns, uma vez que está trabalhando de forma coerente promovendo condições para que a Instituição tenha mas qualidade em seu trabalho e oferte um  produto muito melhor ao Judiciário e Ministério Público”, destacou.

Para o delegado geral, esse tipo de movimento traz benefícios institucionais, é vai ao encontro ao que a gestão tem buscado, ou seja, parcerias com outros órgãos, com a sociedade, visando resolver problemas pontuais, como a modernização da delegacia de Campo Verde que já não servia mais para a realidade do município.

O evento contou com a presença do secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, dos diretores da Polícia Civil, do Prefeito Fábio Schroeter, vereadores, além de outras autoridades e convidados.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Deixe sua Opinião

Como você define o governo de Mauro Mendes, até agora ?

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana