conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil fecha boca de fumo e prende traficante com drogas escondida dentro de violão

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um traficante que comandava um ponto de venda de drogas no bairro Jardim Leblon foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na tarde de quarta-feira (17.07), em ação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE). O suspeito, Maciel Bernardino da Silva, 32, foi autuado por tráfico de drogas após ser flagrado com porções de pasta base de cocaína que estavam escondidas dentro de violões.

As investigações iniciaram após os policiais da DRE receberem informações sobre uma possível boca de fumo no bairro Jardim Leblon, em Cuiabá. No endereço, os policiais visualizaram o traficante em atitude suspeita, sendo realizada a sua imediata abordagem. Durante a diligência, os policiais encontraram uma porção de pasta base de cocaína, escondida no muro da residência, a qual o suspeito inicialmente alegou ser para consumo próprio.

Porém, em continuidade as buscas, em um quarto da casa, os investigadores encontraram dois violões, onde estavam escondidas mais 17 porções da droga, embaladas de forma idêntica a primeira porção encontrada, além de R$ 170 em dinheiro possivelmente proveniente da atividade do tráfico.

Leia mais:  Menor infrator é apreendido por roubo com restrição de liberdade em Sorriso

Diante das evidências, o traficante foi conduzido a Delegacia de Entorpecentes, onde após ser interrogado foi lavrado o flagrante por tráfico de drogas.

 

 

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

PRF apreende carga de carvão, com reaproveitamento de Guia Florestal e Nota Fiscal, em Sorriso/MT

Publicado

Na madrugada de quarta-feira (21), por volta das 00 hora e 27 minutos, a equipe PRF realizava fiscalização do transporte rodoviário de cargas no km 733.0 da br 163, no município de sorriso, quando abordou o veículo M.BENZ/l 1620, cor azul, que transportava carvão vegetal com nota fiscal e guia florestal GF3/MT declarando 50,0m³ de carvão, com origem em Cláudia/MT com destino a Várzea Grande/MT, ambas emitidas em 15/10/2020, com vencimento em 21/10/2020.

Pela pequena distância entre o município de origem e o destinatário, houve a suspeita de reaproveitamento da Guia Florestal (e concomitantemente da NFe), uma vez que a carga era transportada no último dia de validade em transporte, o que permite mais de uma viagem com a carga.

A equipe questionou o condutor, de 33 anos, acerca da quantidade de viagens executadas, nisso o condutor afirmou que era a terceira viagem com essa documentação.

Consultado o Sisflora/MT, verificou-se que a guia encontra-se com status de “Ativa”, o que mostra que a empresa destinatária, que recebeu a 1ª e 2ª viagens da carga e deveria ter efetuado o recebimento no sistema, conforme normatizado, não o fez, dessa forma concorrendo para que houvesse o “reaproveitamento”, contrariando o disposto no § 2º do Art. 35 da IN 21/2014 Ibama, incorrendo no crime previsto no Art. 46 da Lei 9605/98, Lei dos Crimes Ambientais.

Leia mais:  Policial comemora 70 anos e diz que não pensa em se aposentar

Qualifica-se ainda o emitente da carga pelo cometimento, em tese, do mesmo crime.

 

Ao condutor foi dada ciência da confecção do Termo Circunstanciado, não se opondo à assinatura no Termo de Compromisso de Comparecimento.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana